VÍDEO: Livres & Iguais – Seja você!

Existem lésbicas, gays, bissexuais, pessoas trans ou intersexo em todas as comunidades. Eles são seus colegas, conhecidos, amigos e familiares. Mesmo que você ache que nunca conheceu um único membro da comunidade LGBTI, é mais do que provável que você já tenha conhecido.

Existem lésbicas, gays, bissexuais, pessoas trans ou intersexo em todas as comunidades. Eles são seus colegas, conhecidos, amigos e familiares. Mesmo que você ache que nunca conheceu um único membro da comunidade LGBTI, é mais do que provável que você já tenha conhecido.

Mas alguns – ou talvez todos – foram forçados a permanecer calados porque enfrentariam estigma, discriminação ou até violência se fossem abertos sobre quem são.

Essas injustiças podem ter início na infância. É mais provável que os jovens LGBTI sejam intimidados, forçados a sair da escola ou rejeitados por suas famílias do que seus pares. Se a pessoa que você conhece é intersexo, ela pode ter sido submetida a uma cirurgia que nunca precisou ou desejou quando criança e sofre repercussões físicas e mentais pelo resto de sua vida.

Isso continua na idade adulta, quando as pessoas LGBTI enfrentam discriminação e violência ao procurar uma casa ou trabalho, se desejam iniciar uma família, visitar um consultório médico ou simplesmente caminhar pela rua.

Se elas moram em um dos 70 países que criminalizam as relações entre pessoas do mesmo sexo, podem até precisar se esconder do governo ou enfrentar a prisão ou até mesmo a pena de morte. Não é de admirar que as pessoas LGBTI frequentemente escondem quem são.

Não precisa ser assim. Juntos, podemos criar um mundo onde é seguro ser você mesmo – não importa quem você é ou quem você ama. Compartilhe para ajudar a quebrar o silêncio! Saiba mais: unfe.org/pt-pt/breakthesilence.