Vencedores do Concurso de Vídeos da ONU serão exibidos no CCBB Rio em 21 de setembro

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Os três filmes vencedores do 1o. Concurso de Vídeos da ONU Nelson Mandela, promovido pelo Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio), serão exibidos no dia 21 de setembro, no CCBB do Rio de Janeiro. A sessão especial é aberta ao público e contará com a presença de diretores e jurados. O documentário ‘Guarani e Kaiowá: pelo direito de viver no Tekoha’, produzido pelo UNIC Rio, também será exibido.

Nelson Mandela. Foto: Fundação Nelson Mandela

Nelson Mandela. Foto: Fundação Nelson Mandela

Os filmes vencedores do 1o. Concurso de Vídeos da ONU Nelson Mandela serão exibidos em uma sessão especial de cinema no dia 21 de setembro, Dia Internacional da Paz, a partir das 18h. A exibição acontece no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) do Rio de Janeiro, e contará com a presença dos diretores e dos jurados.

Na ocasião, será exibido o recém-lançado documentário “Guarani e Kaiowá: pelo direito de viver no Tekoha”, produzido pelo Centro de Informação das Nações Unidas no Brasil (UNIC Rio), organizador do concurso. A sessão é aberta ao público, porém é necessário realizar inscrição por meio do formulário disponível aqui.

O concurso teve como tema “A luta contra a pobreza é uma questão de justiça. Não é um gesto de caridade”. Os filmes foram avaliados segundo seis critérios – roteiro, interpretação (no caso das obras de ficção), qualidade estética, originalidade, diversidade e relação com o tema. Participaram do juri Manoel de Almeida, Patricia Machado, Rita Brandão, Sérgio Rizzo e Werner Schünemann.

Serviço

Sessão com vencedores do 1o. Concurso de Vídeos da ONU Nelson Mandela
Quinta-feira, 21 de setembro, às 18h
Cinema do CCBB do Rio de Janeiro – R. Primeiro de Março, 66 – Centro

Lugares limitados.

Classificação indicativa livre.

Informações para a imprensa:

Roberta Caldo

(21) 2253.2211 (21) 98202.0171 – email: caldo@un.org

Conheça os vencedores

Afronte Negra
Direção: Carina Aparecida dos Santos
Sobre o filme: A partir de uma linguagem poética, o vídeo traz reflexões sobre o histórico de injustiças e o horizonte de resistência que demarcam as vidas das mulheres negras. Carina Aparecida dos Santos é realizadora audiovisual do Sindicato dos Professores de Minas Gerais (Sinpro). Ela buscou valorizar a participação das mulheres negras do próprio sindicato, propondo uma reflexão em torno das funções historicamente demarcadas a essa população, como reflexo direto da escravidão. “Foi uma forma de valorizar a presença e força dessas mulheres, porque acredito que a luta contra o racismo e pela construção do empoderamento feminino é uma luta diária”, conta a diretora.
Local de produção: Belo Horizonte, MG
Duração: 6’00”

Tecendo a Liberdade
Direção: Luíza Matravolgyi Damião e Rafael Frazão
Sinopse: Longe das grandes metrópoles brasileiras, detentas no Centro de Reeducação Feminino de Ananindeua, no Pará, criaram a primeira cooperativa exclusivamente formada e administrada por presas, a COOSTAFE. A cooperativa gera renda para as presas que, de dentro do cárcere, ajudam a sustentar suas famílias e dá oportunidade de trabalho após a saída da prisão. Luíza Matravolgyi Damião e Rafael Frazão buscam trazer para o debate o encarceramento em massa sob o ponto de vista de gênero, e discutem a inclusão de ex-detentas pela sociedade e pelo mercado de trabalho.
Local de produção: Ananindeua, PA
Duração: 3’45”

Onde a Música Transforma
Direção: Pedro Ferrarini e Rodrigo Cabral
Sinopse: O filme retrata a trajetória do Instituto Baccarelli, ONG localizada na comunidade Heliópolis, na Zona Sul de São Paulo, que tem por missão oferecer formação musical e artística, proporcionando desenvolvimento pessoal e criando a oportunidade de profissionalização, com foco em crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social. O projeto foi a inspiração de Pedro Ferrarini e Rodrigo Cabral para produzir um dos filmes vencedores do concurso. Os diretores foram motivados pela paixão da equipe pelo trabalho do Instituto,que cumpre o papel de formar não apenas artistas, mas, também jovens capazes de seguir seus sonhos e mudar a realidade de suas famílias.

Local de produção: São Paulo, SP
Duração: 5’00”

 


Mais notícias de:

Comente

comentários