UNODC alerta: aumenta o abuso de crianças online

O Diretor Executivo do Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime (UNODC), Yury Fedotov, alertou nesta segunda-feira (11/04) para o rápido aumento do abuso de crianças online, à medida que mais pessoas têm acesso à internet.

O Diretor Executivo do Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime (UNODC), Yury Fedotov, alertou nesta segunda-feira (11/04) para o rápido aumento do abuso de crianças online, à medida que mais pessoas têm acesso à internet. “Graves delitos estão sendo cometidos” declarou durante a 20ª sessão da Comissão das Nações Unidas para Prevenção ao Crime e Justiça Criminal, em Viena (Áustria).

 Proteger crianças dos crimes online está entre os assuntos a serem discutidos pela Comissão ao longo da semana, que terá foco nos progressos mundiais para combater o crime organizado transnacional. “O abuso de crianças pela internet constitui um grave crime internacional e requer uma colaboração concentrada: isto implica o desenvolvimento de ética e segurança para o ciberespaço”, lembrou Fedotov.

De acordo com o UNODC, os jovens são especialmente vulneráveis no ambiente online. A agência concluiu também que, a medida em que o crime cibernético desafia as fronteiras e os sistemas jurídicos nacionais, os sistemas judiciários criminais que vêm trabalhando isoladamente muitas vezes não conseguem combater as poderosas redes.

Ao comentar a falta de dados confiáveis sobre o assunto, o Diretor Executivo encorajou todos os países a fortalecerem os esforços para coletar e partilhar informações para conseguir definir um quadro da extensão e da natureza do problema. Ele falou também sobre a importância da parceria entre os setores público e privado.

 “A prevenção do crime e a proteção da vítima não podem ser alcançados pelos Governos ou sistemas jurídicos individualmente”, concluiu Fedotov. Ele também pediu ajuda aos provedores de serviços de internet, à sociedade civil, à imprensa e às instituições educacionais para combater este crime.