UNODC abre inscrições para quarta edição do Programa Embaixadores da Juventude

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e o Instituto Caixa Seguradora abriram na quarta-feira (26) as inscrições para a quarta edição do Programa Embaixadores da Juventude, que ocorrerá de 24 a 28 de julho de 2019, em Belém (PA).

Esta é a primeira vez, desde o lançamento do programa, em 2016, que uma edição é direcionada à juventude da região Norte. Podem se inscrever jovens entre 18 e 25 anos, que tenham ao menos concluído o Ensino Médio e, sobretudo, que possuam espírito de liderança e papel transformador em suas comunidades.

A iniciativa visa capacitar jovens e adolescentes com perfil de liderança e impacto social em temas e agendas internacionais, fortalecendo o poder de advocacy de seus participantes em defender suas pautas em agendas nacionais e internacionais. As inscrições podem ser feitas até 6 de julho.

Participantes de edições anteriores do programa Embaixadores da Juventude. Foto: UNODC

Participantes de edições anteriores do programa Embaixadores da Juventude. Foto: UNODC

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e o Instituto Caixa Seguradora abriram na quarta-feira (26) as inscrições para a quarta edição do Programa Embaixadores da Juventude, que ocorrerá de 24 a 28 de julho de 2019, em Belém (PA).

Esta é a primeira vez, desde o lançamento do programa, em 2016, que se realiza uma edição direcionada à juventude da região Norte do Brasil. Podem se inscrever jovens entre 18 e 25 anos, que tenham ao menos concluído o Ensino Médio e, sobretudo, que possuam espírito de liderança e papel transformador em suas comunidades.

A iniciativa visa capacitar jovens e adolescentes com perfil de liderança e impacto social em temas e agendas internacionais, fortalecendo o poder de advocacy de seus participantes em defender suas pautas em agendas nacionais e internacionais. A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável é o eixo da metodologia de formação.

Após três edições, sendo a última realizada em Salvador (BA), aproximadamente 70 jovens receberam a capacitação e atuam nacional e internacionalmente em torno de suas agendas.

A diversidade étnico-racial, socioeconômica, sexual, religiosa e acadêmica marca o perfil heterogêneo da Rede de Embaixadores(as) da Juventude, os quais constantemente são convidados a representar o programa e suas agendas em importantes conferências nacionais e internacionais, como o Fórum da Juventude do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas (ECOSOC), em Nova Iorque, e o Seminário sobre Políticas Juvenis e de Desigualdade na América Latina, na Cidade do México.

Para Bernardo Lopes, que participou da segunda edição do programa, participar da atividade tornou-se essencial para sua atuação na agenda da transexualidade. “A Rede Embaixadores da Juventude é um espaço bastante potente porque reúne a diversidade de jovens que atuam e se dedicam a construir um mundo que não quer deixar ninguém para trás”, afirmou.

A jovem Fátima Odeh-Moreira representou o Programa no Fórum da Juventude do ECOSOC em 2017. “Além de conhecer uma juventude muito atuante e inspiradora, houve a troca de histórias e iniciativas incríveis que evidenciam o papel de liderança dos jovens rumo ao fim de todas as desigualdades, de forma a promover justiça social e prosperidade mundial”, destacou.

O período de inscrições para a quarta edição do programa Embaixadores da Juventude vai até 6 de julho.

Mais informações podem ser encontradas na página do Embaixadores da Juventude no Facebook e no site do UNODC.

Clique aqui para acessar o link para a chamada de candidaturas.