UNICEF seleciona cidades de Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte para evento sobre 1ª infância

Mostra Internacional da Semana de Bebês acontece ao final do mês em Recife. Evento vai promover troca de experiências entre países, estados e municípios empenhados em promover os direitos de crianças de até seis anos.

Atenção à primeira infância é tema de evento internacional do UNICEF em Recife. Foto: UNICEF

Atenção à primeira infância é tema de evento internacional do UNICEF em Recife. Foto: UNICEF

Os municípios de Sobral e Maracanaú, no Ceará, Jaboatão dos Guararapes e Petrolina, em Pernambuco, e Major Sales e Guamaré, no Rio Grande do Norte, foram os selecionados para apresentar suas experiências com a realização da Semana do Bebê durante a III Mostra Internacional das Semanas do Bebê, entre os dias 23 e 26 de maio, em Recife (PE).

As semanas dedicadas à primeira infância são uma das principais estratégias do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) para assegurar a atenção adequada a crianças de até seis anos de idade.

No ano passado, a agência da ONU apoiou a realização de 450 Semanas do Bebê em todo o Brasil, alcançando mais de 850 mil crianças de até quatro anos. Quase 40 municípios receberam apoio do UNICEF para realizar 5.270 atividades e treinamentos envolvendo 33.296 profissionais de saúde, proteção e educação.

A mostra internacional busca promover o intercâmbio de experiências entre países, estados e municípios brasileiros. Para a edição de 2016, foi realizado um processo seletivo que contou com a participação de 85 municípios de diversas regiões do Brasil.

Os seis escolhidos participarão de um painel de apresentações e terão as despesas de um representante custeadas pela organização do evento.

Os trabalhos inscritos foram avaliados por um grupo de especialistas formados por profissionais das áreas de saúde, educação e desenvolvimento infantil que representam o UNICEF e seus parceiros.

Os critérios de avaliação levaram em conta a clareza e objetividade do processo de planejamento, a capacidade de mobilização, divulgação e a implementação de atividades diversificadas e indicadores de desempenho. Ações inovadoras e a oficialização da Semana do Bebê no calendário do município, por meio de Lei Municipal ou Lei Estadual, receberam maior pontuação durante o processo de avaliação.

Além da apresentação dessas seis experiências municipais, a programação contará com rodas de conversa, mesas-redondas, cine-debate, atividades culturais e artísticas. Para a apresentação de experiências internacionais, foram convidados representantes de Portugal e da Inglaterra.

Outras 20 experiências, que ficaram entre o 7º e 27º lugar no processo seletivo, terão espaços nos estandes para a divulgação de informações. As despesas de viagem dos 20 selecionados para área de estandes são de responsabilidade do próprio município.

Confira a lista destas outras cidades aqui.

Técnicos e profissionais nas áreas de saúde, educação, assistência social, estudantes de pedagogia, psicologia, pediatria e interessados no tema podem se inscrever para participar das atividades da III Mostra Internacional das Semanas do Bebê até o dia 20 de maio ou enquanto houver vagas. Saiba como aqui.