UNICEF recebe primeiro encontro anual de Saneamento Básico e Água para Todos

Fundo das Nações Unidas para a Infância foi anfitrião do primeiro encontro histórico anual de Saneamento Básico e Água para Todos, em Washington (EUA). Foco imediato é universalizar água e saneamento – dois assuntos relacionados com os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) – nos países que estão especialmente distantes de atingir as metas.

Encontro do anfitrião UNICEF sobre Saneamento Básico e Água para Todos ocorreu no centro de operações do Banco Mundial, em Washington (EUA). Foto: UNICEF/Jones.O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) foi anfitrião recentemente o primeiro encontro histórico anual de Saneamento Básico e Água para Todos, ocorrido no centro de operações do Banco Mundial, em Washington (EUA).

Saneamento Básico e Água para Todos é uma aliança global que visa garantir saneamento básico e água potável universalmente e de forma sustentável ao incluir o tema na agenda global. O foco imediato é universalizar água e saneamento – dois assuntos relacionados com os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) – nos países que estão especialmente distantes de atingir as metas.

Unindo forças

A reunião, ocorrida no último 23 de abril, contou com ministros dos setores de finanças e água de 18 países, que se reuniram com representantes de 13 grupos de doadores, sete agências da ONU e numerosas organizações não-governamentais. Atualmente, milhões de pessoas em todo o mundo ainda não têm acesso à água para consumo e higiene sanitária. Os participantes refletiram sobre os avanços ocorridos, dividiram opiniões acerca de melhores práticas e exploraram as conexões entre crescimento econômico, saúde, e água e saneamento.

Ministros articularam a necessidade de tornar projetos de água e saneamento uma prioridade política. Também se comprometeram a fornecer local apropriado para esses serviços básicos. A reunião foi co-liderada por Willem Alexander, príncipe dos Países Baixos e presidente da Secretaria Geral do Comitê Consultivo de Água e Saneamento da ONU, e pelo representante do Diretor Executivo do UNICEF, Saad Houry.

Identificando lacunas

Na preparação para o encontro, ministros debateram o impacto na economia de investimentos em água e saneamento – incluindo enormes benefícios para saúde pública, igualdade de gênero, redução da pobreza e crescimento econômico geral. O novo relatório da ONU sobre o tema, “Avaliação Anual Global de Saneamento e Água Potável” (GLAAS), foi apresentado na reunião. De acordo com o relatório, elaborado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o fundo financeiro para água e saneamento em todo o mundo ainda é mais baixo do que de muitos outros setores e tem caído ainda mais nos últimos anos, apesar do potencial benéfico dos investimentos em água e saneamento.

Clarissa Brocklehurst, Chefe de Água, Saneamento e Higiene do UNICEF, afirmou que ter os ministros de finanças participando no processo de investimento na área e neste Encontro é um divisor de águas para o setor. Buyelwa Patience Sonjica, ministra de Água e Meio Ambiente da África do Sul e presidente do Conselho Ministerial Africano sobre Água, enfatizou que 60 africanos morrem a cada hora devido à doenças transmitidas pela água. Para ela, esta é uma situação de vida ou morte e convidou os participantes a “pararem de falar e começarem a agir para mudar esta situação por completo”.

Saneamento e Água para Todos oferece a oportunidade de criar um suporte sustentável para este difícil desafio. A campanha pretende estabelecer um comprometimento internacional para melhorar as condições de água e saneamento, coordenar esforços globais e conectar tais esforços para transformá-los em ações concretas.

Assista o vídeo com a Chefe de Água, Saneamento e Higiene do UNICEF, Clarissa Brocklehurst (clique aqui).

Conheça a Campanha Saneamento e Água para Todos.