UNICEF: queda no preço da vacina pentavalente disponibiliza tratamento para 450 milhões de crianças

Após acordo conquistado com seis fabricantes de medicamentos, cada dose da vacina terá o custo de 84 centavos de dólar. A vacina pentavalente está evitando 5,7 milhões de mortes em dez anos. Segundo o UNICEF, o novo preço beneficiará governos e doadores, gerando economias de até 366 milhões de dólares.

Vacinação em escola pública de São Paulo. Foto: OPAS/OMS

Vacinação em escola pública de São Paulo. Foto: OPAS/OMS.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) informou em outubro que a queda do preço da vacina pentavalente vai permitir à agência comprar 450 milhões de doses e distribuí-las em 80 países nos próximos três anos.

Devido a um acordo conquistado com seis fabricantes do medicamento, cada dose da vacina terá o custo de 84 centavos de dólar. Segundo o UNICEF, o novo preço beneficiará governos e doadores, gerando economias de até 366 milhões de dólares, e está evitando 5,7 milhões de mortes em dez anos, até 2020.

A agência da ONU informou que a distribuição entre os países será feita em parceria com a Aliança Gavi, organização internacional que trabalha com governos públicos e privados para levar vacinas a crianças nos países mais pobres do mundo.

De acordo com a diretora de Operações de Abastecimento e Logística do UNICEF, Shanelle Hall, 90% das crianças que morrem de doenças que poderiam ter sido prevenidas com vacinas vivem em países onde falta financiamento para a compra das doses.

“Para as crianças mais vulneráveis do mundo, o preço da vacina pode fazer a diferença entre a vida e a morte”, ressaltou.

Segundo o chefe da Gavi, “o mercado de vacina ‘cinco-em-um’ é atualmente mais saudável do que era alguns anos atrás, graças aos esforços coletivos para aumentar a base de suprimentos de vacina”.

Cada dose da vacina pentavalente protege as crianças de difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e Haemophilus influenzae do tipo B, que pode causar meningite e pneumonia. Segundo o UNICEF, pagar menos de 1 dólar por vacina pentavalente equivale à metade do preço que a agência paga atualmente.