UNICEF leva para o Canal Futura série sobre educação sexual na infância e adolescência

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Vai ao ar amanhã (18), no Canal Futura, a série de interprogramas “Que Corpo é esse?”, produção que aborda a educação sexual entre crianças e adolescentes. Realizada em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e a Childhood Brasil, a obra de animação acompanha os Vila Cesar, uma família brasileira que reflete sobre como lidar com o desenvolvimento de seus cinco filhos. Primeiro episódio estreia às 20h.

Série aborda autocuidado e direito à sexualidade. Imagem: Canal Futura

Série aborda autocuidado e direito à sexualidade. Imagem: Canal Futura

Vai ao ar amanhã (18), no Canal Futura, a série de interprogramas “Que Corpo é esse?”, produção que aborda a educação sexual entre crianças e adolescentes. Realizada em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e a Childhood Brasil, a obra de animação acompanha os Vila Cesar, uma família brasileira que reflete sobre como lidar com o desenvolvimento de seus cinco filhos. Primeiro episódio estreia às 20h.

Em 2016, mais de 76 mil denúncias de violências contra crianças e adolescentes foram notificadas pelo Disque Direitos Humanos e disponibilizadas pela Secretaria Especial de Direitos Humanos. Desse total, 37,6% eram casos de negligência e abandono; 23,4%, de violência psicológica; 22,2%, de agressão física; e 10,9%, de abuso sexual.

“A proteção das crianças e dos adolescentes contra a violência sexual é uma prioridade do UNICEF, tanto no Brasil como em todo o mundo. Em muitos casos, os que cometem o abuso são pessoas conhecidas pelas vítimas. Uma educação sexual adequada e adaptada à idade das crianças e dos adolescentes é fundamental para prevenir essas violações dos seus direitos básicos”, diz Florence Bauer, representante do UNICEF no Brasil.

A produção “Que Corpo é esse?” é dividida em três microsséries, voltadas para faixas etárias diferentes. Em cada episódio, são apresentadas situações que vão desde a descoberta dos órgãos sexuais na primeira infância, passando pelos dilemas da puberdade até temas mais complexos, como as relações abusivas, a primeira relação sexual, homofobia e os perigos na internet, que incluem o sexting e o revenge porn (pornografia da vingança).

O objetivo do programa é alertar educadores, crianças, adolescentes e famílias sobre o conhecimento do próprio corpo, a importância do autocuidado e do respeito ao direito à sexualidade.

“Crianças e adolescentes negligenciados vivem situações de múltiplas violências, privações, exposições e riscos. O abandono e a negligência são a ‘porta de entrada’ para essas agressões, sejam sexuais, físicas ou psicológicas”, afirma o diretor-geral do Futura, João Alegria.

A produção do canal marca a nova etapa do seu projeto Crescer Sem Violência, implementado desde 2009. A iniciativa dissemina informações de qualidade e metodologias para o enfrentamento das diferentes formas de violência sexual contra menores de idade. Além de trabalhar com produção de conteúdo, a estratégia realiza programas presenciais de capacitação. Mais de 5 mil profissionais em mais de 400 municípios brasileiros já foram formados pelas ações do projeto.

A série “Que Corpo é esse?” é fruto de uma parceria entre o Futura, o UNICEF e a Childhood Brasil e uma coprodução com a Split. Todos os episódios serão disponibilizados na plataforma online do Futura — www.futuraplay.org.


Mais notícias de:

Comente

comentários