UNICEF: Governadores da Amazônia brasileira assinam pacto pela infância

Na última sexta-feira (20), Dia Universal da Criança, os nove governadores dos Estados da Amazônia Legal brasileira assinaram um pacto em favor da infância e adolescência. A assinatura do acordo aconteceu durante o 12º Fórum de Governadores da Amazônia, em Belém (Pará).

Com a assinatura do pacto, os governos estaduais atuarão em conjunto com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) para enfrentar desigualdades que afetam crianças e adolescentes da região.

Por meio do acordo, os governadores assumiram sete compromissos relacionados às áreas de educação, saúde e proteção, com base no documento Agenda pela Infância, do UNICEF.

As ações serão acompanhadas por meio de indicadores e realizadas pelos gestores do Fórum Integrado de Secretários da Amazônia. O grupo foi criado nesta quinta-feira (19), em Belém, e é formado por secretários de Saúde, Educação, Assistência Social, Justiça e Direitos Humanos.

Na Amazônia Legal brasileira vivem cerca de 9,6 milhões de crianças e adolescentes, cerca de 35% da população total da região. Mais de 50% deles vivem em famílias pobres.

Com o pacto, os governos estaduais se comprometem a enfrentar desafios como os homicídios de adolescentes; mortalidade materna; mortalidade infantil; sub-registro civil de nascimento; e exclusão escolar. Na Região Norte do Brasil, por exemplo, 10% das crianças e dos adolescentes em idade escolar obrigatória (4 a 17 anos) estão fora da escola, o que equivale a mais de 950 mil meninos e meninas dessa faixa etária.

Saiba mais sobre o pacto assinado clicando aqui.

Acesse o Termo de Compromisso Agenda Criança Amazônia clicando aqui.