UNICEF e Ministério Público do Pará promovem seminário sobre gravidez na adolescência

O Ministério Público do Pará e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) promovem nesta quinta-feira (31) um seminário sobre adolescência, sexualidade e direitos Humanos. Painéis vão discutir medidas educativas e de prevenção para reduzir casos de gravidez entre adolescentes. Além de especialistas, ativistas e representantes do governo, evento terá jovens como palestrantes e debatedores.

Surto de zika é oportunidade de país discutir temas como autonomia sexual e reprodutiva das mulheres, segundo especialistas da ONU. Foto: OPAS

Foto: OPAS

O Ministério Público do Pará e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) promovem nesta quinta-feira (31) um seminário sobre adolescência, sexualidade e direitos Humanos. Painéis vão discutir medidas educativas e de prevenção para reduzir casos de gravidez entre adolescentes. Além de especialistas, ativistas e representantes do governo, evento terá jovens como palestrantes e debatedores.

O encontro acontece até as 18h, no Auditório da Promotoria de Justiça da Infância e Juventude. O objetivo do seminário é melhorar a atuação dos membros e servidores do Ministério Público, além de ampliar o diálogo desse organismo do Judiciário com a sociedade civil. A iniciativa visa ainda fortalecer a política do MP de estimular o protagonismo juvenil na defesa dos direitos sexuais e reprodutivos.

O órgão ministerial integra o grupo de instituições que criou o Plano de Impacto Coletivo sobre Direitos Sexuais e Reprodutivos de Belém. O documento destaca que são necessárias ações do poder público e da sociedade civil para avançar na garantia dos direitos humanos de crianças e adolescentes. O marco foi formulado no contexto da Plataforma dos Centros Urbanos, uma iniciativa do UNICEF para reduzir as desigualdades nas grandes cidades do Brasil. A Prefeitura de Belém apoia a agência da ONU no desenvolvimento do projeto.

O seminário está sendo realizado um dia antes da Semana de Prevenção à Gravidez na Adolescência, agendada para começar amanhã (1º).


Comente

comentários