UNICEF destaca redução inédita de casos de poliomielite e importância da vacinação

Apesar de progresso, representante da agência da ONU ressalta: “Não podemos descansar até o número de casos chegar a zero”.

Foto: UNICEF/Ayberk Yurtseve

Foto: UNICEF/Ayberk Yurtseve

Nunca antes na história da poliomielite tão poucas crianças contraíram o vírus. Para manter avanço, um representante do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) advertiu: “Não podemos descansar até o número de casos chegar a zero”. Atualmente, apenas Afeganistão e Paquistão manifestam casos da doença.

Em 24 de outubro é marcado anualmente o Dia Mundial de Combate à Pólio. De acordo com a agência da ONU, 51 casos do vírus selvagem da poliomielite foram registrados mundialmente em 2015, comparado a 242 em 2014.

O UNICEF forneceu 1,7 bilhão de vacinas no ano passado, ajudando a criar confiança por parte da população na vacina e apoiando o treinamento de grupos de trabalhadores.

No entanto, o chefe da Unidade de Poliomelite do UNICEF, Peter Crowley, destacou a importância da vacinação e alertou que alguns países apresentaram surtos recentemente devido à menor preocupação com a imunização por parte das pessoas.