UNICEF: David Beckham chama a atenção para as crianças em risco em visita a Camboja

A cada cinco minutos uma criança morre em decorrência da violência, alertou o ex-jogador. Esse ano, o embaixador da Boa Vontade do UNICEF lança “7: o Fundo David Beckham-UNICEF” para ajudar a proteger as crianças em perigo.

O ex-jogador de futebol David Beckham conheceu este ano o seu décimo aniversário como um embaixador da boa vontade da UNICEF. Foto: UNICEF / Per Anders Pettersson

O ex-jogador de futebol David Beckham conheceu este ano o seu décimo aniversário como um embaixador da boa vontade da UNICEF. Foto: UNICEF / Per Anders Pettersson

A cada cinco minutos uma criança morre em algum lugar no mundo como resultado da violência. Os dados foram citados pela estrela internacional do futebol, David Beckham, durante sua visita ao Camboja. Ele, que é embaixador da boa vontade do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) há 10 anos, está no país para ver o trabalho feito pela agência e seus parceiros para ajudar as crianças que sofreram abuso físico, sexual e emocional.

O ex-jogador de Manchester United e Real Madrid está empenhado em utilizar a sua influência e as suas relações internacionais para levantar fundos vitais para a causa e incentivar os líderes mundiais a alcançar uma mudança duradoura e positiva para as crianças. O UNICEF garante que esses fundos devem ajudar a implementar programas para melhorar as vidas das crianças em torno do mundo, incluindo as afetadas pela violência no Camboja.

Esse ano, Beckham lançou “7: o Fundo David Beckham-UNICEF” para ajudar a proteger as crianças em perigo. O lançamento veio depois de um dos anos mais devastadores da história para crianças, em que mais de 15 milhões de crianças foram expostas à violência extrema nos principais conflitos de 2014, enquanto outras milhões foram afetadas por desastres naturais.