União Interparlamentar pede ação firme contra a epidemia de AIDS

Parlamentares de todo o mundo pediram uma ação firme para acabar com a epidemia global de AIDS. Eles se reuniram na semana passada para a 137ª Assembleia Geral da União Interparlamentar em São Petersburgo, na Rússia.

Laço vermelho, símbolo da luta contra a Aids. Foto: CC/Sham Hardy

Laço vermelho, símbolo da luta contra a AIDS. Foto: Sham Hardy (CC)

Parlamentares de todo o mundo pediram uma ação firme para acabar com a epidemia global de AIDS. Eles se reuniram na semana passada para a 137ª Assembleia Geral da União Interparlamentar em São Petersburgo, na Rússia.

Durante a sessão “Acabar com a AIDS através da Saúde Sexual e Reprodutiva: a necessidade de ação parlamentar urgente” os parlamentares discutiram direitos das populações-chave, acesso ao tratamento, igualdade de gênero, abordagem de barreiras culturais e falaram sobre a necessidade de mais investimento na resposta ao HIV. Eles também debateram questões de apoio legal às iniciativas de prevenção do HIV e redução de danos.

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) lidera e inspira o mundo para alcançar sua visão compartilhada de zero nova infecção por HIV, zero discriminação e zero morte relacionada à AIDS. O UNAIDS une os esforços de 11 organizações – ACNUR, UNICEF, PMA, PNUD, UNFPA, UNODC, ONU Mulheres, OIT, UNESCO, OMS e Banco Mundial – e trabalha em estreita colaboração com parceiros nacionais e globais para acabar com a epidemia da AIDS até 2030 como parte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).