UNFPA firma parceria com secretarias municipais do Pará em saúde da mulher

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Pará (COSEMS/PA) firmaram na segunda-feira (13), em Brasília (DF), uma parceria que visa promover atividades conjuntas, como intercâmbios técnicos e capacitações, para promover os direitos e a saúde de adolescentes, jovens e mulheres nos municípios do estado.

Ao COSEMS caberá planejar e executar estratégias e ações relacionadas aos direitos e necessidades de adolescentes, jovens e mulheres. Além disso, caberá ao Conselho tentar viabilizar, para os municípios interessados, a aquisição de insumos para saúde reprodutiva e promover a formação da equipe técnica.

Já ao UNFPA compete apoiar tecnicamente o planejamento, a programação e a execução de ações relacionadas à saúde da mulher, de jovens e adolescentes. O organismo das Nações Unidas também contribuirá com material de apoio, impulsionando a pauta dos direitos humanos.

Segundo o secretário de Saúde do Município de Cametá e presidente do COSEMS/PA, Charles Tocantins de Souza, o Conselho já está preparado para receber as experiências técnicas do UNFPA.

Entre outras agendas, o secretário demonstrou interesse em contar com o apoio técnico do UNFPA na realização conjunta de mostras e seminários em temas específicos. Outra oportunidade a ser explorada é a de se replicar a iniciativa “Chega Mais – Selo de Qualidade de Serviços para Adolescentes”, que certifica serviços e reforça a rede de atendimento a adolescentes nos municípios.

“Para nós, é um prazer ter uma parceria firmada com o UNFPA. A gente percebe que é importante termos atenção às pautas levantadas e também trabalharmos com outras como a saúde indígena e envelhecimento populacional. Estamos abertos a começar o plano de ação”, ressaltou o presidente do Conselho.

A representante do UNFPA no Brasil, Astrid Bant, enfatizou que o COSEMS do Pará é a porta de entrada no estado para alcançar zero mortes maternas evitáveis, zero necessidades insatisfeitas de contracepção e zero violência contra mulheres e meninas.

“Temos como desafio defender essa agenda em todo o território nacional, inclusive entre os entes federados. Para isso, é importante obter uma análise sócio-demográfica do Pará, enxergar as dinâmicas populacionais e como se dá a saúde nesses contextos”, disse a representante do UNFPA.

Estiveram presentes na cerimônia de assinatura a representante auxiliar do UNFPA no Brasil, Júnia Quiroga; o secretário de Saúde do Município de Paragominas e diretor administrativo do COSEMS/PA, Flávio dos Santos Garajau; a secretária de Saúde do Município de Santarém e diretora financeira do COSEMS/PA, Dayane da Silva Lima; e a assessora técnica do COSEMS/PA, Angela Maria Pessoa de Oliveira.