UNFPA e Secretaria de Saúde fornecem kits para população em situação de rua do Distrito Federal

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) forneceu para a Secretaria de Saúde do Distrito Federal mil kits contendo artigos de higiene pessoal e íntima, conhecidos como Kits Dignidade, que já começaram a ser distribuídos à população em situação de rua do Distrito Federal, além de mulheres sobreviventes de violência, desde o dia primeiro de junho. O objetivo é diminuir o impacto da COVID-19 entre essas pessoas, facilitando o acesso a itens como sabonete, creme dental, álcool em gel e absorventes íntimos.

Integram os kits, ainda, três mil máscaras de pano e toalhas, produzidas em parceria com o projeto Fábrica Social Jardim Botânico do Movimento Comunitário Jardim Botânico, feitas por famílias brasileiras, migrantes e refugiadas.

Kits foram entregues à Secretaria de Saúde do DF, que distribuirá aos beneficiários. Foto: Breno Esaki/Agência Saúde

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) forneceu para a Secretaria de Saúde do Distrito Federal mil kits contendo artigos de higiene pessoal e íntima, conhecidos como Kits Dignidade, que já começaram a ser distribuídos à população em situação de rua do Distrito Federal, além de mulheres sobreviventes de violência, desde o dia primeiro de junho. O objetivo é diminuir o impacto da COVID-19 entre essas pessoas, facilitando o acesso a itens como sabonete, creme dental, álcool em gel e absorventes íntimos.

Integram os kits, ainda, três mil máscaras de pano e toalhas, produzidas em parceria com o projeto Fábrica Social Jardim Botânico do Movimento Comunitário Jardim Botânico, feitas por famílias brasileiras, migrantes e refugiadas.

Integram os kits, ainda, três mil máscaras de pano e toalhas, produzidas por famílias brasileiras, migrantes e refugiadas em parceria com o projeto Fábrica Social Jardim Botânico, do Movimento Comunitário Jardim Botânico.

De acordo com o coordenador de Atenção Primária à Saúde (Coaps) do Governo do Distrito Federal (GDF), Dr. Fernando Erick Damasceno, os kits serão entregues pelas equipes de saúde primária dos Consultórios de Rua, com foco em mulheres. Também serão distribuídas unidades para mulheres sobreviventes de violência doméstica que estão em situação de proteção e adolescentes do sistema socioeducativo. Será dada preferência àquelas pessoas que ainda não tiveram acesso a nenhum outro tipo de benefício do governo ou abrigamento. “Por mais que pareça algo simples, muitas pessoas não têm acesso a um sabonete que seja, ferindo sua dignidade. Essa parceria é muito assertiva e vem em ótima hora”.

A entrega dos Kits no Distrito Federal faz parte de uma estratégia nacional do UNFPA para ajudar a prevenir a doença da COVID-19 entre as pessoas em situação de maior vulnerabilidade, principalmente mulheres grávidas. Estão sendo investidos, neste momento, aproximadamente R$ 500 mil em recursos próprios e outros recursos estão sendo mobilizados junto a iniciativa privada para viabilizar ações como esta.

“A entrega de Kits Dignidade é realizada pelo Fundo de População da ONU no mundo inteiro, sempre que identificada a necessidade de proteção e auxílio. O objetivo é garantir que as pessoas tenham acesso a informações e produtos que a ajudem a se prevenir da COVID-19, assim como o restante da população”, explicou a representante do Fundo de População das Nações Unidas no Brasil, Astrid Bant.