UNESCO recebe inscrições para prêmio sobre educação de mulheres e meninas

Estão abertas até 28 de maio as inscrições do Prêmio UNESCO para a Educação de Mulheres e Meninas. Premiação oferece 50 mil dólares para cada um dos dois vencedores. A agência da ONU chama governos e ONGs parceiras a indicar pessoas ou instituições para o concurso, que visa reconhecer projetos de promoção da igualdade gênero na educação e por meio do ensino.

Reem Arafat (meio), uma refugiada síria na escola em Whitehorse, Canadá. Foto: ACNUR/Annie Sakkab

Reem Arafat (meio), uma refugiada síria na escola em Whitehorse, Canadá. Foto: ACNUR/Annie Sakkab

Estão abertas as inscrições do Prêmio UNESCO para a Educação de Mulheres e Meninas. Premiação oferece 50 mil dólares para cada um dos dois vencedores. A agência da ONU chama governos e ONGs parceiras a indicar pessoas ou instituições para o concurso, que visa reconhecer projetos de promoção da igualdade gênero na educação e por meio do ensino.

Em 2019, a competição tem cinco áreas prioritárias:

  • Participação — apoiar meninas a realizar a passagem do Ensino Fundamental I para o Ensino Fundamental II e a completar a educação básica;
  • Alfabetização — apoiar meninas adolescentes e jovens mulheres a adquirir habilidades de alfabetização;
  • Ambiente — apoiar a criação de um ambiente de ensino e aprendizado seguro e sensível a questões de gênero;
  • Professores — engajar professores a serem agentes da mudança, com atitudes e práticas sensíveis a questões de gênero;
  • Habilidades — apoiar meninas e mulheres a adquirir conhecimentos/habilidades para a sua vida e seu trabalho.

Quem pode participar?

Governos dos Estados-membros da UNESCO e ONGs em parceria oficial com a UNESCO são convidadas a indicar até três pessoas, instituições ou organizações que trabalhem em favor da educação de meninas e mulheres. Candidatos interessados devem entrar em contato com a Comissão Nacional da UNESCO em seu país — ou com uma ONG em parceria oficial com a UNESCO — para serem considerados como indicações.

O quê?

Projetos indicados precisam cumprir os critérios de elegibilidade e de seleção estabelecidos pelo prêmio. Eles devem ter pelo menos dois anos de criação e funcionamento, mostrar o potencial de ser replicado em escala e contribuir para uma ou mais áreas prioritárias do prêmio.

Até quando?

O prazo para as inscrições vai até o dia 28/05/2019, à meia-noite no horário de Paris (19h do dia 27/05/2019, no horário de Brasília).

Como participar?

As indicações devem ser submetidas em inglês ou francês por meio de uma plataforma online, acessível somente para os Estados-membros da UNESCO e ONGs em parceria oficial com a UNESCO. Essa plataforma pode ser aberta para candidatos externos a partir de solicitações dos Estados-membros ou das ONGs em parceria oficial. As indicações serão avaliadas por um júri independente internacional composto por cinco especialistas que irão examinar o potencial de impacto, inovação e sustentabilidade do projeto.

De acordo com as recomendações do júri, a diretora-geral da UNESCO anunciará e premiará os laureados de 2019 em uma cerimônia oficial na Sede da UNESCO no dia 11/10/2019.

Estabelecido em 2015 e financiado pelo governo da China, o prêmio homenageia práticas excepcionais e inovadoras que fazem avançar a educação de meninas e mulheres. A premiação consiste em dois prêmios de 50 mil dólares, que ajudarão os laureados a continuar com suas iniciativas.

Para mais informações sobre o Processo de Indicação, clique aqui (em inglês).

Sobre os Critérios de Seleção, clique aqui (em inglês).

Conheça os Laureados de 2018 clicando aqui (vídeo em inglês).

Acesse a página oficial do prêmio: https://en.unesco.org/themes/women-s-and-girls-education/prize

Contato: gweprize@unesco.org


Comente

comentários