UNESCO: Glossário de Terminologia Curricular ganha versão em português

Publicação editada pela UNESCO no Brasil reúne termos técnicos da área de educação e traz uma lista de expressões com a sua respectiva tradução em inglês.

Imagem: UNESCO/reprodução

Imagem: UNESCO/reprodução

A UNESCO no Brasil lançou nesta terça-feira (22) a versão em língua portuguesa do ‘Glossário de Terminologia Curricular’. A obra traz uma lista de termos técnicos das áreas de educação básica e superior, com definições e significados, além de uma tabela de correspondência dos termos em português e inglês.

A nova versão contém ainda notas sobre o contexto brasileiro que auxiliam a compreensão do vocabulário internacional de educação.

Em um universo em que cada expressão pode comportar inúmeras definições, explicou a agência da ONU, o Glossário servirá de referência, auxiliando o trabalho e a compreensão do público interessado em educação.

A ideia é que educadores, gestores, pesquisadores e especialistas em currículos escolares encontrem definições e referências para criar um denominador comum ao tratarem dos temas educacionais, inclusive com a respectiva tradução para o inglês.

É o caso do termo “aprendizagem” (página 14), que aparece definido como “processo psicossocial complexo e de longo prazo que consiste na aquisição ou modificação individual de informações, conhecimentos, compreensão, atitudes, valores, habilidades, competências ou comportamentos, por meio de experiência, prática, estudo ou instrução”. No mesmo verbete, o Glossário registra que o processo de aprendizagem comporta diferentes visões, conforme a abordagem: comportamental, cognitiva ou construtivista.

A obra original, em inglês, foi publicada em 2013 pelo Bureau Internacional de Educação da UNESCO (UNESCO-IBE, na sigla em inglês), em Genebra, na Suíça. O IBE é um instituto da UNESCO especializado no desenvolvimento curricular. Na versão em português, a elaboração das notas sobre o contexto brasileiro contou com o apoio técnico do Movimento pela Base Nacional Comum.

O Glossário foi produzido a partir da compilação de terminologias especializadas selecionadas de fontes oficiais e acadêmicas em todo o mundo. A ideia é que ele seja uma obra aberta, isto é, que possa ser revisada e alterada permanentemente.

Acesse aqui a obra em português e em inglês.