UNESCO e Saraiva celebram Dia Mundial do Livro 2017

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Com o objetivo de incentivar a leitura, a editora Saraiva uniu-se à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) no Brasil para celebrar o Dia Mundial do Livro e dos Direitos Autorais, 23 de abril. A rede destinará à UNESCO no Brasil 1 real de cada livro vendido na data, tanto em suas lojas quanto no site de comércio eletrônico.

Com o objetivo de incentivar a leitura, a editora Saraiva uniu-se à UNESCO no Brasil para celebrar o Dia Mundial do Livro e dos Direitos Autorais, 23 de abril. Foto: EBC

Com o objetivo de incentivar a leitura, a editora Saraiva uniu-se à UNESCO no Brasil para celebrar o Dia Mundial do Livro e dos Direitos Autorais, 23 de abril. Foto: EBC

Com o objetivo de incentivar a leitura, a editora Saraiva uniu-se à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) no Brasil para celebrar o Dia Mundial do Livro e dos Direitos Autorais, 23 de abril. A rede destinará à UNESCO no Brasil 1 real de cada livro vendido na data, tanto em suas lojas quanto no site de comércio eletrônico.

A iniciativa faz parte da #LerFazBem, plataforma de incentivo à leitura, que envolve práticas como apoio ao projeto Ninho de Livros, pequenas bibliotecas colaborativas instaladas no Rio de Janeiro e em São Paulo. Além disso, inaugura o Happy Book Day, selo da Saraiva para ações de cunho social relacionadas à promoção da literatura.

“Atuando há mais de 100 anos como incentivadora e promotora do acesso à cultura e à educação, a Saraiva conhece o poder transformador dos livros. Por isso, desenvolve uma série de iniciativas, como esta destinada à UNESCO no Brasil, uma organização cujos propósitos são aderentes à missão da Saraiva de estímulo à leitura”, diz Marcelo Ubríaco, vice-presidente da Saraiva.

Segundo a UNESCO no Brasil, o valor arrecadado será destinado à promoção de publicações de conteúdo gratuito no país, de acordo com sua política de acesso aberto, que visa a “reforçar seu compromisso de incentivar e proteger o acesso à informação e ao conhecimento, que é fundamental para o avanço de soluções inovadoras para os desafios do desenvolvimento internacional”.

A iniciativa com a Saraiva integrará o mapa mundial da UNESCO, que relaciona as celebrações ao redor do mundo no Dia Mundial do Livro e dos Direitos Autorais de 2017.


Mais notícias de:

Comente

comentários