UNESCO e Renoi fecham parceria por indicadores de qualidade jornalística

A representação da UNESCO no Brasil, por meio do setor de Comunicação e Informação, e a Rede Nacional de Observatórios de Imprensa (Renoi) estabeleceram um acordo de cooperação científica para o desenvolvimento de indicadores da qualidade jornalística. A parceria prevê a execução de uma pesquisa que apontará as bases conceituais de parâmetros para aferir concretamente o que significa informação jornalística de qualidade para os meios brasileiros.

A representação da UNESCO no Brasil, por meio do setor de Comunicação e Informação, e a Rede Nacional de Observatórios de Imprensa (Renoi) estabeleceram um acordo de cooperação científica para o desenvolvimento de indicadores da qualidade jornalística. A parceria prevê a execução de uma pesquisa que apontará as bases conceituais de parâmetros para aferir concretamente o que significa informação jornalística de qualidade para os meios brasileiros.

Programa Internacional para o Desenvolvimento da Comunicação (IPDC) que originaram, no ano passado, o documento Media Development Indicators.

A publicação do IPDC sistematizou categorias para compreender de forma equilibrada a tríade mídia, democracia e desenvolvimento, entre elas a que trata de um sistema regulatório que conduza à liberdade de expressão, ao pluralismo e à diversidade da mídia. O projeto “Indicadores de Qualidade da Informação Jornalística” buscará na literatura específica do jornalismo e da gestão de qualidade critérios que reforcem essas ações, sempre envolvendo os profissionais das redações e de empresários do setor na elaboração de conceitos e iniciativas que atestem a excelência na mídia.

A parceria UNESCO-Renoi se estenderá até o final de 2009, quando a etapa conceitual do projeto dos indicadores deve ser concluída. Na sequência, pesquisadores da Renoi agregarão os resultados em um sistema informatizado que possa servir de ferramenta para avaliação da qualidade dos meios de comunicação brasileiros.

A Renoi existe desde 2005 e reúne professores e pesquisadores de instituições de ensino públicas e particulares e de organizações não-governamentais. Nos últimos anos, a rede tem discutido, em eventos acadêmicos, as bases para a busca da qualidade no jornalismo nacional.

Ana Lúcia Guimarães, Isabel de Paula e Nelson Souza Aguiar

Assessoria de Comunicação – UNESCO no Brasil
Fones: (61) 3226 7381, 2106 3536, 2106 3538, 2106 3539
ana.guimaraes@unesco.org.br


Comente

comentários