UNESCO disponibiliza versão em português de livro sobre arquivos audiovisuais

A UNESCO lançou nesta semana (3) a tradução para o português do livro ‘Arquivística audiovisual: filosofia e princípios’. Publicação aborda preservação de documentos de áudio e vídeo, apresentando exemplos de instituições de diferentes partes do mundo e discutindo formas eficientes de armazenamento e divulgação desse tipo de patrimônio. Volume pode ser acessado gratuitamente.

Arquivamento de materiais audiovisuais é tema de nova publicação em português da UNESCO. Imagem: UNESCO

Arquivamento de materiais audiovisuais é tema de nova publicação em português da UNESCO. Imagem: UNESCO

A UNESCO lançou nesta semana (3) a tradução para o português do livro Arquivística audiovisual: filosofia e princípios. Publicação aborda preservação de documentos de áudio e vídeo, apresentando exemplos de instituições de diferentes partes do mundo e discutindo formas eficientes de armazenamento e divulgação desse tipo de patrimônio. Volume pode ser acessado gratuitamente.

A versão traduzida foi lançada em Belo Horizonte, durante o primeiro seminário Programa Memória do Mundo da UNESCO e o Patrimônio Documental Brasileiro. O autor do original, Ray Edmondson, participou do evento e defendeu que o cuidado com materiais audiovisuais é fundamental para ajudar as sociedades a contarem suas histórias. Para o especialista, esforços de conservação devem garantir a disponibilidade futura dos documentos.

O escritor alerta que “para preservar os acervos e torná-los acessíveis, os arquivos audiovisuais precisam conservar formatos e tecnologia obsoletos, se manter em dia com a nova tecnologia e reter as habilidades relevantes para a operação de ambas”. “O conteúdo migra para novos formatos para que o acesso seja garantido, mas os suportes mais antigos precisam ser conservados por seus valores de artefato e de informação”, acrescentou.

O coordenador de Comunicação e Informação da UNESCO no Brasil, Adauto Soares, acredita que “a tradução do livro irá fornecer aos países lusófonos um guia de boas práticas sobre preservação audiovisual que traz experiências de instituições que detém arquivos de áudio e vídeo em todo o mundo, em busca de formas eficazes de arquivar e fornecer acesso a esses documentos”.

Acesse a publicação clicando aqui.