UNESCO abre edital do Fundo Internacional para a Diversidade Cultural

Está aberto o Edital 2014 para a seleção de programas e projetos a serem financiados pelo Fundo Internacional para a Diversidade Cultural (FIDC), com o prazo até o dia 23 de abril de 2014. Objetivo é apoiar programas e projetos de países em desenvolvimento que visem à emergência de um setor cultural dinâmico. O Brasil já teve dois projetos aprovados pelo Fundo.

Imagem: Projeto Vídeo nas AldeiasEstá aberto o Edital 2014 para a seleção de programas e projetos a serem financiados pelo Fundo Internacional para a Diversidade Cultural (FIDC), com o prazo até o dia 23 de abril de 2014.

Criado pela Convenção sobre a Proteção e a Promoção da Diversidade das Expressões Culturais, adotada na UNESCO em 2005, o Fundo tem como objetivo apoiar programas e projetos de países em desenvolvimento que visem à emergência de um setor cultural dinâmico, essencialmente por meio de atividades que facilitem a elaboração e a implementação de políticas e de estratégias que tenham um efeito direto sobre a criação, a produção, a distribuição e o acesso a uma diversidade de expressões culturais, bem como o fortalecimento das infraestruturas institucionais, apoiando indústrias culturais viáveis nos níveis local e regional.

Desde 2010, o FIDC contemplou 71 projetos em 43 países em desenvolvimento, em um investimento total de cerca de 4,6 milhões de dólares.

Os projetos cobrem um amplo leque de atividades, desde o desenvolvimento e a implementação de políticas culturais, até o fortalecimento das capacidades dos empreendedores culturais, e o mapeamento e criação de novos modelos econômicos para as indústrias culturais.

Projetos brasileiros contemplados pelo FIDC

O Brasil já teve dois projetos aprovados pelo Fundo Internacional da Diversidade Cultural. Em 2012, o Ponto de Cultura Vídeo nas Aldeias produziu programas infantis realizados por cineastas indígenas com recursos do Fundo, no valor de US$ 97.550.

E, no edital lançado no ano passado, foi aprovado o projeto “E-books Indígenas”, da ONG Thydêwá, que contará com recursos da ordem de US$ 90.950 ao longo de 2014. Trata-se de uma proposta de capacitação digital para 16 integrantes de oito comunidades indígenas, que prevê a realização de oficinas técnicas de produção e distribuição de um livro digital voltado para a divulgação das culturas indígenas do Brasil.

Saiba como participar em http://bit.ly/1jc9kt2