UNAIDS no Brasil tem nova coordenadora

A brasileira Georgiana Braga-Orillar tem mais de 15 anos de experiência nas Nações Unidas. Ela ocupou vários cargos na sede do UNAIDS em Genebra, inclusive o de assessora do diretor executivo nos últimos cinco anos.

Georgiana Braga-Orillar, nova coordenadora do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (UNAIDS) no Brasil. Foto: UNAIDSO Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (UNAIDS) no Brasil conta a partir dessa semana com uma nova coordenadora, a brasileira Georgiana Braga-Orillar. Vinda do escritório do UNAIDS em Genebra e com mais de 15 anos de experiência nas Nações Unidas, Georgiana traz ao escritório do Brasil uma nova perspectiva global.

“O Brasil é um exemplo em relação à resposta à aids. Desde cedo o governo, a sociedade civil e entidades privadas se mobilizaram. Espero contribuir para continuar a mover essa agenda e chegar ao objetivo de zero novas infecções, zero discriminação e zero morte relacionada à aids.”

Georgiana ocupou vários cargos na sede do UNAIDS em Genebra, inclusive o de assessora do diretor executivo nos últimos cinco anos, onde ela gerenciou sua agenda política, dando visibilidade à liderança do Programa e sucessos em setores estratégicos.

Nesse posto, ela trabalhou junto a oficiais de governo do mais alto nível e vários parceiros, incluindo pessoas vivendo com o HIV em diversos países. Georgiana combina uma forte experiência nas Nações Unidas e no setor privado. Ela também trabalhou para a Radio Television Hong Kong e o South China Morning Post, os dois maiores grupos de comunicação de Hong Kong, China.

Dirigiu também o programa conjunto de responsabilidade social dessas empresas, onde mobilizou um grande número de atores da comunidade e do setor privado na China.

Bacharel em Relações Internacionais da Universidade de Brasília e mestre em Relações Internacionais e Ciência Política do Instituto de Altos Estudos Internacionais e do Desenvolvimento de Genebra, Suíça. Ela tem certificado de Estudos Germânicos da Universidade de Essen, Alemanha e certificado de Estudos de Defesa e Segurança Internacional da Universidade de Tampere, Finlândia.

Brasileira, Georgiana Braga-Orillar é fluente em inglês, francês e espanhol.