UNAIDS e UNOPS assinam acordo para projetos de gestão pública

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) e o Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) assinaram, na última terça-feira (13/8), um acordo regional na América Latina e no Caribe para facilitar a atuação conjunta.

Os objetivos são a implementação de boas práticas, a identificação de oportunidades para atuar em conjunto em projetos e compras públicas, a transferência de conhecimento entre organizações e a realização de atividades e campanhas de comunicação.

Fabrizio Feliciani, Diretor Regional para a América Latina e o Caribe do UNOPS e Dr. César Antonio Núñez, Diretor Regional do UNAIDS para a América Latina e o Caribe. Foto: UNOPS

Fabrizio Feliciani, Diretor Regional para a América Latina e o Caribe do UNOPS e Dr. César Antonio Núñez, Diretor Regional do UNAIDS para a América Latina e o Caribe. Foto: UNOPS

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) e o Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) assinaram, na última terça-feira (13/8), um acordo regional na América Latina e no Caribe para facilitar a atuação conjunta. Os objetivos são a implementação de boas práticas, a identificação de oportunidades para atuar em conjunto em projetos e compras públicas, a transferência de conhecimento entre organizações e a realização de atividades e campanhas de comunicação.

O acordo, assinado no Panamá, permite que trabalhadores, parceiros e beneficiários do UNOPS tenham mais acesso a informações e a serviços para a prevenção e tratamento de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), para que sejam agentes da mudança e multiplicadores. Assim, o UNAIDS pode aumentar seu impacto por meio de ações concretas em projetos de infraestrutura e de compras públicas.

Na região, UNOPS e UNAIDS já trabalham juntos na Argentina em um programa para melhorar as condições de habitação de populações em situação de vulnerabilidade. O acordo pretende expandir esse tipo de cooperação para outros países da região.

César Núñez, diretor regional do UNAIDS para a América Latina e o Caribe, disse que “a parceria é uma oportunidade para que os projetos realizados pelo UNOPS integrem e promovam informações e práticas que contribuam para o desenvolvimento sustentável, de acordo com a Agenda 2030 adotada pelos Estados membros das Nações Unidas”. Ele avalia que o UNOPS sempre foi um parceiro estratégico e, por meio do acordo, os dois organismos irão combinar sinergias. “Devemos garantir que aquelas pessoas mais afetadas pelo vírus se empoderem como agentes de mudança”, concluiu.

“O UNOPS quer contribuir para que as pessoas com quem trabalhamos tenham acesso a informações e a serviços para prevenção e tratamento do HIV como forma de eliminar o estigma e a discriminação”, disse Fabrizio Feliciani, diretor regional do UNOPS para a América Latina e o Caribe. Ele explicou que o trabalho será feito a partir de uma perspectiva de direitos humanos, gênero e diversidade, que faz parte da abordagem do UNOPS de Gestão Pública Justa e Equitativa. “Este acordo com a UNAIDS nos permitirá trabalhar nessa direção, para que nosso pessoal e nossos parceiros sejam agentes de mudança, multiplicando o que foi aprendido em suas famílias e comunidades”, afirmou.

Informação para a imprensa:

– Cedriann Martin (UNAIDS) – martinc@unaids.org
– Luis Piselli (UNOPS) – luispi@unops.org


Comente

comentários