UNAIDS e parceiros promovem conscientização sobre HIV nos Jogos Europeus em Minsk

Nos Jogos Europeus de 2019, realizados em Minsk, Bielorrússia, os atletas e espectadores estão recebendo informações sobre HIV, disponibilização gratuita de preservativos e de teste rápido para o vírus.

Fruto de uma parceria entre Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS), diretoria dos Jogos, Ministério da Saúde da Bielorrússia, organizações da sociedade civil e equipe de país das Nações Unidas, setores #ZeroDiscriminação foram montados na área das disputas oferecendo serviços de HIV.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nos Jogos Europeus de 2019, realizados em Minsk, Bielorrússia, os atletas e espectadores estão recebendo informações sobre HIV, disponibilização gratuita de preservativos e de teste rápido para o vírus.

Fruto de uma parceria entre Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS), diretoria dos Jogos, Ministério da Saúde da Bielorrússia, organizações da sociedade civil e equipe de país das Nações Unidas, setores #ZeroDiscriminação foram montados na área das disputas oferecendo serviços de HIV.

O principal pavilhão #ZeroDiscriminação foi inaugurado pelo embaixador do UNAIDS para os Jogos Europeus, Alexei Yagudin, campeão mundial de patinação artística e medalhista do ouro olímpico.

“Os Jogos Europeus são livres de discriminação — independente de nacionalidade, idade, gênero, orientação sexual ou estado sorológico para o HIV”, disse Yagudin.

Os setores de Zero Discriminação do UNAIDS foram montados ao redor da área oficial dos torcedores, no principal estádio de esportes e na vila dos atletas.

As áreas contam com mais de 90 voluntários, a maioria médicos e enfermeiros, que fornecem informações e aconselhamento sobre HIV e testes rápidos e acesso a preservativos gratuitos.

Antes dos jogos, o UNAIDS também ofereceu treinamento extensivo sobre HIV e saúde sexual e reprodutiva a centenas de voluntários.

Além disso, o canal nacional de TV ONT, em estreita colaboração com o UNAIDS, produziu dois anúncios de utilidade pública sobre zero discriminação e oportunidades iguais para todos.

Os anúncios foram transmitidos em mais de 20 locais públicos em Minsk, em todos os canais de TV nacionais e durante as transmissões dos jogos.

Carregando a tocha oficial dos jogos, a “Chama da Paz”, o diretor regional do UNAIDS, Vinay Saldanha disse: “estou orgulhoso de carregar esta chama da paz em nome do UNAIDS e de todas as pessoas, que merecem viver livres de discriminação, incluindo as pessoas vivendo com HIV que estão competindo e visitando os jogos de Minsk”.

Os Jogos Europeus começaram oficialmente em 21 de junho e ocorrem até dia 30. Mais de 400 atletas de 50 países estão participando, competindo em 15 esportes e 50 modalidades, das quais oito servem como qualificatórias para os Jogos Olímpicos de 2020 em Tóquio.