UNAIDS agradece doações ao Fundo Global de Combate à AIDS, Tuberculose e Malária

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) anunciou estar “fortemente motivado” pelo compromisso que os doadores demonstraram com o Fundo Global de Combate à AIDS, Tuberculose e Malária (Fundo Global). Na 6ª Conferência de Reabastecimento, realizada em Lyon, na França, nos dias 9 e 10 de outubro, a ferramenta captou 14,02 bilhões de dólares, valor mais alto de toda a parceria que trabalha pelo fim das três doenças.

“Eu realmente cumprimento todos os países e parceiros que se comprometeram a investir no Fundo Global de Combate à AIDS, Tuberculose e Malária”, disse Gunilla Carlsson, diretora-executiva interina do UNAIDS. “Esses investimentos são uma salvação essencial para milhões de pessoas em todo o mundo. No futuro, colocar as pessoas no centro será fundamental para fazer com que o dinheiro seja utilizado com mais eficiência.”

Na 6ª Conferência de Reabastecimento, realizada em Lyon, na França, nos dias 9 e 10 de outubro, o Fundo Global captou US$ 14,02 bilhões, o valor mais alto de toda a parceria, que trabalha pelo fim das três doenças. Foto: UNAIDS

Na 6ª Conferência de Reabastecimento, realizada em Lyon, na França, nos dias 9 e 10 de outubro, o Fundo Global captou US$ 14,02 bilhões, o valor mais alto de toda a parceria, que trabalha pelo fim das três doenças. Foto: UNAIDS

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) anunciou estar “fortemente motivado” pelo compromisso que os doadores demonstraram com o Fundo Global de Combate à AIDS, Tuberculose e Malária (Fundo Global). Na 6ª Conferência de Reabastecimento, realizada em Lyon, na França, nos dias 9 e 10 de outubro, a ferramenta captou 14,02 bilhões de dólares, valor mais alto de toda a parceria que trabalha pelo fim das três doenças.

“Eu realmente cumprimento todos os países e parceiros que se comprometeram a investir no Fundo Global de Combate à AIDS, Tuberculose e Malária”, disse Gunilla Carlsson, diretora-executiva interina do UNAIDS. “Esses investimentos são uma salvação essencial para milhões de pessoas em todo o mundo. No futuro, colocar as pessoas no centro será fundamental para fazer com que o dinheiro seja utilizado com mais eficiência.”

O UNAIDS também cumprimentou o presidente da França, Emmanuel Macron, por seu compromisso pessoal e apelo que faz aos países para que reforcem suas promessas de honrar o aumento proposto de 15% em relação ao último reabastecimento. A maioria dos doadores alcançou ou superou o aumento de 15%, e muitos novos doadores compareceram e se comprometeram pela primeira vez.

O programa conjunto disse que continuará a trabalhar em estreita colaboração com o Fundo Global, fornecendo aos países informações estratégicas, conhecimentos técnicos e capacitação para implementação das doações.

O UNAIDS defende uma abordagem centrada nas pessoas e baseada nos direitos humanos para acabar com a AIDS, e apoia totalmente o envolvimento ativo da sociedade civil e de organizações comunitárias na busca de alcançar as pessoas mais marginalizadas e as que são deixadas para trás. Em 2018, havia 37,9 milhões de pessoas vivendo com HIV, das quais 15 milhões ainda precisam urgentemente de acesso à terapia antirretroviral, que é capaz de salvar vidas.

Os compromissos com o Fundo Global vão impulsionar a resposta ao HIV. O UNAIDS continuará a defender o aumento do investimento para atender todas as necessidades de recursos para a resposta para acabar com a AIDS até 2030, como parte dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.