Um ano depois da Primavera Árabe, Ban elogia avanços na Tunísia

Progresso alcançado pelo povo culminou com as eleições pacíficas e ordenadas de outubro, que levaram ao estabelecimento de uma Assembleia Constituinte.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, elogiou o povo da Tunísia pelo progresso alcançado desde o início da revolução há um ano, prometendo a continuidade do apoio das Nações Unidas a seus esforços.

“Um ano atrás, o mundo foi inspirado pela determinação do povo da Tunísia para pedir democracia, liberdade e dignidade”, declarou.

A transição tunisiana fez grande progresso no ano passado, culminando com as eleições pacíficas e ordenadas de outubro, que levaram ao estabelecimento de uma Assembleia Constituinte.

“Enquanto o caminho para a democracia é longo e nem sempre suave, as Nações Unidas continuam empenhadas em trabalhar com a Tunísia e com todas os países em transições democráticas para ajudar a consolidar esses esforços para atingir as aspirações legítimas do povo.”

Foi o povo tunisiano que inspirou a região no levante por democracia e liberdade, derrubando o ditador Zine El Abidine Ben Ali. Suas ações deflagraram uma onda de manifestações populares pelo Norte da África e no Oriente Médio, conhecidas como Primavera Árabe, que também levou à queda dos regimes no Egito, Iêmen e Líbia.