Tragédia de Brumadinho: Guterres diz que ONU está à disposição para apoiar autoridades brasileiras

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, está profundamente triste pela terrível perda de vidas e expressiva destruição de casas e do meio ambiente causadas pelo colapso de uma barragem ontem (25) em Brumadinho, no estado de Minas Gerais.

Guterres informou ainda que o Sistema das Nações Unidas permanece à disposição para apoiar as autoridades brasileiras nas buscas e esforços de ajuda emergencial.

 

Rompimento de barragem em Brumadinho - Foto: Polícia Militar de Minas Gerais/Fotos Públicas

Rompimento de barragem em Brumadinho – Foto: Polícia Militar de Minas Gerais/Fotos Públicas

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, está profundamente triste pela terrível perda de vidas e expressiva destruição de casas e do meio ambiente causadas pelo colapso de uma barragem ontem (25) em Brumadinho, no estado de Minas Gerais.

A informação foi divulgada neste sábado (26) pelo escritório do porta-voz de Guterres. De acordo com a nota, o secretário-geral expressa condolências aos familiares das vítimas e ao governo do Brasil e deseja pronta recuperação aos feridos.

Guterres informou ainda que o Sistema das Nações Unidas permanece à disposição para apoiar as autoridades brasileiras nas buscas e esforços de ajuda emergencial.

A nota é assinada pelo vice-porta-voz do secretário-geral, Farhan Haq.

Banco Mundial

O Banco Mundial no Brasil também manifestou seu profundo pesar e solidariedade pelas vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho.

“Além dos danos irreparáveis às vidas das famílias, o dano ao meio ambiente é incalculável”, afirmou a organização em nota.

“Nos juntamos à comunidade internacional, às autoridades e à sociedade civil brasileiras, prestando nosso apoio e nos colocando à disposição para colaborar.”