Time do Níger vence Copa dos Refugiados em São Paulo

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Em São Paulo, amantes do futebol vindos do Níger venceram a etapa estadual da Copa dos Refugiados, torneio organizado com o apoio da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR). Realizada no primeiro final de semana de setembro, a competição teve a participação de 16 seleções, formadas por refugiados e migrantes que vivem na capital paulista. Campeonato foi decidido nos pênaltis, em partida contra a Nigéria.

Capitão da seleção do Níger levanta o troféu de campeão da quinta etapa São Paulo da Copa dos Refugiados. À esquerda, o secretário municipal de Esportes e Lazer, João Farias. Foto: ACNUR/MiguelPachioni

Capitão da seleção do Níger levanta o troféu de campeão da quinta etapa São Paulo da Copa dos Refugiados. À esquerda, o secretário municipal de Esportes e Lazer, João Farias. Foto: ACNUR/MiguelPachioni

Em São Paulo, amantes do futebol vindos do Níger venceram a etapa estadual da Copa dos Refugiados, torneio organizado com o apoio da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR). Realizada no primeiro final de semana de setembro, a competição teve a participação de 16 seleções, formadas por mais de 300 refugiados e migrantes que vivem na capital paulista. Campeonato foi decidido nos pênaltis, em partida contra a Nigéria.

Essa foi a primeira vez em que um time do Níger jogou na Copa, realizada anualmente desde 2013. “Quando formamos a equipe, sabíamos que nossa seleção podia ir longe, ainda que a chave dos jogos (em) que caímos fosse difícil”, conta Danyel, que há seis anos vive no Brasil.

“Quando então passamos pela vice-campeã da Copa do ano passado (Marrocos), tivemos a certeza (de) que nosso time estava organizado para vencer também a atual campeã (Nigéria), e foi o que aconteceu, com muito suor”, completa.

Após um empate com a Nigéria, por 2 a 2, o time do Níger conseguiu derrubar os nigerianos nos pênaltis, com duas defesas do goleiro Obumaeke.

Os campeões nigerenses participarão da inédita Copa do Brasil de Refugiados, com as outras duas seleções vencedoras das etapas estaduais. Times de Senegal e Angola ganharam respectivamente os torneios em Porto Alegre (RS) e Rio de Janeiro (RJ). Uma seleção sub-20 de refugiados vai completar o quarteto de equipes que disputarão o circuito nacional. Evento ocorrerá em São Paulo nos dias 29 e 30 de setembro.

Os jogos da etapa paulista foram realizados nos equipamentos municipais de esportes do Jardim São Paulo (Zona Norte), Vila Manchester (Zona Leste) e Parque da Aclimação (região central).

A Copa dos Refugiados é realizada pela África do Coração, uma organização criada por refugiados para atender estrangeiros em situação de deslocamento forçado no Brasil. São parceiros da iniciativa o ACNUR, as Secretarias Municipais de Esportes e Lazer, dos Direitos Humanos e Cidadania e das Relações Internacionais e a empresa Sodexo On-site.


Mais notícias de:

Comente

comentários