Terremotos no Nepal: UNICEF corre contra o tempo para que crianças voltem às aulas

Mais precisa ser feito para que 985 crianças possam voltar a estudar no Nepal. Foto: UNICEF/KPage

Quase 14 mil crianças cujas escolas ficaram destruídas ou muito danificadas pelos dois terremotos no Nepal estão tendo aulas pela primeira vez em cinco semanas, em espaços temporários de aprendizagem. Essas crianças estão usando materiais didáticos de kits escolares, kits para a primeira infância e kits recreativos do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e de outros parceiros.

Trata-se de um primeiro passo para as crianças, dado o nível de destruição que escolas e instalações educacionais sofreram nos distritos nepaleses mais afetados pelos terremotos. Mais esforços estão em curso para levar urgentemente mais crianças de volta às aulas.

“Está provado que, para as crianças que ficam fora da escola durante períodos prolongados após uma catástrofe, a probabilidade de voltar às aulas é cada vez menor”, explica Tomoo Hozumi, representante do UNICEF no Nepal.
O UNICEF está trabalhando de perto com o Ministério da Educação e parceiros para que todas as crianças possam voltar para a escola logo que seja possível, ao mesmo tempo em que assegura espaços de aprendizagem seguros e apoio emocional às crianças.

Contudo, ainda há muito por fazer para lidar com as 985 mil crianças que não puderam voltar às aulas, o que as torna mais vulneráveis ao risco de abandono escolar. Ao todo, 32 mil salas de aula foram destruídas e 15.352 ficaram danificadas após os dois terremotos de grande magnitude.

“Estamos empenhados em continuar a instalar espaços temporários de aprendizagem o mais depressa possível, para que nenhuma criança fique fora da escola. Ao mesmo tempo, estamos encorajando as famílias para que enviem suas crianças de volta às escolas que foram consideradas seguras, e estamos insistindo com as comunidades para que prestem o seu apoio à campanha de volta às aulas”, informou Hozumi.

Os brasileiros também podem contribuir para esta mobilização global e ajudar a alcançar o apelo de 50 milhões de dólares solicitados pelo UNICEF para atender as demandas. Os recursos arrecadados no Brasil serão integralmente utilizados para atender crianças, adolescentes e famílias mais afetados na tragédia.

Quem quiser efetuar uma doação, pode fazê-lo por três canais:

Pelo site de doações do UNICEF. Doe agora!
Enviando a palavra “UNICEF” para o SMS 27146. Neste caso, o UNICEF entrará em contato para acolher a doação.
Pela central de atendimento, no número 0800 605 2020.