Arquivo da tag: Rio 2016

Informativo da ONU Brasil sobre Esporte para o Desenvolvimento e a Paz.

Confira neste espaço todas as ações da ONU nas Olimpíadas 2016, sediadas no Rio de Janeiro.

 

Acesse clicando aqui ou na imagem ao lado o informativo da ONU Brasil sobre Esporte para o Desenvolvimento e a Paz.

 

Acesse também a página da ONU dedicada ao tema do esporte: nacoesunidas.org/tema/esporte

 

Todas as notícias e informações sobre o tema:

Durante evento em Davos, a refugiada síria Yusra Mardini falou sobre sua experiência pessoal fugindo da guerra em seu país. Foto: ACNUR/Gisella Lomax

Necessidade dos refugiados vai além do suporte básico, diz nadadora síria em Davos

Yusra Mardini, a refugiada síria que inspirou o mundo no ano passado durante os Jogos Olímpicos do Rio, fez um apelo aos líderes mundiais reunidos em Davos, na Suíça. Ela alertou que refugiados vulneráveis, assim como ela, têm necessidades que vão além do suporte básico.

“Com comida no estômago, nós podemos sobreviver. Mas somente se nos for dada comida para a alma iremos prosperar”, disse a nadadora de 18 anos, durante um evento paralelo ao Fórum Econômico Mundial.

Membros da equipe olímpica de atletas refugiados com o alto-comissário da ONU para Refugiados, Filippo Grandi, e membros do ACNUR na Vila Olímpica da Rio 2016. Foto: ACNUR/Benjamin Loyseau

Equipe Olímpica de Atletas Refugiados faz planos

Há quatro meses, dez refugiados fizeram história nos Jogos Olímpicos Rio 2016 – uma experiência que mudou a vida de todos os envolvidos.

Para Yiech Pur Biel, as Olimpíadas fizeram mais do que permitir que ele mostrasse suas habilidades esportivas em um palco mundial: a experiência o reconectou com sua família depois de quase 12 anos. Ele se separou da família quando fugiu do Sudão do sul em 2005. Pelas redes sociais, sua mãe descobriu que ele estava no Rio e, com a ajuda do ACNUR, conseguiu restabelecer o contato.

Confira nesse especial estão os dez atletas hoje.

Jogos Olímpicos de 2016 foram no Rio de Janeiro. Foto: ONU/Mark Garten

ONU apoia proteção ao consumidor na ‘era do Airbnb’ e cita Brasil como exemplo

Modelos de negócios modernos ajudam a fortalecer o comércio, abrindo novos mercados e oferecendo mais opções aos consumidores. Mas o comércio online nem sempre se responsabiliza de forma transparente pelos seus produtos. Alguns dos principais testes internacionais foram no Brasil, durante a Copa e as Olimpíadas – e o Brasil se saiu bem, disse a Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD).

Marcelly Vitória de Mendonça, de 15 anos, é participante do programa "Uma Vitória Leva à Outra”. Foto: Hagen Hopkins/Getty Images

Uma Vitória Leva à Outra: Marcelly conta como foi participar do encerramento das Olimpíadas

Marcelly Vitória de Mendonça, de 15 anos, participante do programa “Uma Vitória Leva à Outra” — iniciativa conjunta da ONU Mulheres e do Comitê Olímpico Internacional (COI) — recebeu a Taça Olímpica durante cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos no último domingo (21) no estádio do Maracanã, Rio de Janeiro. “As pessoas não acreditavam em mim, ninguém dava nada por mim. (…) Agora, elas estão me reconhecendo”, declarou.

Foto: EBC / Divulgação

‘Esporte ainda é separado da educação’, diz ex-atleta Magic Paula em entrevista a agência da ONU

Em entrevista exclusiva ao Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), a ex-jogadora de basquete e medalhista olímpica Magic Paula alerta que o Brasil ainda não descobriu o esporte como ferramenta de inclusão social. Segundo a campeã, mesmo que não queiram ser atletas, jovens podem aproveitar valores transmitidos pela prática de atividades esportivas para a vida.

Cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no Maracanã. Foto: Agência Brasil/Fernando Frazão

ONU cumprimenta Brasil por conclusão bem-sucedida das Olimpíadas

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, cumprimentou o Brasil e a cidade do Rio de Janeiro, assim como o Comitê Organizador da Rio 2016 e o Comitê Olímpico Internacional, pelo encerramento bem-sucedido dos Jogos Olímpicos.

Após duas semanas de competições, disputas e dezenas de recordes, os Jogos Rio 2016 foram encerrados no domingo (21), tendo como um dos seus principais legados a participação da inédita Equipe Olímpica de Atletas Refugiados.

Mascotes das Olimpíadas em visita ao Maracanã. Foto: EBC

UNICEF e parceiros apresentam experiências para a proteção de crianças em megaeventos

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) apresentou na semana passada (12) publicação que documenta boas práticas de proteção de crianças e adolescentes durante megaeventos esportivos. Uma delas foi o aplicativo gratuito Proteja Brasil, que facilita a realização de denúncias de violações e fornece informações sobre os direitos da infância e de outras populações vulneráveis.

Adrielle Alexandre pratica balé no programa Uma Vitória Leva à Outra Foto: UNIC Rio

Meninas desenvolvem autoestima e independência pelo esporte em projeto da ONU Mulheres

O que significa ser uma pessoa vitoriosa? Para Adrielle Alexandre, de 12 anos, que carregou a Tocha Olímpica, não significa apenas se tornar uma ginasta, mas transformar sua comunidade em um lugar livre de violência, onde as pessoas saibam respeitar umas às outras. Ela está entre as 400 meninas participantes de um programa no Rio de Janeiro que usa o esporte para criar espaços seguros onde elas consigam se tornar mulheres empoderadas.