Educação de qualidade

O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU número 4 diz: “Assegurar a educação inclusiva e equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos”.

O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU número 4 diz: “Assegurar a educação inclusiva e equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos”.

 

Mais sobre este ODS em https://nacoesunidas.org/pos2015/ods4 e notícias sobre o tema abaixo.

Foto: PMA/Antony Njuguna

Centro de ONU lança vídeos sobre iniciativas de proteção social e alimentação escolar

O Centro de Excelência contra a Fome, organismo do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA), está divulgando neste mês uma série de vídeos sobre seu trabalho na área de proteção social. A instituição ajuda 18 países do Sul global a desenvolver projetos de combate à fome e à pobreza. Entre os destaques das atividades do Centro, estão iniciativas na área de alimentação escolar e segurança nutricional.

Fundação Banco do Brasil reconhece projetos sociais. Imagem: Fundação BB

Fundação Banco do Brasil divulga projetos sociais reconhecidos por premiação em parceria com a ONU

A Fundação Banco do Brasil divulgou nesta terça-feira (25) o resultado da primeira fase do seu Prêmio de Tecnologia Social. Das 735 iniciativas inscritas neste ano, 173 foram consideradas aptas para receber a certificação oferecida pela instituição. Em 2017, a premiação conta com a parceria da UNESCO, da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), do Banco Mundial e do Programa da ONU para o Desenvolvimento (PNUD).

Sameh Wahba, diretor de Prática Global de Resiliência Social, Urbana e Rural do Banco Mundial, e Irina Bokova, diretora-geral da UNESCO. Foto: UNESCO

UNESCO e Banco Mundial defendem cultura e turismo como ferramentas para o desenvolvimento sustentável

O Banco Mundial e a UNESCO firmaram neste mês (13) uma nova parceria para promover o crescimento econômico sustentável através de políticas culturais e de desenvolvimento urbano. Acordo de cooperação prevê ações para os próximos seis anos, ao longo dos quais os dois organismos internacionais buscarão formas de usar a indústria criativa e do turismo para promover a prosperidade compartilhada.

Malala conversa com Anwar Ahmad Ayesh sobre suas experiências. Foto: ACNUR/Cengiz Yar

Malala alerta para necessidade de investimento em educação nos países em conflito

Durante sua primeira visita à região do Curdistão no Iraque na terça-feira (11), a ganhadora do Prêmio Nobel da Paz Malala Yousafzai fez um apelo aos líderes mundiais para que invistam na educação das crianças que vivem em países atingidos por conflitos.

“A educação não pode ser deixada de lado. Especialmente em países que estão enfrentando conflitos. A educação é um direito humano básico. Todos os líderes globais provêm educação às suas crianças, então, precisamos provê-la a essas crianças também”, disse a Mensageira da Paz da ONU, durante visita a campo de deslocados iraquianos. O relato foi feito pela Agência da ONU para Refugiados (ACNUR).

Atendimento de saúde no Acre. Foto: Sérgio Vale/Secom/Agência de Notícias do Acre/Flickr

UNICEF promove seminário no Acre sobre educação e saúde de jovens indígenas

Para discutir desafios enfrentados pelos jovens indígenas do Brasil, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) promove na sexta-feira (14), em Cruzeiro do Sul, no Acre, o Seminário Atenção à Criança e ao Adolescente Indígena no Selo UNICEF – Edição 2017/2020. Evento abordará estratégias para reduzir a mortalidade, a desnutrição infantil e o sub-registro civil de nascimento, além de debater iniciativas para melhorar a educação das crianças e adolescentes.

Educadores do ensino fundamental de todo o país terão à disposição oito vídeos explicando o que são nove dos 17 ODS. Foto: EBC

UNESCO e governo brasileiro lançam vídeos para auxiliar educadores a falar sobre desenvolvimento sustentável

Como falar dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) para crianças? A partir desta quinta-feira (13), os educadores do ensino fundamental de todo o país terão à disposição oito vídeos explicando o que são nove dos 17 ODS.

Em cada um dos vídeos, a explicação é apresentada por crianças. Também estará disponível a publicação “Educação para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável — Objetivos de Aprendizagem”, sobre os todos os ODS. A ideia é aumentar a conscientização da comunidade escolar sobre a importância da Educação para o Desenvolvimento Sustentável.

UNESCO e governo lançam em Manaus materiais para divulgar objetivos da ONU entre estudantes

A partir de amanhã (13), educadores do ensino fundamental de todo o Brasil terão à disposição oito vídeos explicando o que são nove dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas — os ODS. Também será possível ter acesso à publicação da UNESCO “Educação para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – Objetivos de Aprendizagem”, em português. Lançamento ocorre em Manaus, das 8h30 às 10h30, no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques.

Artistas, especialistas e jovens participaram de debate sobre educação, diversidade e juventude. Foto: UNESCO

UNESCO e Globo promovem debate sobre juventude, diversidade e educação

Para marcar o início de mais uma Campanha Criança Esperança, a UNESCO no Brasil e a Globo promoveram o debate ‘Diálogos da Esperança – Como vai você, jovem brasileiro?’. Discussões reuniram artistas, especialistas e jovens para abordar temas relacionados a educação e diversidade. Encontros foram gravados e divididos em dois programas, que serão exibidos nos dias 23 e 30 de julho, no canal GloboNews.

Um sistema de saúde reprodutiva mais efetivo pode empoderar mulheres a terminarem seus estudos e se juntarem à força de trabalho. Foto: Banco Mundial

No Dia Mundial da População, ONU lembra importância do planejamento reprodutivo

No Dia Mundial da População, a diretora-executiva em exercício do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), Natalia Kanem, lembrou que, todos os dias, mulheres em situação de vulnerabilidade, especialmente as mais pobres e refugiadas, enfrentam obstáculos sociais, econômicos e geográficos para terem acesso a informações e serviços de planejamento reprodutivo.

Há 50 anos, o então secretário-geral das Nações Unidas estabeleceu o Fundo de População da ONU, o UNFPA. Desde que iniciou suas atividades, em 1969, a agência colabora para remover os obstáculos relacionados ao planejamento reprodutivo e garantir os direitos reprodutivos das mulheres. O UNFPA contribuiu para quase dobrar o uso de métodos modernos de contracepção — de 36% em 1970 para 64% em 2016.

Programas de alimentação escolar beneficiam um quinto das crianças em todo o mundo. Foto: PMA / Graeme Williams

Centro de Excelência contra a Fome participa de treinamento no Rio sobre proteção de civis

Representantes do Centro de Excelência contra a Fome, fruto de uma parceria entre o governo brasileiro e o Programa Mundial de Alimentos (PMA) das Nações Unidas, participaram na semana passada (7) do workshop Proteção Integrada de Civis 2017, organizado pelo Centro Conjunto de Operações de Paz (CCOPAB), no Rio de Janeiro.

O evento discutiu o trabalho de organizações envolvidas em operações internacionais para a proteção de civis em ambientes instáveis, como conflitos armados e desastres naturais.

Crianças se banham em um lago formado por poços de escavação em Bentiu, Sudão do Sul. Em todo o país, apenas 41% das crianças têm acesso a água segura e limpa. Foto: UNICEF / Hatcher-Moore

Cinco anos após a independência do Sudão do Sul, crianças têm infância negada

Sudão do Sul está em conflito desde dezembro de 2013, com ao menos 2,5 mil crianças mortas ou feridas, e mais de 2 milhões de crianças deslocadas ou procurando refúgio em países vizinhos. Centenas também foram estupradas e sexualmente abusadas.

“O dia de independência de um país deve ser celebrado. No entanto, hoje, no Sudão do Sul, não haverá comemoração para os milhões de crianças envolvidas nesse conflito”, disse Mahimbo Mdoe, representante do UNICEF no país, por ocasião do dia da independência do país, 9 de julho.

Alimentação escolar no Senegal. Foto: PMA/Benedicte Pansier

No Senegal, programa da ONU triplica produtividade agrícola e aumenta áreas cultivadas em quase 400%

No Senegal, as regiões cobertas pelo Programa de Aquisição de Alimentos para a África — PAA África — tiveram seus índices de produtividade agrícola triplicados após a implementação da iniciativa. Taxas médias de produção passaram de 0,8 tonelada por hectare para 2,57 toneladas.

O projeto também aumentou as áreas cultivadas — de 51 hectares para 245 — e fez duplicar a produção de arroz. Avanços foram divulgados e debatidos ao final de junho, durante seminário sobre a continuidade da estratégia.

Pesquisa "Educar ou Punir?" mostra de forma inédita o perfil e a situação dos adolescentes internados em unidades socioeducativas no estado de Pernambuco. Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

Pesquisa confirma violações na internação de adolescentes infratores em Pernambuco

Lançada no fim de maio (31), a pesquisa “Educar ou Punir?” mostra de forma inédita o perfil e a situação dos adolescentes internados em unidades socioeducativas no estado de Pernambuco. O levantamento de dados ocorreu durante 12 meses, de outubro de 2013 a setembro de 2014, usando como referencial indicadores globais propostos pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) para avaliar e monitorar o sistema de justiça juvenil.

Arte: UNODC

ONU recebe propostas para iniciativas de prevenção à violência por meio do esporte no Rio e no DF

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) lançou chamada para receber propostas de organizações da sociedade civil que atuem no campo do empoderamento da juventude, em especial por meio do esporte.

Estão habilitadas a concorrer organizações baseadas no Distrito Federal ou na região metropolitana do Rio de Janeiro que tenham experiência na implementação de projetos esportivos para evitar que jovens se envolvam em crimes, em violência e no abuso de drogas.

O período de inscrições vai até 6 de agosto.

Segurança alimentar é um dos destaques da cooperação entre Brasil e países da África. Foto: Centro de Excelência contra a Fome

Agência brasileira lança publicações sobre estratégias para Cooperação Sul-Sul

Como parte das comemorações por seus 30 anos, a Agência Brasileira de Cooperação (ABC) lançou três publicações que discutem os caminhos da cooperação brasileira para o desenvolvimento e possíveis estratégias para monitorar e avaliar iniciativas de Cooperação Sul-Sul.

Uma das publicações cita o Centro de Excelência contra a Fome — fruto de parceria entre o governo brasileiro e o Programa Mundial de Alimentos (PMA) das Nações Unidas — como exemplo de parceria entre o Brasil e agências internacionais para a cooperação na área da segurança alimentar e nutricional.

Alimentação escolar. Foto: Agência Brasil

Seminário em Washington discute cooperação internacional em alimentação escolar

O Centro de Excelência contra a Fome, fruto de parceria entre o Programa Mundial de Alimentos (PMA) das Nações Unidas e o governo brasileiro, participou na semana passada (15) de seminário em Washington (EUA) para discutir evidências sobre os impactos de programas de alimentação escolar nos países. O evento foi organizado pela Global Child Nutrition Foundation e pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

Participaram da oficina de capacitação gestores e funcionários públicos, representantes de movimentos sociais e organismos não-governamentais, bem como estudantes. Foto: UNFPA/Divulgação

Agência de população da ONU participa de programa de capacitação em dinâmica demográfica

O Fundo de População da ONU (UNFPA) participou em junho do programa de capacitação “População, Cidades e Políticas Sociais”, realizado no âmbito do Programa de Seminários do Observatório das Migrações (NEPO/UNICAMP), em parceria com a Fundação Carlos Chagas, em São Paulo.

O evento teve como objetivos centrais a sensibilização e a capacitação de gestores públicos municipais, estaduais e federais acerca de temas relacionados com a dinâmica populacional e as políticas sociais, com ênfase nas políticas educacionais.

UNRWA promove eventos recreativos com o objetivo de diminuir o estresse de crianças na Faixa de Gaza. Foto: UNRWA

Secretário-geral rebate críticas feitas à agência da ONU para refugiados da Palestina

O secretário-geral da ONU, António Guterres, manifestou preocupação com críticas recentes feitas à Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA) e sobre a integridade de suas operações.

Segundo o porta-voz de Guterres, Farhan Haq, o secretário-geral expressou seu apoio à agência e sua admiração pelo papel que ela tem em fornecer serviços essenciais e proteção aos direitos de milhões de refugiados palestinos no Oriente Médio.

O programa Escola sem Partido viola frontalmente a Constituição e os tratados internacionais ratificados pelo Estado brasileiro, segundo especialistas do governo federal e da ONU. Foto: EBC

Projeto da UNESCO lança plataforma educativa para jovens que buscam entrar no mercado de trabalho

Para difundir conteúdos e informações sobre preparação para o mercado de trabalho, o Projeto Educação Livre (EduLivre) lançou nesta segunda-feira (12) sua plataforma digital. Público-alvo da inciativa são jovens de 16 a 29 anos. Com o portal, adolescentes e adultos de todo o Brasil terão acesso aos programas de aprendizado do EduLivre, que se concentram em habilidades pessoais e competências básicas em língua portuguesa e matemática.

Isabel Marquez conheceu curso de português oferecido pela Cáritas RJ e pela UERJ. Foto: ACNUR/Diogo Felix

Em visita à UERJ, representante da ONU elogia ações da instituição para refugiados

Em visita à Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), na terça-feira (6), a representante da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) no Brasil, Isabel Marquez, conheceu o curso de português que a instituição e a Cáritas RJ oferecem atualmente a mais de 150 refugiados vivendo na capital fluminense e na região metropolitana. Dirigente também participou de cerimônia que oficializou a implementação da Cátedra Sérgio Vieira de Mello na UERJ.

Os membros signatários da Rede serão incentivados a produzir e intercambiar conhecimentos sobre a implementação da Agenda 2030. Foto: EBC

PNUD e universidades brasileiras lançam rede para promover objetivos globais

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e instituições de ensino superior de diferentes estados assinaram memorando de entendimento para a criação da Rede ODS Universidades, iniciativa com objetivo de fortalecer atividades de ensino, pesquisa e extensão que promovam o desenvolvimento sustentável, em linha com a Agenda 2030.

No lançamento, seis instituições aderiram à rede: Centro Universitário Tabosa de Almeida (PE), Instituto Internacional para o Desenvolvimento da Cidadania (GO), Universidade Estadual de Goiás, Universidade Estadual do Piauí, Universidade Federal da Paraíba e Universidade Metodista de São Paulo.

Foto: Telmah Hamlet/Flickr (CC BY-NC-SA 2.0)

ONU divulga estratégia para reduzir gravidez na adolescência em países do Cone Sul

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e os Ministérios da Saúde, Educação e Desenvolvimento Social dos países do Cone Sul divulgaram uma estratégia regional para prevenção e redução da gravidez não intencional na adolescência.

Tanto o Brasil como outros países do Cone Sul apresentaram queda nas taxas de gravidez na adolescência nos últimos anos. No entanto, a média de idade das mães precoces vem caindo. Enquanto, em um ano, o nascimento de filhos de meninas com menos de 15 anos totalizou 180 no Uruguai, 674 no Paraguai e 900 no Chile, no Brasil e na Argentina foram 21 mil e 3 mil, respectivamente.

Cúpula Mundial sobre a Sociedade da Informação – 2017 (WSIS na sigla em inglês) acontecerá de 12 a 16 de junho em Genebra, na Suíça. Foto: ONU

ONU convida imprensa para Cúpula Mundial sobre Sociedade da Informação

Meios de comunicação estão convidados a se credenciar para participar da Cúpula Mundial sobre a Sociedade da Informação – 2017 (WSIS na sigla em inglês), que acontecerá de 12 a 16 de junho em Genebra, na Suíça.

O fórum é organizado por União Internacional de Telecomunicações (UIT), Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) e Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Países do Cone Sul tem taxa maior de gravidez na adolescência quando comparada à taxa global e de outros países em desenvolvimento. Foto: Solange Souza/UNFPA Brasil

Governos do Cone Sul lançam estratégia para reduzir gravidez adolescente não planejada

A cada três bebês nascidos de mães adolescentes na América Latina, dois são de países do Cone Sul. Esta realidade, comum em Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai, é resultado das grandes desigualdades que demandam uma resposta coordenada entre diversos setores.

Segundo relatório apoiado pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), a taxa de fecundidade adolescente nesses países é bastante elevada quando comparada à taxa mundial e de outros países em desenvolvimento.

Crianças que visitarem o AquaRio poderão aprender sobre preservação da vida marinha. Foto: UNIC Rio/Pedro Andrade

ONU começa campanha no AquaRio para alertar público sobre poluição dos oceanos

Na semana em que as Nações Unidas promovem a Conferência sobre os Oceanos, em Nova Iorque, o Centro de Informação da ONU para o Brasil (UNIC Rio) realiza no AquaRio uma campanha de conscientização sobre as ameaças à biodiversidade marinha. Iniciativa começou nesta segunda-feira (5) e vai mostrar para o público de cariocas e turistas o que pode ser feito por cada indivíduo para proteger os mares da poluição, sobretudo do plástico.

Segundo a Agência Brasileira de Cooperação (ABC), o Brasil pretende desenvolver estratégia global de Cooperação Sul-Sul em segurança alimentar e nutricional. Foto: PMA/Isadora Ferreira

Representantes de 25 países africanos reúnem-se em Nairóbi para discutir alimentação escolar

Durante três dias, 90 representantes de 25 países africanos reuniram-se em Nairóbi no fim de maio para buscar formas de fazer com que a alimentação escolar continue avançando na África.

Abdou Dieng, diretor do escritório regional do Programa Mundial de Alimentos (PMA) em Dacar, afirmou durante o evento: “o progresso recente que percebemos na área de alimentação escolar em países africanos está relacionado à Cooperação Sul-Sul e ao trabalho do Centro de Excelência no Brasil”.

PNUD ensina práticas de comunicação para jovens do cerrado mineiro

No norte de Minas Gerais, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) ajuda comunidades rurais não apenas a adotar métodos sustentáveis de produção, mas também a se articular em redes de comunicação. Recentemente, uma oficina do Projeto Bem Diverso — uma iniciativa da agência da ONU — levou capacitação para 25 jovens que, agora, poderão fazer sua voz ser ouvida na internet e em outros meios.

A Busca Ativa Escolar é uma plataforma gratuita para auxiliar os munícipios no enfrentamento da exclusão escolar. Foto: Agência de Notícias do Acre (CC)

UNICEF e parceiros lançam plataforma para ajudar municípios a combater exclusão escolar

No Brasil, mais de 2,8 milhões de crianças e adolescentes de 4 a 17 anos estão fora da escola, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2015. A exclusão escolar afeta principalmente meninos e meninas das camadas mais vulneráveis da população, já privados de outros direitos.

Pensando nisso, UNICEF, Instituto TIM, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME) e Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (CONGEMAS) lançaram a Busca Ativa Escolar (buscaativaescolar.org.br), uma plataforma gratuita para auxiliar municípios no enfrentamento da exclusão escolar.

Alimentação escolar foi definida como um super-recurso por estudo do Centro de Excelência contra a Fome. Foto: PMA

Mais de 20 países da África endossam recomendações da ONU para melhorar alimentação escolar

Representantes de 25 países africanos endossaram as recomendações do Centro de Excelência contra a Fome para melhorar iniciativas que fornecem refeições em centros de ensino. Reunidos em Nairóbi nesta semana para o III Seminário Regional sobre Alimentação Escolar, autoridades discutiram as descobertas preliminares de um estudo conduzido pelo organismo da ONU. Encontro começou no início da semana (29) e foi concluído na quarta-feira (31).

Foto: Flickr/percursodacultura (cc)

Prêmio de soluções sociais apoiado pela ONU tem inscrições prorrogadas para 19/6

As inscrições para o Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2017, que premiará experiências de sucesso para solucionar desafios sociais, foram prorrogadas para 19 de junho.

Realizado a cada dois anos, o prêmio tem a cooperação da UNESCO no Brasil e o apoio do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), do Banco Mundial, da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).