Tag: Saúde e bem-estar

O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU número 3 diz: “Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades”.

 

Mais sobre este ODS em https://nacoesunidas.org/pos2015/ods3 e notícias sobre o tema abaixo.

UNAIDS alerta para falta de preservativos na África Subsaariana

O uso de preservativos, quando realizado de forma consistente e correta, é um dos métodos mais eficazes e baratos para impedir a transmissão sexual do HIV. Mas em muitas partes do mundo, a camisinha não está disponível para todos. O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) alerta que, na África Subsaariana, estimava-se em 2015 que 6 bilhões de preservativos masculinos eram necessários, mas somente 2,7 bilhões foram distribuídos na região.

ONU Meio Ambiente alerta para altos níveis de poluição do ar em Cabul

No inverno, a capital do Afeganistão, Cabul, não é para os fracos — temperaturas abaixo de zero não são incomuns, nevascas são freqüentes e, às vezes, pesadas. Com uma temperatura média de -1°C, janeiro é o mês mais frio, com quedas ocasionais de temperatura para até -25°C. Localizada em uma altitude elevada de aproximadamente 1.800 metros acima do nível do mar, em um vale estreito entre as montanhas Hindu Kush, Cabul é uma das capitais mais altas do mundo. O Afeganistão suportou por muitos anos o impacto de um conflito armado prolongado e muito divulgado. Enquanto isso, longe da divulgação, ... Read more

UNAIDS pede que África do Sul acelere ações de resposta ao HIV

Durante visita à África do Sul, o diretor-executivo do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS), Michel Sidibé, alertou que a resposta global à AIDS está em um ponto de inflexão. Segundo ele, os ganhos obtidos até hoje podem ser facilmente revertidos a menos que esforços sejam feitos para alcançar as metas estabelecidas para 2020 e para a próxima década no tema. Sidibé também se reuniu com o ex-presidente da África do Sul Kgalema Motlanthe, e pediu que ele mantenha as pessoas atentas aos sérios riscos de a resposta à AIDS perder sua força, especialmente em relação à necessidade ... Read more

VÍDEO: crianças com deficiências estão sob ataque, alerta UNICEF

Conflitos dificultam a vida de crianças que vivem com deficiências e também cria outras crianças nessa mesma realidade. É por isso que o UNICEF atua para apoiar todas as crianças, incluindo aquelas que vivem com deficiências.

Milhares se manifestam no mundo em favor da segurança no trânsito

Na Quinta Semana Mundial das Nações Unidas pela Segurança no Trânsito (6 a 12 de maio de 2019), milhares de defensores da segurança viária no mundo estão destacando a necessidade de uma liderança mais efetiva nesse tema. Líderes fortes – tanto governamentais quanto não governamentais – são aqueles que se manifestam sobre a segurança no trânsito e atuam sobre as intervenções concretas que comprovadamente salvam vidas, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Apesar do progresso, as mortes no trânsito continuam aumentando, com 1,35 milhão de mortes anuais. As lesões causadas pelo trânsito são hoje as principais causas ... Read more

Brasil, México e Uruguai mostram como segurança no trânsito pode ser melhorada

Brasil, México e Uruguai: esses três países latino-americanos implementaram medidas para reduzir a velocidade nas vias, limitar a direção sob efeito de bebida alcoólica, tornar obrigatório o uso do capacete para motociclistas, garantir que os condutores e passageiros usem o cinto de segurança e transportem crianças em equipamentos de retenção (cadeirinhas infantis). Também sancionaram e fizeram cumprir leis para reduzir as lesões e mortes no trânsito. Esses são os exemplos destacados pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) na Quinta Semana Mundial das Nações Unidas pela Segurança no Trânsito, que acontece entre 6 e 12 de maio com o tema “lideranças ... Read more

ONU Meio Ambiente alerta para poluição causada pela queima de lixo plástico

A incineração de resíduos plásticos a céu aberto é uma das principais fontes de poluição do ar. Em torno de 12% da maior parte dos resíduos sólidos municipais é feita de plástico, de um tipo ou de outro, e 40% de todo o lixo do mundo é queimado. A ONU Meio Ambiente alerta para a necessidade de uma gestão sustentável do plástico, considerando todo o seu clico de vida. O organismo aponta ainda que medidas para proibir ou reduzir o consumo de plásticos descartáveis ajudam a combater também a poluição do ar.

Chernobyl 33 anos depois: áreas afetadas por desastre renascem

Mais de três décadas após a devastadora explosão da usina nuclear ucraniana de Chernobyl, em 1986, partes das regiões vizinhas de Belarus voltaram à vida. A maior delas, Homiel, se tornou um grande destino para investidores nacionais e internacionais. Sessenta por cento da produção de Homiel – carnes, laticínios e artesanatos – são exportados para regiões e países vizinhos. A região de Homiel atraiu 17,7 bilhões de dólares em investimentos internos e estrangeiros entre 2011 e 2017, representando pouco mais de 15% dos investimentos diretos totais do país durante o período.

OIM lança versão em inglês de relatório sobre migração indígena da Venezuela para o Brasil

O fluxo de venezuelanos para o Brasil ocorrido nesta década continua sendo um dos eventos migratórios mais importantes da América Latina e uma das histórias de mobilidade humana mais impactantes de todos os tempos na região. Cerca de 3,7 milhões de venezuelanos abandonaram seu país nos últimos quatro anos, incluindo centenas de indígenas. Essa população — suas características e necessidades específicas — é foco de uma publicação da Organização Internacional para as Migrações (OIM), cuja versão em inglês foi publicada esta semana.

FAO e governo brasileiro contribuem com programa de alimentação escolar de Belize

Belize está tomando medidas para promover a alimentação escolar sustentável no país. O estabelecimento de um Comitê Técnico Nacional de Alimentação Escolar Sustentável permitirá uma série de ações estratégicas, como a promoção de uma alimentação escolar saudável e culturalmente aceitável, com produtos da agricultura familiar, além da promoção da educação alimentar e nutricional.

Safras fracas resultam em escassez de alimentos para 10 milhões de norte-coreanos

Mais de 10 milhões de norte-coreanos estão sofrendo com uma “severa escassez de alimentos” após a pior colheita em uma década, de acordo com uma avaliação de segurança alimentar das Nações Unidas divulgada no início de abril (3). Safras fracas por conta de ondas de calor e enchentes durante a temporada significam que pessoas afetadas não terão comida suficiente até a próxima colheita. A avaliação para a Coreia do Norte é baseada em dados coletados pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e pelo Programa Mundial de Alimentos (PMA), que realizaram missões no país no ... Read more

UNICEF garante assistência médica e nutricional para crianças venezuelanas em Roraima

Com um ano e nove meses, Nelwin Torres vive correndo e brincando com os primos e tios pelo abrigo Janokoida, para venezuelanos indígenas, em Pacaraima (RR). Mas nem sempre foi assim. Quando ao chegou ao Brasil, em setembro último, o menino estava doente, desidratado, com perda de peso e indícios de desnutrição. Sem forças, parou de comer e de engatinhar. O relato é do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

Cerca de 300 mil crianças venezuelanas precisam de assistência humanitária na Colômbia

Sem mais apoio, a saúde, a educação e o bem-estar de ao menos 327 mil crianças venezuelanas que vivem como migrantes e refugiadas na Colômbia estarão em risco, alertou o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF). A situação econômica e política na Venezuela fez com que cerca de 3,7 milhões de venezuelanos deixassem suas casas e viajassem para o Brasil, Colômbia, Equador, Peru e outros países da região. Cerca de 1,2 milhão destes venezuelanos estão na Colômbia, muitos deles vivendo em comunidades vulneráveis e que já estão com recursos sobrecarregados, segundo o UNICEF.

Projeto da ONU promove saúde mental de jovens rohingya em Bangladesh

O alto-comissário da ONU para refugiados, Filippo Grandi, participou na semana passada (2) em Kutupalong, Bangladesh, de uma rodada de atividades com 18 crianças refugiadas rohingya com idade entre 12 e 17 anos, que fizeram perguntas, intercaladas com danças e exercícios. A maioria foi forçada a fugir com suas famílias das violências e atrocidades cometidas contra sua comunidade em Mianmar. Elas participam de um projeto inovador de saúde mental cujo objetivo é ajudá-las a falar sobre preocupações e tristezas. A ação, que teve início com apenas dois grupos, hoje reúne mais de 40.

Agenda traça estratégia para ampliar acesso de populações-chave a tratamento para HIV

O Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/AIDS e das Hepatites Virais (DIAHV) do Ministério da Saúde lançou a "Agenda estratégica para ampliação do acesso e cuidado integral das populações-chave em HIV, hepatites virais e outras infecções sexualmente transmissíveis". A agenda reúne um conjunto de estratégias para ampliar e qualificar as ações de saúde destinadas às populações consideradas chave e centrais para o enfrentamento das epidemias de HIV, hepatites virais e sífilis no Brasil — pessoas que usam álcool e outras drogas, travestis e pessoas trans, gays e outros homens que fazem sexo com homens, profissionais do ... Read more

ONU: despesas particulares com saúde dificultam acesso a serviços de HIV no mundo

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) alerta para o impacto das despesas com saúde para o bem-estar das pessoas que vivem com HIV. Mesmo em países onde são gratuitos os medicamentos para tratar o vírus da AIDS, o pagamento por outros serviços — como diagnóstico e consultas — pode afastar indivíduos das redes de atendimento, além de levá-los à pobreza.

ONU lança iniciativa pelos direitos dos jovens a um meio ambiente saudável

A ONU e instituições parceiras lançaram neste mês (2) a iniciativa global #MeuPlanetaMeusDireitos, uma campanha pelos direitos das crianças a um meio ambiente saudável. Estratégia convida jovens a compartilhar seus pontos de vista e preocupações sobre o meio ambiente por meio de uma pesquisa online.

Brasil adere a campanha da ONU para valorizar enfermeiros

Com o lema 'Onde há vida, há enfermagem', o Brasil aderiu à campanha global Nursing Now, que busca fortalecer a educação e o desenvolvimento dos profissionais da área de enfermagem. A iniciativa visa estimular a liderança no setor e melhorar as condições de trabalho dessa parte fundamental das equipes de saúde.

Evento em SP discute mudanças climáticas e gestão da água nas megacidades latino-americanas

Mais de 100 representantes de megacidades latino-americanas, assim como de universidades e empresas de água e saneamento, reúnem-se em São Paulo (SP) esta semana (7 e 8) para discutir desafios e soluções relacionados à gestão da água diante das mudanças climáticas. A Conferência América Latina: Megacidades, Água e Mudança Climática acontece na Prefeitura de São Paulo, no auditório do Edifício Matarazzo (Viaduto do Chá, 15 – Centro, São Paulo – SP). O evento é realizado pela sede da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), pelo Escritório Regional da UNESCO para Ciências na América ... Read more

Programa do governo federal apoia criança com hidrocefalia em município do RN

Lançado em 2016 pelo governo federal, o Programa Criança Feliz tem o objetivo de ampliar a rede de atenção à primeira infância no país, atendendo às especificações do Marco Legal da Primeira Infância (Lei 13.257/2016). Quatro organismos das Nações Unidas no Brasil apoiam o programa desde sua concepção: Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS) e Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Leia a história de Raquel, de 4 anos, que foi atendida pelo projeto no município de Parnamirim ... Read more

Em semana mundial, ONU chama pessoas a denunciar riscos no trânsito

Teve início nesta terça-feira (6) a Semana Mundial da ONU pela Segurança no Trânsito, lembrada pela Organização com uma campanha de denúncia sobre os riscos que pedestres e motoristas enfrentam ao se deslocarem. Por ano, acidentes no trânsito causam 1,35 milhão de mortes — mais da metade desses óbitos são de usuários vulneráveis das vias, como pedestres, ciclistas e motociclistas.

UNAIDS celebra evidências de que terapia antirretroviral interrompe transmissão do HIV

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) informou ter acolhido "calorosamente" os resultados do estudo PARTNER2, segundo os quais o HIV não é transmitido quando uma pessoa vivendo com o vírus está em terapia antirretroviral efetiva. O estudo envolveu cerca de 1 mil casais gays sorodiferentes — em que um parceiro vive com HIV e o outro não — e mostrou que não houve transmissão quando a pessoa que vive com o vírus estava em terapia antirretroviral efetiva e tinha a carga viral suprimida.

ONU renova pedido de trégua humanitária da Líbia

Desde que os confrontos começaram no início de abril em torno da capital da Líbia, Trípoli, mais de 42 mil pessoas foram deslocadas e milhares ainda podem estar presas dentro da cidade. Enquanto equipes humanitárias das Nações Unidas trabalham incansavelmente para fornecer assistência vital, a chefe de direitos humanos da ONU, Michelle Bachelet, destacou a necessidade urgente de um cessar-fogo imediato e de corredores humanitários para civis. “O agravamento de ataques em áreas residenciais, incluindo o uso de artilharia, foguetes e ataques aéreos, é profundamente preocupante. Milhares de crianças, mulheres e homens estão com suas vidas em risco”, afirmou Bachelet.

Fundo de População da ONU pede valorização das enfermeiras obstétricas no Brasil

No mês em que o mundo celebra o Dia Internacional da Parteira, lembrado em 5 de maio, o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) no Brasil pede a valorização e o reconhecimento das enfermeiras obstétricas — as parteiras profissionais do país. Agência da ONU ressalta o papel dessas trabalhadoras na promoção da dignidade e da segurança de gestantes e recém-nascidos.

Programa da ONU e Brasil trocam conhecimentos sobre segurança sanitária dos alimentos

O Centro de Excelência contra a Fome – uma parceria entre o Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA) e o governo do Brasil – recebeu Nafissatou Diop, engenheira de alimentos que trabalha na Unidade de Segurança Sanitária de Alimentos do Programa Mundial de Alimentos em Roma, para uma missão de intercâmbio no Brasil. Ela visitou instituições brasileiras para conhecer as práticas brasileiras de garantia da qualidade e da segurança sanitária dos alimentos, além de identificar sinergias entre o trabalho do Centro de Excelência e de sua unidade em Roma.

OPAS, Ministério da Saúde e parceiros promovem treinamento para reduzir mortes maternas por hemorragia

O Ministério da Saúde do Brasil e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), escritório regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) para as Américas, iniciaram na quinta-feira (2), no município de São Paulo, a terceira edição do treinamento de instrutores da estratégia Zero Morte Materna por Hemorragia no Brasil. O evento, que seguiu nesta sexta-feira (3) e capacitou nesta edição 36 profissionais de 22 estados brasileiros, contou com a parceria da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e da Universidade Federal do Ceará (UFC).

Exercício dos direitos reprodutivos de jovens é desafio da Agenda 2030, destaca UNFPA

Entre os desafios nacionais para alcançar as metas pactuadas na Agenda 2030 – um conjunto de 17 objetivos e 169 metas de desenvolvimento sustentável –, no que diz respeito ao exercício dos direitos sexuais e reprodutivos, está a elaboração de políticas voltadas para jovens e adolescentes. Conforme dados apresentados na terça-feira (30) pela oficial em saúde sexual e reprodutiva do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), Anna Cunha, o Brasil ainda apresenta, por exemplo, alto índice de gravidez na adolescência: uma média de 18,1% de nascimentos oriundos de mães adolescentes, apesar de uma baixa taxa de fecundidade geral. Ao ... Read more

Perita da ONU em hanseníase visita Brasil

A relatora especial para a Eliminação da Discriminação contra as Pessoas Afetadas pela Hanseníase e seus Familiares, Alice Cruz, visitará o Brasil entre os dias 7 e 14 de maio, quando conversará com autoridades e portadores da doença. Ela dará coletiva de imprensa no dia 14 de maio, em Brasília.

UNAIDS: Educação integral em sexualidade contribui para uma vida mais saudável entre jovens

A educação integral em sexualidade desempenha um papel central na preparação de adolescentes e jovens para uma vida segura, produtiva e satisfatória, e é um componente importante de um conjunto de prevenção do HIV para jovens, informou o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS). A educação em sexualidade proporciona oportunidades para aprender e adquirir conhecimentos abrangentes, precisos, baseados em evidências e apropriada à idade sobre sexualidade e questões de saúde sexual e reprodutiva.

OPAS publica orientações para melhorar saúde de migrantes nas Américas

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS) apresentou nesta semana (29) um documento com orientações sobre migração e saúde para os países das Américas, sugerindo cinco linhas de ação para melhorar a saúde dos migrantes e das populações que os recebem. As cinco áreas são: o fortalecimento da vigilância epidemiológica; a melhora do acesso aos serviços de saúde para as populações migrantes e para as que os recebem; a melhora da comunicação e o intercâmbio de informações para combater a xenofobia, o estigma e a discriminação; o fortalecimento do trabalho intersetorial e entre países para proteger a saúde dos migrantes; a ... Read more

Doenças resistentes a medicamentos poderão causar 10 milhões de mortes por ano no mundo

Uma pesquisa da ONU revelou na segunda-feira (29) que, até 2050, 10 milhões de pessoas no mundo poderão morrer a cada ano devido a doenças resistentes a medicamentos. Segundo o levantamento, infecções que não respondem a remédios já são responsáveis por pelos menos 700 mil óbitos anualmente. Dessas mortes, 230 mil são causadas por formas de tuberculose capazes de sobreviver a diferentes fármacos.

OIM inicia projeto para melhorar reintegração de migrantes brasileiros que voltam do exterior

De 2016 a 2018, os migrantes brasileiros representaram 94% do total de expatriados em Portugal que decidiram voltar para os seus países de origem. No mesmo período, mais de 2 mil brasileiros retornaram a sua nação apoiados pela Organização Internacional para as Migrações (OIM). A agência da ONU iniciou em 2019 um novo projeto que contribuirá para um processo de reintegração mais informado e sustentável desses brasileiros. Programa será implementado em Goiás, Minas Gerais e São Paulo, os principais estados de retorno no Brasil.

Milhares se abrigam em clínicas em Trípoli; confrontos recentes já deixaram mais de 260 mortos

Três semanas após o começo de conflitos perto da capital líbia, Trípoli, a agência de saúde das Nações Unidas alertou que um grande número de pessoas está se abrigando em clínicas médicas, enquanto civis continuam sendo mortos e feridos. Segundo dados mais recentes, 264 pessoas foram mortas e 1.266 ficaram feridas. Porta-voz da Agência Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) pediu acesso humanitário para milhares de refugiados e migrantes que podem estar presos em centros de detenção administrados pelo Estado ao sul da capital. Para responder às crescentes necessidades de cerca de 32 mil pessoas deslocadas pela violência, a OMS ... Read more

ONU lança iniciativa para fortalecer esforços municipais contra a malária nas Américas

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) lançou neste mês uma iniciativa para fortalecer os esforços municipais contra a malária nas Américas. Projeto ressalta papel de políticas públicas locais para enfrentar a doença. Em 2017, 50% de todos os casos notificados da infecção na região ocorreram em apenas 25 municípios.

OMS divulga recomendações sobre uso de aparelhos eletrônicos por crianças de até 5 anos

Crianças de até cinco anos de idade não devem passar mais de 60 minutos por dia em atividades passivas diante de uma tela de smartphone, computador ou TV. A recomendação foi divulgada nesta semana (24) pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que alertou ainda que bebês com menos de 12 meses de vida não devem passar nem um minuto na frente de dispositivos eletrônicos. Orientações fazem parte de conscientização da agência da ONU sobre sedentarismo e obesidade.

Sobreviventes do ciclone Idai lembram desespero para salvar remédios em meio às enchentes

No Malauí, Sophia Naphazi teve sua casa destruída pelas inundações do ciclone Idai. Apesar dos danos a sua residência, a sobrevivente conseguiu salvar os seus medicamentos antirretrovirais, essenciais para o tratamento do HIV. Ela e outros malauienses e moçambicanos se reuniram com o chefe do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS), Michel Sidibé, no assentamento de Bangula, no distrito de Nsanje, no sul do Malauí.

Apresentadora brasileira Maísa apoia UNICEF em campanha sobre a eficácia das vacinas

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) lançou na quarta-feira (24) uma campanha global para conscientizar pais, mães e usuários das redes sociais sobre a segurança e a proteção das vacinas. A iniciativa #VacinasFuncionam tem o apoio, no Brasil, da atriz e apresentadora de TV Maísa Silva, que vai usar as suas páginas para compartilhar materiais da campanha.

UNICEF: lacunas de vacinação deixaram 169 milhões de crianças no mundo sem proteção contra sarampo

De 2010 a 2017, 169 milhões de crianças no mundo não receberam a primeira dose da vacina contra o sarampo, afirmou nesta quinta-feira (25) o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF). No Brasil, segundo dados do Programa Nacional de Imunizações, foram pouco mais de 940 mil crianças que não receberam a primeira dose da tríplice viral em 2010-2017, para a prevenção do sarampo, caxumba e rubéola.

UNICEF capacita 1,9 mil municípios brasileiros para combater violência contra crianças e adolescentes

No Brasil, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) deu início nesta semana a um ciclo de formações sobre prevenção da violência contra crianças e adolescentes. Iniciativa terá a participação de gestores de 1.924 municípios da Amazônia e do Semiárido brasileiros. Em 2016, 11.351 meninos e meninas de dez a 19 anos foram vítimas de homicídio no país, totalizando 34 mortes por 100 mil habitantes, segundo o Datasus.

Agência da ONU pede fortalecimento da atenção primária de saúde no Brasil

Em visita ao Brasil, a diretora da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Carissa Etienne, chamou gestores estaduais na quarta-feira (24) a fortalecer a atenção primária de saúde. Esse nível de atendimento é considerado pela agência da ONU como a base para promover a cobertura universal de saúde. A chefe do organismo regional pediu ainda que funcionários públicos promovam serviços acolhedores para os pacientes.

Oeste do Paraná recebe projeto de prevenção da gravidez na adolescência

Em maio, municípios do oeste do Paraná receberão a visita de um projeto de prevenção e redução da gravidez na adolescência. Iniciativa é uma das ações previstas pela parceria entre a ITAIPU Binacional e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), que firmaram cooperação em 2018 para promover a saúde sexual e reprodutiva na porção ocidental do território paranaense.