Parcerias e meios de implementação

O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU número 17 diz: “Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável”. As metas específicas incluem as áreas de finanças, tecnologia, capacitação, comércio, bem como questões sistêmicas e cooperação em ciência, tecnologia e inovação.

O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU número 17 diz: “Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável”. As metas específicas incluem as áreas de finanças, tecnologia, capacitação, comércio, bem como questões sistêmicas e cooperação em ciência, tecnologia e inovação.

 

Mais sobre este ODS em https://nacoesunidas.org/pos2015/ods17 e notícias sobre o tema abaixo.

O documento apresenta sugestões de ações e iniciativas sobre como organizações políticas e cidadãos podem incorporar os ODS nos programas de governo. Foto: Guilherme Larsen/PNUD.

Publicação da ONU Brasil visa fortalecer programas de governo com base na Agenda 2030

Colaborar com a construção e implementação de planos de governo comprometidos com a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável no país é a proposta de nova publicação lançada pelo Sistema ONU no Brasil.

O documento, uma adaptação à realidade brasileira da versão originalmente produzida pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) da Costa Rica, apresenta sugestões de ações e iniciativas sobre como organizações políticas e cidadãos podem incorporar os ODS nos programas de governo.

A publicação foi elaborada em parceria com a Rede ODS Brasil e a Prefeitura de Barcarena, com apoio institucional do Instituto Ethos, Rede ODS Universidades, Rede Brasil do Pacto Global e Programa Cidades Sustentáveis.

O diretor do Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio), Maurizio Giuliano, participou no fim de setembro (19) de um evento em Fortaleza (CE) com o objetivo de simular reuniões da ONU com estudantes de Relações Internacionais e profissionais interessados no tema. Foto: SONU

Diretor do UNIC Rio dá palestra para estudantes em Fortaleza sobre atuação do Brasil na ONU

O diretor do Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio), Maurizio Giuliano, participou no fim de setembro (19) de um evento em Fortaleza (CE) com o objetivo de simular reuniões da ONU com estudantes de Relações Internacionais e profissionais interessados no tema.

Giuliano realizou a palestra de abertura da 14ª Simulação da Organização das Nações Unidas (SONU). O evento reuniu mais de 100 estudantes no Teatro Celina Queiroz, na Universidade de Fortaleza (UNIFOR), para discutir as relações entre o Brasil e a organização internacional.

Foto: UNV.

Fruto de parceria entre PNUD e Casa Civil, programa Viva Voluntário estreia em cinco cidades

O Programa Nacional de Voluntariado — Viva Voluntário estreia localmente em três cidades brasileiras durante outubro: Porto Alegre (RS), São Paulo (SP) e Brasília (DF). Já Salvador (BA) e Boa Vista (RR) celebram em novembro o início das atividades locais.

O Viva Voluntário, que reúne políticas para o fomento à participação comunitária por meio do voluntariado, tem como principal ferramenta sua plataforma virtual (www.vivavoluntario.org), no ar desde 28 de agosto.

O projeto é uma parceria entre a Casa Civil da Presidência da República e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Representantes de instituições internacionais e profissionais de diferentes cidades globais realizam visita ao Centro de Referência e Atendimento para Imigrantes (CRAI), em São Paulo. Foto: ACNUR/ Miguel Pachioni

Agência da ONU para Refugiados realiza reunião em SP para certificação de Cidades Solidárias

Instituições internacionais e representantes de prefeituras de oito países de diferentes continentes se reuniram nesta semana, em São Paulo, para debater a estratégia de Cidades Solidárias da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR).

O objetivo foi reconhecer os esforços e as dificuldades que diferentes cidades globais têm vivenciado, e discutir critérios para fortalecer os mecanismos de proteção e integração de pessoas refugiadas, deslocadas internas e apátridas, propiciando assim as diretrizes para o reconhecimento de Cidades Solidárias.

Participantes ouvem palestrantes durante evento para o Dia Internacional da Juventude na sede da ONU em Nova Iorque. Foto: ONU/Kim Haughton

UNODC promove treinamento sobre simulações das Nações Unidas

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) abre nesta quarta-feira (26) as inscrições para as sessões de treinamento sobre Modelos das Nações Unidas (conhecidos como MUNs). Estudantes e professores dos níveis secundário e universitário podem participar de uma das cinco sessões oferecidas. Haverá 25 vagas por sessão.

Nos níveis de educação secundária e superior, os MUNs destacam-se como iniciativas de sucesso para promover a educação sobre a ONU e seus mandatos. Isso é feito por meio do envolvimento ativo e da liderança dos alunos, bem como dos educadores que os supervisionam.

O diretor do Centro de Informação das Nações Unidas (UNIC Rio), Maurizio Giuliano, participou na segunda-feira (24) de evento na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Foto: UERJ/Nadia Mathias

Diretor do UNIC Rio participa de evento na UERJ sobre direitos humanos

O diretor do Centro de Informação das Nações Unidas (UNIC Rio), Maurizio Giuliano, participou na segunda-feira (24) de evento na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) sobre o aniversário de 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e o centenário de nascimento de Nelson Mandela.

O evento denominado “UERJ sem muros” está em sua 28ª edição, e tem objetivo divulgar ações de pesquisa, ensino e extensão. Em 2018, a pauta dos direitos humanos está sendo divulgada à comunidade interna e externa à universidade.

Linha de montagem do Grupo Chrysler, reequipada com mais 1,1 mil robôs na cidade de Sterling Heights, no estado norte-americano do Michigan. Foto: Flickr (CC)/Fiat Chrysler Automobiles (FCA)

Brasil ‘vai ser atropelado’ por revolução digital e automação, avalia especialista

Sem investimentos em educação e infraestrutura, o Brasil “vai ser atropelado” pela revolução digital, avalia o especialista em robótica Edson Prestes. O brasileiro integra o Painel de Alto Nível da ONU sobre Cooperação Digital, que se reúne pela primeira vez nesta segunda-feira (24), em Nova Iorque.

Em entrevista ao Centro de Informação da ONU para o Brasil (UNIC Rio), o pesquisador defende que países em desenvolvimento precisam ter mão de obra qualificada para lidar com a crescente automação do setor produtivo.

Foto: Pixabay

ONU é parceira do Festival do Minuto, que premiará vídeos sobre Direitos Humanos

O Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH) é parceiro da 14ª edição do Mobile Film Festival, ao lado da União Europeia e do canal Youtube Creators for Change. Neste ano, o tema do concorrido concurso é a Declaração Universal dos Direitos Humanos, que completa 70 anos em dezembro.

As premiações somam 66 mil euros, incluindo Grande Prêmio Internacional (20 mil euros) e prêmios de roteiro e direção (3 mil euros, cada). Os filmes devem ter 1 minuto e utilizar tecnologia móvel (celular ou tablet).

Família busca água no condado de Garissa, no Quênia. Foto: UNICEF/Serem

ONU usa dados de satélites para enfrentar secas e enchentes na África e Ásia

Em março de 2018, o Quênia foi palco da pior enchente do país desde 1997. A inundação deixou mais de 300 mil pessoas desabrigadas. Mas um mês antes, a preocupação da nação africana era com a pior seca desde 2010.

Para ajudar esse e outros países a lidar com estiagens e enchentes, a ONU Meio Ambiente implementa uma plataforma de monitoramento em tempo real de bacias hidrográficas. Iniciativa usa dados de satélites para orientar estratégias de prevenção.

Foto: PNUD/Guilherme Larsen

Projeto promove desenvolvimento sustentável em comunidades de baixa renda do DF

Promover a disseminação do desenvolvimento sustentável por meio de ações com comunidades de baixa renda do Distrito Federal é a proposta do “Na Praia Social”, iniciativa que reúne crianças, adolescentes, adultos e pessoas portadoras de deficiência em um parque temático montado anualmente na orla do Lago Paranoá, em Brasília (DF).

Com a ação, o evento fortalece a promoção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e garante a inclusão social de diferentes grupos locais às atividades. O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) apoia a iniciativa.

Em parceria com o PNUD, o governo brasileiro celebrou o lançamento da Plataforma Digital do Voluntariado, durante evento em Brasília (DF). Foto: Governo Federal

Governo federal e PNUD lançam plataforma e premiam líderes voluntários

No Dia Nacional do Voluntariado, lembrado na última terça-feira (28), o governo federal e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) realizaram no Palácio do Planalto, em Brasília (DF), a premiação Viva Voluntário e o lançamento da plataforma de mesmo nome.

O evento foi parte da programação do Programa Nacional de Voluntariado, que combina ações institucionais e ferramentas para incentivar o engajamento dos brasileiros em atividades de impacto social em suas comunidades.

No Dia Nacional do Voluntariado, PNUD e governo federal lançam plataforma e entregam prêmio

Duas lideranças e seis entidades serão homenageadas nesta terça-feira (28) na entrega do Prêmio Viva Voluntário, às 11h, no Palácio do Planalto. É a primeira edição do Prêmio Viva Voluntário, que será concedido anualmente a pessoas e organizações que se destacaram em ações de voluntariado no Brasil.

O prêmio faz parte do Programa Nacional de Voluntariado – Viva Voluntário, criado para incentivar engajamento social e a participação em ações transformadoras para a sociedade. O projeto é uma iniciativa do governo federal em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), responsável pela secretaria-executiva do Viva Voluntário.

Os MONU visam desenvolver as capacidades de jovens interessados em trabalhar no âmbito internacional, seja na carreira diplomática ou em tribunais internacionais. Foto: XV MIRIN

Centro de Informação da ONU participa de evento de simulação com estudantes no Rio

O diretor do Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio), Maurizio Giuliano, participou na sexta-feira (29) na Pontifícia Universidade Católica (PUC) no Rio de Janeiro de edição de Modelo da Organização das Nações Unidas, ou MONU, simulação realizada por estudantes secundaristas universitários para simular o funcionamento da ONU e, assim, desenvolverem suas habilidades.

O XV Modelo Intercolegial de Relações Internacionais (MIRIN) realizado na PUC-Rio teve comitês sobre temas do âmbito da Organização Mundial da Saúde (OMS), como a garantia da saúde mental nos ambientes de trabalho e ensino; do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), como a guerra às drogas; entre outros.

A campanha Criança Esperança foi lançada oficialmente no sábado (28). Foto: UNESCO/Criança Esperança

Edição deste ano do Criança Esperança já recebe doações por telefone

O Criança Esperança chega a sua 33ª edição com uma rede de 30 mobilizadores, entre artistas, esportistas e jornalistas, que se unem para engajar a sociedade em torno da garantia dos direitos da infância e da juventude. Desde a criação da campanha, em 1986, já foram mais de 4 milhões de crianças e adolescentes beneficiadas pelos projetos apoiados.

As doações podem ser feitas pelos telefones 0500 2018 007 (7 reais); 0500 2018 020 (20 reais) e 0500 2018 040 (40 reais). Ou, ainda, pelo site do Criança Esperança durante todo o ano. As doações pelo site podem ser feitas a partir de 1 real.

O Criança Esperança é uma campanha fruto de parceria entre Rede Globo e UNESCO.

A Colômbia será um dos primeiros países onde as três agências das Nações Unidas com sede em Roma coordenarão seus planos de ação. Foto: FIDA

Agências da ONU com sede em Roma ampliam colaboração na América Latina e no Caribe

Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e Programa Mundial de Alimentos (PMA) — as três agências das Nações Unidas com sede em Roma — estão preparando planos de trabalho conjunto para Haiti, Guatemala e Colômbia que incluem a erradicação da pobreza e da fome, a promoção do desenvolvimento rural e agrícola e a prevenção e gestão de desastres naturais.

Amina J. Mohammed, durante seu discurso de abertura do fórum. Foto: Pacto Global

Fórum em Nova Iorque pede negócios sustentáveis e aceleração do desenvolvimento

O terceiro SDG Business Forum reuniu líderes de empresas, governos, sociedade civil e das Nações Unidas este mês na sede da ONU em Nova Iorque para estabelecer estratégias para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) até 2030.

O evento fez parte da agenda do Fórum Político de Alto Nível das Nações Unidas — o encontro anual para revisar o progresso e orientar os esforços globais para a Agenda 2030.

Maurizio Giuliano, diretor do UNIC Rio, participa de simulação em Pernambuco sobre o funcionamento da ONU com estudantes e graduandos. Foto: PEMUN

Simulação de reuniões da ONU é realizada pela primeira vez no estado de Pernambuco

Foi realizado no fim de junho (27), na Escola de Inovação e Políticas Públicas da Fundação Joaquim Nabuco, em Recife (PE), a primeira edição no estado do Modelo da Organização das Nações Unidas, ou MONU, simulação realizada por estudantes do ensino secundário ou universitários para simular o funcionamento da ONU e, assim, desenvolverem suas habilidades de falar em público.

“É excelente ver que estudantes tão variados em termos de gênero, idade e etnias, estão entusiasmados com o trabalho da ONU”, disse o diretor do Centro de Informação das Nações Unidas para o Brasil (UNIC Rio), Maurizio Giuliano.

Seminário aborda papel da cooperação internacional na promoção do desenvolvimento sustentável. Foto: IPC-IG/Júlia Matravolgyi

Especialista diz que busca por desenvolvimento sustentável não deve ser competição entre países

O Centro Internacional de Pesquisas para o Crescimento Inclusivo (IPC-IG) deu início na semana passada (29), em Brasília, a um ciclo de três seminários sobre cooperação internacional. Em evento de abertura, o representante do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), José Eduardo Malta Sá Brandão, defendeu as parcerias entre as nações para promover o desenvolvimento sustentável.

O diretor-presidente do Museu do Amanhã, Ricardo Piquet, e o coordenador-residente do Sistema Nações Unidas no Brasil e representante-residente do PNUD, Niky Fabiancic, assinam o Memorando de Entendimento entre as duas organizações. Foto: UNIC Rio/Gustavo Barreto

Centro RIO+ assina acordo com Museu do Amanhã para promover objetivos globais

O Centro Mundial para o Desenvolvimento Sustentável (Centro RIO+) das Nações Unidas assinou na terça-feira (26), no Rio de Janeiro, um memorando de entendimento com o Museu do Amanhã com o objetivo de promover iniciativas e eventos que tenham como tema a Agenda 2030 e os objetivos globais.

O memorando prevê a coordenação e a otimização do uso de redes institucionais e de recursos humanos e financeiros para incentivar a conscientização sobre a Agenda 2030, bem como promover sua divulgação em larga escala.

Durante evento em Brasília, o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge de Lima, oficializou a adesão da pasta à Rede Brasil do Pacto Global. Foto: Rede Brasil do Pacto Global

Ministério da Indústria oficializa adesão à Rede Brasil do Pacto Global

O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) é o primeiro órgão federal brasileiro a se comprometer com o Pacto Global para o alcance dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

Em evento na quarta-feira (20) em Brasília, o ministro Marcos Jorge de Lima oficializou a adesão da pasta à Rede Brasil do Pacto Global.

O ministério e a secretaria-executiva da iniciativa da ONU já contam com um plano de trabalho para prover mais serviços ao setor privado, a exemplo de oficinas de capacitação para pequenas e médias empresas sobre a implantação dos ODS.

Venezuelanos caminham pela estrada de Pacaraima até Boa Vista, capital de Roraima. Aqueles que não podem pagar o transporte público fazem a viagem de mais de 200 quilômetros a pé. Foto: ACNUR/Reynesson Damasceno

ACNUR: acordos de cooperação vão acelerar integração de venezuelanos em Roraima

No Dia Mundial do Refugiado, lembrado na quarta-feira (20), acordos de cooperação assinados entre a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) e o Tribunal de Justiça de Roraima vão contribuir para a integração de venezuelanos e para a garantia dos direitos civis das pessoas mais vulneráveis entre essa população.

Por meio do convênio de cooperação técnica e pedagógica assinado com o SENAC, cursos de português e de qualificação profissional serão oferecidos para refugiados, solicitantes de refúgio e imigrantes em Roraima, principal porta de entrada de venezuelanos no Brasil. Já o acordo de cooperação com o Tribunal de Justiça prevê o atendimento judicial itinerante aos venezuelanos em Roraima para evitar a violação de seus direitos fundamentais.

Países do Cone Sul tem taxa maior de gravidez na adolescência quando comparada à taxa global e de outros países em desenvolvimento. Foto: Solange Souza/UNFPA Brasil

Projeto de Fundo de População da ONU e Itaipu visa prevenir gravidez adolescente no PR

A Itaipu Binacional e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) apresentaram na sexta-feira (15) aos prefeitos do oeste do Paraná o projeto “Prevenção e redução da gravidez não intencional na adolescência”, desenvolvido pela empresa e pela agência das Nações Unidas. Segundo Jaime Nadal, representante do UNFPA no Brasil, a iniciativa é uma oportunidade para os municípios paranaenses se tornarem referência no assunto.

“As ações que pretendemos pôr em prática poderão trazer um impacto importante ao desenvolvimento da região oeste do Paraná. No futuro, essa experiência de sucesso poderá ser replicada em outros locais, inclusive outros países”, disse Nadal.

Em Boa Vista, migrantes e refugiados venezuelanos que viviam acampados na praça Simón Bolívar foram transferidos para dois abrigos temporários. Foto: ACNUR/Reynesson Damasceno

Oficinas capacitam atores envolvidos no acolhimento de refugiados e migrantes no Brasil

A Rede de Capacitação a Refugiados e Migrantes lança em Brasília na segunda-feira (18) um projeto de capacitação de atores envolvidos no acolhimento, integração e interiorização de refugiados e migrantes no Brasil. O evento ocorrerá às 18h e também celebrará o Dia Mundial do Refugiado, comemorado em 20 de junho.

O projeto “Atuação em rede” oferecerá oficinas gratuitas nos próximos 18 meses, tendo início nas cidades que atualmente participam do processo de interiorização de migrantes e refugiados venezuelanos. A iniciativa tem a participação da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR).

O Centro de Excelência contra a Fome apoia países africanos a reproduzir iniciativas brasileiras de alimentação escolar. Na imagem, criança se alimenta em centro do Programa Mundial de Alimentos na Região das Nações, Nacionalidades e Povos do Sul (SNNPRS), na Etiópia. Foto: PMA/Silvanus Okumu

Centro de Excelência do PMA e Patati Patatá se unem para vencer a fome

O Centro de Excelência contra a Fome, do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA), e a Rinaldi Produções, responsável pela dupla de palhaços Patati Patatá, uniram esforços para promover campanhas e arrecadar recursos para ações de combate à fome no Brasil e no mundo. Assinatura do termo de parceria ocorrerá no escritório do PMA em Brasília, na próxima sexta-feira (1º), e contará com um pocket show da dupla de palhaços para cerca de 30 crianças.

Secretário-geral da ONU, António Guterres (esquerda), e o presidente do Grupo Banco Mundial, Jim Yong Kim, em Washington. Foto: Banco Mundial/Grant Ellis

Em Washington, chefe da ONU assina acordo com Banco Mundial e se reúne com Trump

As Nações Unidas e o Banco Mundial assinaram na sexta-feira (18) um acordo para trabalharem juntos no apoio aos países na implementação da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e para atingir resultados mensuráveis na transformação de suas economias e sociedades.

Paralelamente, o chefe da ONU se reuniu com o presidente norte-americano, Donald Trump, na Casa Branca, onde discutiram a situação do Oriente Médio e da Península Coreana.

Parada do Orgulho LGBT em São Paulo, 2015. Foto: Leo Pinheiro / Fotos Públicas

População LGBT tem acesso reduzido a direitos sociais, econômicos e culturais, dizem relatores

Em pronunciamento para o Dia Internacional contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia, observado nesta quinta-feira (17), relatores da ONU e especialistas internacionais de direitos humanos lembraram que governos têm a obrigação de combater a violência contra a população LGBT. Em 72 países, ainda existem leis que criminalizam relações homossexuais e expressões de gênero. Apenas um terço das nações contam com legislação para proteger indivíduos da discriminação por orientação sexual.

Grupo Assessor da Sociedade Civil Brasil da ONU Mulheres e parte da equipe da entidade. Foto: ONU Mulheres/Mara Silva

ONU Mulheres abre inscrições para grupo assessor da sociedade civil

A ONU Mulheres recebe até 17 de junho candidaturas de representantes de organizações e redes brasileiras para o Grupo Assessor da Sociedade Civil (Brasil).

O grupo é formado por 15 pessoas, sendo oito integrantes das organizações e redes feministas e de mulheres; quatro integrantes das organizações e redes de base da sociedade civil e três especialistas nas áreas temáticas de ONU Mulheres Brasil, que podem ser acadêmicas(os) ou especialistas endossadas(os) por institutos de pesquisa ou organizações e redes de mulheres e feministas. Saiba como se inscrever.

Biblioteca da ONU leva o nome do ex-secretário-geral das Nações Unidas, Dag Hammarskjöld. Foto: ONU

Portugal faz doação de livros para biblioteca da ONU em dia da língua portuguesa

O governo de Portugal doou no último final de semana cerca de 200 livros para a Biblioteca da ONU, localizada na sede do organismo internacional, em Nova Iorque.

Capitaneada pelo Instituto Camões da Cooperação e da Língua, inciativa foi uma das atividades do país europeu para comemorar o Dia da Língua Portuguesa, celebrado em 5 de maio. Idioma é falado por mais de 260 milhões de pessoas nos cinco continentes e em nove países.

Encontro de fundações e empresas discutiu engajamento filantrópico no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas. Foto: PNUD

PNUD mobiliza empresas e instituições filantrópicas do Brasil para cumprir metas globais de desenvolvimento

Em São Paulo, a Plataforma de Filantropia do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) reuniu representantes de empresas e fundações para debater o papel do setor privado no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, os ODS. Realizado na semana passada na sede da ONG Comunitas, encontro discutiu futuras parcerias nas áreas de educação, combate às disparidades sociais e justiça e instituições eficazes.

Mesa de abertura do evento de lançamento da Agenda Regional de Trabalho Decente de Carajás. Foto: OIT

Agenda regional une 57 instituições pela promoção do trabalho decente em Carajás

Foi lançada em Marabá (PA) na última semana (24), a Agenda Regional de Trabalho Decente de Carajás, região que engloba 39 municípios do sul e sudeste do Pará.

Para o diretor do escritório da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil, Martin Hahn, a iniciativa ajudará a orientar o desenvolvimento e a coordenação de políticas e atividades para promover o trabalho decente em Carajás.

“A implementação desta agenda é importantíssima para construir o trabalho decente na região”, declarou.