Parcerias e meios de implementação

O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU número 17 diz: “Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável”. As metas específicas incluem as áreas de finanças, tecnologia, capacitação, comércio, bem como questões sistêmicas e cooperação em ciência, tecnologia e inovação.

O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU número 17 diz: “Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável”. As metas específicas incluem as áreas de finanças, tecnologia, capacitação, comércio, bem como questões sistêmicas e cooperação em ciência, tecnologia e inovação.

 

Mais sobre este ODS em https://nacoesunidas.org/pos2015/ods17 e notícias sobre o tema abaixo.

Em Ruanda, uma invenção vem melhorando substancialmente a vida das pessoas. O Flexi-biogas, um sistema desenvolvido na África, transforma esterco de vaca em gás de cozinha. O projeto, que será testado por 100 produtores locais, é uma das iniciativas do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola da ONU (FIDA) e do governo de Ruanda para promover a utilização de fontes de energia limpas e renováveis. Confira nessa reportagem especial

Em Ruanda, projeto inovador transforma esterco de vaca em gás de cozinha

Em Ruanda, uma invenção vem melhorando substancialmente a vida das pessoas. O Flexi-biogas, um sistema desenvolvido na África, transforma esterco de vaca em gás de cozinha. O projeto, que será testado por 100 produtores locais, é uma das iniciativas do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola da ONU (FIDA) e do governo de Ruanda para promover a utilização de fontes de energia limpas e renováveis. Confira nessa reportagem especial em vídeo.

Cate Blanchett em visita à sede do ACNUR, em Genebra. Foto: ACNUR/Susan Hopper

Atriz Cate Blanchett critica falta de empenho global para resolver crises de refugiados

Em visita à sede da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), em Genebra, a atriz australiana Cate Blanchett defendeu os serviços prestados pela organização aos 65,6 milhões de pessoas deslocadas por guerras e violações de direitos humanos. Para intérprete, instituição funciona como um “compasso moral” da nossa época, marcada por migrações forçadas recordes, mas também pela falta de empenho global em solucionar crises.

Especialização lato sensu da ENAP aborda desafios da gestão pública local e trabalha implementação municipal dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS). Foto: Flickr (CC)/Ronaldo Lima Jr.

Com apoio do PNUD, especialização em gestão pública local recebe inscrições até 6 de fevereiro

Funcionários públicos municipais terão a oportunidade de se especializar para melhorar a gestão local e ampliar as ações de desenvolvimento sustentável em seus locais de atuação. A Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) promove, com o apoio do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), um curso lato sensu, com bolsa e alojamento financiados. As inscrições podem ser feitas até 6 de fevereiro.

Sede das Nações Unidas em Nova Iorque. Foto: ONU/Rick Bajornas

ONU digitaliza publicação com documentos oficiais; disponível em seis línguas

Como parte de seus contínuos esforços para promover o multilinguismo e atender melhor os participantes de reuniões intergovernamentais, o Departamento para Assembleia Geral e Gestão de Conferências das Nações Unidas (DGACM, na sigla em inglês) digitalizou e simplificou sua principal publicação, o Jornal das Nações Unidas.

O jornal estará agora disponível em seis línguas oficiais da ONU, durante todo o ano, por meio do site https://journal.un.org. A página também é compatível com dispositivos móveis, incluindo tablets e smartphones.

Poluição ambiental mata 12,6 milhões de pessoas por ano. Foto: PEXELS

Agências da ONU se unem para combater riscos ambientais de saúde

A ONU Meio Ambiente e a Organização Mundial da Saúde (OMS) firmaram nesta semana (10) uma nova parceria para enfrentar os problemas de saúde causados pela poluição ambiental. Cooperação visa ampliar a realização de pesquisas, além de aprimorar métodos de monitoramento da qualidade do ar e da água. Agências trabalharão ainda por melhorias na gestão de resíduos e produtos químicos. Acordo prevê que os dois organismos compartilhem a coordenação da campanha da ONU BreatheLife.

Sede das Nações Unidas em Nova Iorque. Foto: ONU/Rick Bajornas

Assembleia Geral corta em 5% orçamento da ONU para biênio 2018-2019

A Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou no domingo (24) um orçamento de quase 5,4 bilhões de dólares para as atividades da Organização durante o biênio 2018-2019. Em comparação ao orçamento do biênio anterior (2016-2017), o montante é 5% menor — o equivalente a 286 milhões de dólares a menos. Valor também está abaixo do solicitado pelo secretário-geral da ONU, António Guterres, em outubro, quando o dirigente apresentou uma proposta que previa 193 milhões de dólares a mais em relação à verba acordada nesta semana.

Adesivos nos trens divulgam informações sobre Protocolo de Montreal em Porto Alegre (RS). Foto: Trensurb/Artur Colombo

Assessor da ONU visita Trensurb para conferir trem adesivado em alusão ao Protocolo de Montreal

Na manhã desta terça-feira (19), Everaldo Fiorentino Meirelles, assessor de projeto da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO), visitou a Trensurb em Porto Alegre (RS) e vistoriou o trem disponibilizado pela empresa para adesivagem alusiva ao Protocolo de Montreal.

A iniciativa é parte da campanha comemorativa dos 30 anos do Protocolo de Montreal sobre substâncias que destroem a Camada de Ozônio, iniciada em novembro, coordenada pelo Ministério do Meio Ambiente.

Com o Mais Médicos, foi possível preencher 18.240 vagas em 4.058 municípios brasileiros e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas. Dessas, 11.429 foram ocupadas pelos profissionais cubanos. Foto: OPAS

Agência da ONU lança aplicativo para divulgar dados sobre o Mais Médicos

Já está disponível para computador, tablet ou celular o aplicativo gratuito “Sistema Integrado de Informações Mais Médicos (SIMM)”. A ferramenta foi criada pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), para facilitar o acesso da sociedade brasileira aos principais bancos de dados do programa Mais Médicos. Software indica a quantidade de profissionais da iniciativa e onde eles atuam, além de apresentar linha do tempo do projeto.

Hardi Vieira, oficial de Programa do FIDA no Brasil. Foto: Marcos Studart

Fundo agrícola da ONU planeja investir mais US$ 25 mi em iniciativa do Ceará para comunidades rurais pobres

Consultores do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) reuniram-se neste mês (14) com o governador do Ceará, Camilo Santana, para avaliar a implementação do projeto Paulo Freire. Iniciativa visa fomentar o crescimento econômico dos 31 municípios com os piores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do estado. A agência da ONU propôs ao Executivo estadual um aditivo de 25 milhões de dólares em financiamento, além dos 80 milhões já previstos para o projeto até o final de 2019.

Marcos Neto, do Centro Internacional do PNUD para o Setor Privado. Foto: PNUD/Gabriela Borelli

Investimento privado em filantropia chega a R$ 2,9 bi no Brasil, mas é insuficiente, aponta relatório

No Brasil, o investimento social privado na filantropia chegou a 2,9 bilhões de reais em 2016, valor equivalente a 0,23% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional. O montante pode impressionar, mas está abaixo do necessário, aponta o novo relatório do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e da Plataforma de Filantropia. Lançado na última terça-feira (12), no Rio de Janeiro, documento aborda engajamento de entidades filantrópicas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

Voluntariado traz soluções em momentos de crise, avaliam especialistas

Para celebrar o Dia Internacional do Voluntário, lembrado anualmente pela ONU em dezembro (5), o Programa de Voluntários das Nações Unidas (UNV) e a organização não governamental Atados reuniram 180 pessoas nesta segunda-feira (11), no Rio de Janeiro, para uma manhã de debate sobre a importância do voluntariado em situações de crise — sejam elas humanitárias, políticas ou econômicas.

“Em tempos de crise, normalmente, a gente culpa o governo ou alguma empresa que causou algum problema. As pessoas que não são parte desse contexto que criou a crise podem ajudar a solucioná-la”, defendeu Daniel Morais, fundador da Atados.

Bandeira da ONU na sede em Nova Iorque. Foto: ONU/Mark Garten

PNUD lança em Nova Iorque plano estratégico de desenvolvimento para 2018-2021

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) lançou na sexta-feira (1) em Nova Iorque seu plano estratégico para o período 2018-2021, ancorado na Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e comprometido com os princípios de universalidade, igualdade e de não deixar ninguém para trás.

A estratégia tem como objetivo apoiar os países a atingir o desenvolvimento sustentável ao erradicar a pobreza em todas as suas formas e dimensões, acelerar transformações estruturais e construir resiliência para enfrentar crises e choques.

Refugiados sírios em, Akkar, no Líbano. Foto: UNICEF/MeMo/Diego Ibarra Sánchez

Doadores garantem US$ 857 milhões para proteção e assistência de refugiados em 2018

Países comprometeram-se na terça-feira (5) a doar 857 milhões de dólares para as atividades do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) em 2018. O valor equivale a cerca de 11% do financiamento necessário para o próximo ano — o orçamento total supera 7,5 bilhões de dólares. A quantia já assegurada, porém, é consideravelmente maior que a acordada ao final de 2016, quando foram arrecadados 701 milhões de dólares.

Iniciativa busca desenvolver capacidades de trabalhadores rurais para aumentar e qualificar sua produção (agrícola e não agrícola). Foto: Programa Semear

Fundo agrícola da ONU e Slow Food capacitarão agricultores familiares do semiárido brasileiro

O Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) firmou ao final de novembro (29) um acordo com a associação Slow Food e o projeto Semear Internacional para levar mais assistência a produtores rurais do semiárido nordestino e mineiro. Parceria prevê atividades de consultoria para o desenvolvimento de produtos que serão incluídos na Arca do Gosto, catálogo de pratos e alimentos com potencial comercial. Cooperação também incluirá capacitações em gastronomia.

O treinamento, desenvolvido pelo Grupo Temático ODS da Rede Brasil do Pacto Global, aborda os cinco passos contemplados na publicação por meio de conteúdos expositivos, cases e dinâmicas. Foto: Rede Brasil do Pacto Global/Fellipe Abreu

Rede Brasil do Pacto Global promove inserção dos ODS nas práticas corporativas

Na medida em que as empresas assumem mais compromissos com a sustentabilidade, a busca por ferramentas e treinamentos que auxiliam na inserção dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) nas práticas corporativas é crescente. Um exemplo foi o workshop sobre o Guia de Implementação dos ODS para empresas (SDG Compass), realizado desde o ano passado pela Rede Brasil do Pacto Global e parceiros em cinco estados brasileiros.

De acordo com o último relatório publicado por FAO e OPAS, a fome aumentou na América Latina e no Caribe pela primeira vez em mais de duas décadas. Foto: EBC

Agências da ONU unem esforços para erradicar fome e má nutrição na América Latina e no Caribe

As três agências das Nações Unidas com sede em Roma — Programa Mundial de Alimentos, Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) — anunciaram nesta quinta-feira (30) uma nova aliança que permitirá unir esforços para apoiar os países latino-americanos e caribenhos na erradicação da fome, da má nutrição e da pobreza, impulsionar o desenvolvimento rural e avançar rumo aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Esta nova aliança responde ao momento crítico enfrentado por América Latina e Caribe. De acordo com o último relatório publicado pela FAO e pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), a fome aumentou na região pela primeira vez em mais de duas décadas.

Cerimônia de abertura do curso de capacitação em Cabo Verde. Foto: ABC

Fundo de População da ONU e IBGE apoiam institutos de estatística africanos na coleta eletrônica de dados

Dados estatísticos confiáveis e de qualidade são fundamentais para a identificação da realidade de cada país e para a elaboração de políticas públicas relacionadas à Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

A conclusão é de participantes do curso de capacitação de técnicos dos institutos de estatísticas de Senegal e de Cabo Verde, realizada por uma parceria entre a Agência Brasileira de Cooperação (ABC), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA).

Países africanos têm buscado cooperação técnica com IBGE. Foto: EBC

IBGE e Fundo de População da ONU ajudam países africanos a adotar coleta eletrônica em censos

Especialistas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) foram nesta semana ao Senegal para capacitar 25 técnicos do país africano sobre o uso de aparelhos eletrônicos na coleta de dados para censos populacionais. Realizada em parceria com o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), iniciativa teve início na segunda-feira (13) e faz parte de projeto que visa à criação de centros de referência em estatística na África.

Alimentação escolar é crucial para atingir o objetivo global da ONU número dois, de fome zero. Foto: PMA/Alexandra Hilliard

Ministros africanos endossam estudo sobre alimentação escolar; experiência brasileira foi inspiração

Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos da ONU (PMA), em colaboração com o Escritório do PMA para a África, realizou o estudo, após o Departamento da Recursos Humanos, Ciência e Tecnologia da Comissão da União Africana ter realizado uma visita de estudos ao Brasil para conhecer a experiência brasileira de alimentação escolar vinculada à agricultura local.

Comunidades rurais do semiárido baiano são foco do projeto Pró-Semiárido. Foto: Governo da Bahia

Fundo agrícola da ONU visita comunidades da Bahia para planejar investimentos na agricultura familiar

Uma equipe do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) está na Bahia para planejar a implementação do programa Pró-Semiárido, uma iniciativa do governo estadual para combater a miséria e fortalecer a agricultura familiar em 32 municípios. Realizada em parceria com o organismo da ONU, a iniciativa prevê uma injeção de 300 milhões de reais nas regiões contempladas até 2021. A missão da agência das Nações Unidas será concluída na última semana de novembro.

10ª edição do Fórum da Juventude da UNESCO ocorreu em Paris, na França. Foto: UNESCO

UNESCO promove fórum em Paris para ampliar seu envolvimento com a juventude

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) promoveu esta semana (25 e 26) em sua sede em Paris, na França, a 10ª edição do Fórum da Juventude, cujo tema foi repensar o envolvimento dos jovens com a Organização.

“Atualmente, há 1,8 bilhão de jovens com idades entre 10 e 24 anos no mundo. Essa é a maior população jovem já vista, e uma grande oportunidade para aproveitar o poder das gerações mais novas para impulsionar mudanças positivas”, disse a diretora-geral da UNESCO, Irina Bokova.