Arquivo da tag: Parcerias e meios de implementação

O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU número 17 diz: “Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável”. As metas específicas incluem as áreas de finanças, tecnologia, capacitação, comércio, bem como questões sistêmicas e cooperação em ciência, tecnologia e inovação.

O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU número 17 diz: “Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável”. As metas específicas incluem as áreas de finanças, tecnologia, capacitação, comércio, bem como questões sistêmicas e cooperação em ciência, tecnologia e inovação.

 

Mais sobre este ODS em https://nacoesunidas.org/pos2015/ods17 e notícias sobre o tema abaixo.

Profissional de saúde verifica os níveis de açúcar no sangue de um paciente diabético. Foto: OMS | A.Loke.

No Dia Mundial da Diabetes, ONU lidera iniciativa de oferta de insulina mais acessível

Hoje (14) é lembrado anualmente como o Dia Mundial da Diabetes. Na véspera da data (13), a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou um plano piloto para diversificar a produção global de insulina, medicamente utilizado no controle da doença, e, por consequência, diminuir os preços.

Atualmente, três fabricantes controlam a maior parte do mercado global de insulina, que foi descoberto como um tratamento para o diabetes em 1921. Segundo as Nações Unidas, é essencial democratizar o acesso ao medicamento, já que, em todo o mundo, o número de pessoas com a doença quadruplicou desde 1980 – são 420 milhões de pessoas em todo o mundo, principalmente vivendo em países de baixa e média renda.

Segundo a OMS, esse aumento excessivo de casos é atribuído à má alimentação e à falta de exercício. A organização da ONU explicita que dos 65 milhões de pessoas com diabetes tipo 2 que precisam de insulina, apenas metade tem possibilidade de obtê-la.

O Projeto Paulo Freire impulsiona, desde 2013, a produção sustentável e o aumento da renda em territórios do Ceará. Foto: FIDA | Irshad Khan.

Missão do FIDA realiza avaliação do Projeto Paulo Freire desenvolvido no Ceará

De 4 a 8 de novembro, uma Missão de Avaliação e Acompanhamento do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola das Nações Unidas (FIDA) se reuniu com técnicos e diretores da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) do Ceará para analisar os resultados obtidos com o Projeto Paulo Freire (PPF).

Executado pela SDA, o PPF é uma iniciativa que conta com recursos de investimento do FIDA a fim de diminuir a pobreza e alavancar o desenvolvimento sustentável nas localidades com os menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) da região.

O Projeto Paulo Freire impulsiona, desde 2013, a produção sustentável e o aumento da renda a partir de atividades agrícolas e não agrícolas desenvolvidas pelos grupos prioritários do projeto: jovens, mulheres e povos tradicionais.

Plano para refugiados e migrantes venezuelanos e países anfitriões busca 1,35 bilhão de dólares

A Agência das ONU para Refugiados (ACNUR) e a Organização Internacional para as Migrações (OIM) lançam hoje um plano regional para captar 1,35 bilhão de dólares para responder às crescentes necessidades humanitárias de refugiados e migrantes venezuelanos na América Latina e no Caribe e nas comunidades que os hospedam.

O Plano Regional de Resposta a Refugiados e Migrantes (RMRP) de 2020, lançado na capital colombiana, Bogotá, é uma ferramenta de coordenação e captação de recursos estabelecida e implementada por 137 organizações. Eles estão trabalhando em toda a região, com o objetivo de atingir quase quatro milhões de pessoas – incluindo refugiados e migrantes venezuelanos e comunidades anfitriãs – em 17 países.

Projeto oferece cursos de capacitação para incluir no mercado de trabalho seguro pessoas em situação de vulnerabilidade. Foto: Cozinha&Voz.

Cozinha&Voz lança primeira turma de capacitação para assistente de cozinha no Rio de Janeiro

O Projeto Cozinha&Voz, uma iniciativa da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e do Ministério Público do Trabalho (MPT) em parceria com a chef de cozinha e apresentadora Paola Carosella e com a ONG Casa Poema, da poeta e atriz Elisa Lucinda, abriu na terça-feira (12) as inscrições para a primeira edição do projeto no Rio de Janeiro.

O curso conta com a parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Rio de Janeiro (SENAC-RJ) e oferece 20 vagas para transexuais se formarem como Assistentes de Cozinha. A seleção acontece nos dias 12 e 13 de novembro, no MPT, e as aulas têm previsão de início no final de novembro, no SENAC-RJ.

O Cozinha&Voz faz parte do Projeto de Promoção do Trabalho Decente para Pessoas em Situação de Vulnerabilidade, desenvolvido conjuntamente pela OIT e pelo MPT com objetivo de promover a empregabilidade de pessoas em grupos de risco, incluindo-as no mercado de trabalho decente e seguro.

Foram apresentados na oficina promovida pela campanha Livres&Iguais da ONU os cinco padrões de conduta para o enfrentamento à discriminação LGBTI+ no setor privado. Foto: ACNUDH/Livres&Iguais.

Em Brasília, ONU realiza oficina para empresas sobre enfrentamento à discriminação LGBTI+

A Campanha das Nações Unidas Livres & Iguais e seus parceiros realizaram uma oficina para profissionais de recursos humanos e responsabilidade social da iniciativa privada na Casa da ONU, em Brasília.

Foram debatidos conceitos e terminologias relacionados à comunidade LGBTI+ e detalhes dos Padrões de Conduta para Empresas – enfrentando à discriminação contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis, pessoas trans e intersexo. O documento, elaborado pelo Escritório do Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH), visa fortalecer o envolvimento das empresas na promoção da igualdade de direitos e tratamento justo da população LGBTI.

A atividade aconteceu no dia 1º de novembro com a participação de parceiros da sociedade civil e da iniciativa privada. Mais de 20 empresas brasileiras integram a lista de apoiadores oficiais dos Padrões de Conduta do ACNUDH.

O diretor da ABC, Embaixador Ruy Pereira; a secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão do RS, Leany Lemos; a representante-residente do PNUD, Katyna Argueta; e o governador do RS, Eduardo Leite. Foto: Pedro Maziero

PNUD assina acordo para ajudar a modernizar gestão pública gaúcha

A Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão do Estado do Rio Grande do Sul, o PNUD e a Agência Brasileira de Cooperação (ABC) firmaram, nesta segunda-feira (11), um acordo de cooperação técnica internacional que visa à modernização e à promoção de inovação na gestão pública no estado.

O diretor da ABC, Embaixador Ruy Pereira; a representante-residente do PNUD, Katyna Argueta; e o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, participaram do evento, em Brasília.

Projeto ajudará a fornecer dados sobre uso de florestas - Foto: Pedro Dias/Pixabay

Novo projeto florestal da ONU ajudará países a cumprir compromissos com mudanças climáticas

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) anunciou na última segunda-feira (11) um novo projeto que possibilitará 26 países de fornecer dados aprimorados sobre o uso de suas florestas e terras – uma promessa de todos os representantes signatários do Acordo de Paris. A iniciativa, que já apoia 70 nações, investirá 7,1 milhões de dólares no monitoramento de matas nativas, a fim de garantir um manejo mais sustentável da terra.

De acordo com a FAO, o monitoramento preciso sobre o uso das florestas e terras é essencial para que os países acompanhem o progresso em relação aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), à medida que adotam medidas de mitigação de mudança climática e de adaptação.

Fazem parte do Programa Paraná Seguro as cidades de Curitiba e Região Metropolitana, além de cidades do eixo Londrina e Maringá e da região de fronteira do estado. Foto: Augusto Janiscki Junior/CC.

UNODC participa do primeiro Workshop do Programa Paraná Seguro

Realizado em 30 de outubro na sede da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária em Curitiba (PR), primeiro workshop do Programa Paraná Seguro reuniu representantes da Secretaria da Segurança Pública; da Guarda Municipal de São José dos Pinhais; da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho; do 6º Comando Regional da Polícia Militar; e das corregedorias das polícias Civil e Militar.

O Programa Paraná Seguro é executado pelo estado com o apoio técnico do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A iniciativa tem como objetivo contribuir para a redução dos índices de criminalidade violenta de jovens entre 15 a 24 anos, localizados em 27 municípios paranaenses.

Evento foi o primeiro dos cinco workshops que o Paraná vai realizar para discutir resultados. Segundo o analista de programa do UNODC, Eduardo Pazinato, iniciativa também está em fase de implantação no estado do Espírito Santo.

ONU e setor privado apresentam boas práticas de contratação de refugiados no Rio de Janeiro

Na 5ª edição do lançamento da plataforma Empresas com Refugiados, 60 pessoas se reuniram no espaço da WeWork no Rio de Janeiro para apresentar boas práticas de contratação, sensibilização e atuação em rede. O evento foi realizado no início de novembro pela Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) em parceria com a Rede Brasil do Pacto Global.

“Somos trabalhadores, temos muitas contribuições para dar. Não queremos só receber assistência, e sim mostrar que temos mãos, mente e coragem para trabalhar, como fazíamos no nosso país”, afirmou a venezelana Victoria Velasquez, de 58 anos.

Pará terá apoio da OPAS/OMS para reduzir mortalidade materna em 141 municípios

O Pará apresentou a gestores, servidores e representantes de universidades estratégias para diminuir em 30% o coeficiente de mortalidade materna no estado.

A iniciativa acontece depois que a Secretaria Estadual de Saúde paraense celebrou o Pacto pela Redução da Mortalidade Materna com 141 municípios e conta com o apoio da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS).

Conferência Geral da UNESCO acontece entre 12 e 27 de novembro na sede da Organização, em Paris. Foto: UNESCO.

Cooperação global, juventude e inteligência artificial são temas da Conferência Geral da UNESCO de 2019

Entre 12 e 27 de novembro, em Paris, acontece a Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). A Conferência reunirá os 193 Estados-Membros além dos 10 Membros Associados da UNESCO em sua sede para definir o programa e o orçamento da Organização para os próximos dois anos.

A Conferência Geral deste ano está prevista para ser um laboratório global de ideias a fim de mapear a futura cooperação multilateral.

Durante o período da Conferência, a UNESCO sediará uma série de eventos políticos importantes, como o Fórum de Ministros da Cultura; o Fórum da Juventude da UNESCO; a Reunião Ministerial sobre Inclusão e Mobilidade; além de lançamentos de publicações e painéis de debate com a presença de crianças, jovens e líderes políticos globais.

Os capacetes-azuis apoiaram a transição do Haiti para a democracia, a reconstrução do país e os esforços para estabilidade após o terremoto de janeiro de 2010. Estimados 220 mil haitianos morreram como resultado do terremoto. Os capacetes-azuis distribuíram materiais para abrigo temporário a pessoas de Porto Príncipe que ficaram sem-teto após o desastre. Foto: Minustah/Logan Abassi, 2010

Em Cuiabá, UNDRR participa do Primeiro Seminário Mato-Grossense sobre Redução do Risco de Desastres

O Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres (UNDRR, na sigla em inglês) participou, entre 30 e 31 de outubro, em Cuiabá, do Primeiro Seminário Mato-Grossense sobre Redução do Risco de Desastres.

Presente no evento, o vice-chefe do UNDRR para as Américas e o Caribe, Nahuel Arenas Garcia, destacou a importância de um enfoque multisetorial e colaborativo entre os vários atores que trabalham com a Redução do Risco de Desastres (RRD), e insistiu no desafio econômico que os desastres representam para a região.

A agência da ONU avalia que com a organização do seminário, o Estado do Mato Grosso reconhece a importância desse tema para a agenda do desenvolvimento sustentável e a necessidade de aumentar a sensibilização sobre as oportunidades e os desafios que a Redução do Risco de Desastres traz para a região.

ARTIGO: Progresso rumo ao desenvolvimento sustentável está fora dos eixos

Em artigo publicado no jornal Financial Times nesta semana, o secretário-geral da ONU, António Guterres, lembra que metade da população mundial não tem acesso à educação e a cuidados de saúde; mulheres enfrentam discriminação e o número de pessoas com fome aumenta no mundo. Ele pede maior engajamento da iniciativa privada para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável até 2030. Leia a íntegra abaixo.

A venezuelana Almeris, de 20 anos, viajou com seu filho de apenas dois anos e o marido por cerca de 40 horas em um ônibus até Boa Vista. Foto: ACNUR | Alexandre Pereira.

Operação Acolhida em Manaus inaugura espaço com serviços de documentação e interiorização para refugiados e migrantes venezuelanos

Inaugurado na última terça-feira (5), em Manaus, novo Posto de Interiorização e Triagem (PITRIG) da Operação Acolhida visa fornecer, em um único espaço, assistência para milhares de venezuelanos que passam pela cidade devido ao alto fluxo migratório de seu país.

“Quando decidimos deixar a Venezuela, nossa esperança era encontrar apoio aqui para vivermos e termos trabalho. Desde então não tínhamos documentos para isso, como CPF e Carteira de Trabalho. Foi quando soubemos que este posto seria aberto e poderia nos ajudar”, Almeris (20), venezuelana em Manaus.

O posto foi idealizado pelo Comitê Federal de Assistência Emergencial do governo federal e conta com o apoio da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR); Organização Internacional para Migrações (OIM); Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF); Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA); entidades da sociedade civil e atores municipais e estaduais. Espaço funciona de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h, na região Centro-Sul de Manaus.

UNESCO e IBRAM promovem reunião técnica para discutir políticas de prevenção e gestão de riscos em museus. Foto: Ichigo/CC.

UNESCO promove encontro para discutir prevenção de riscos em museus

Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) no Brasil promove, em parceira com o Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) e o Ministério da Cidadania, encontro técnico para discutir políticas de prevenção e gestão de riscos em museus.

Evento acontece hoje (6), no Centro Cultural Paço Imperial, no Rio de Janeiro, e conta com a participação de representantes em âmbito latino-americano de instituições especializadas em políticas patrimoniais e de preservação; gestores públicos; e sociedade civil. Diretor-geral adjunto de Cultura da UNESCO, Ernesto Ottone, também participa das discussões.

Segundo a coordenadora de Cultura da UNESCO no Brasil, “os constantes desastres, naturais ou não, que afetam o patrimônio cultural no mundo geram enorme preocupação e evidenciam a necessidade de termos um encontro como esse, que possa articular instâncias governamentais e da sociedade em prol do objetivo comum de proteger e preservar”.

O objetivo da oficina é capacitar dirigentes dos sindicatos de trabalhadoras domésticas para serem formadoras. Foto: Pagefact/CC.

OIT promove formação para dirigentes de sindicatos de trabalhadoras domésticas

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) promoveu, entre 1 e 3 de novembro, a Primeira Oficina de Formação de Formadoras. Organizada em parceria com a Federação Nacional das Trabalhadoras Domésticas (Fenatrad) e o Solidarity Center, a capacitação aconteceu em Brasília, sob o título “Fortalecendo os Sindicatos de Trabalhadoras Domésticas”.

O curso visou compartilhar conhecimentos para a conscientização, mobilização, empoderamento e sindicalização desta categoria profissional, que apresenta cerca de 5 milhões de trabalhadoras na informalidade.

Comemorando 100 anos em 2019, a OIT é a única agência com estrutura tripartite das Nações Unidas. Ela reúne governos, empregadores e trabalhadores para estabelecer normas trabalhistas, desenvolver políticas e elaborar programas que promovam o trabalho decente para todas as pessoas.

A premiação aconteceu em Roma (Itália) durante a 31ª Reunião das Partes do Protocolo de Montreal (MOP-31). Foto: UNIDO.

Projeto brasileiro de refrigeração sustentável recebe prêmio internacional

Projeto brasileiro de refrigeração via propano para uso comercial em supermercados recebeu nesta terça-feira (05/11), em Roma (Itália), prêmio internacional.

A iniciativa premiada é coordenada pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) e executada no Brasil em parceria com a Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento industrial (UNIDO) e a empresa paranaense Eletrofrio Refrigeração.

O prêmio foi concedido pela Sociedade de Engenheiros de Aquecimento, Refrigeração e Ar Condicionado (ASHRAE), sediada em Atlanta (EUA), e pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA).

Ação do projeto do Pró-Semiárido na Bahia.

FIDA realiza missão de avaliação do projeto Pró-Semiárido na Bahia

Representantes do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) estiveram na Bahia, entre os dias 23 de outubro e 1º de novembro, em missão de supervisão do projeto Pró-Semiárido – iniciativa da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural.

Além de mapear o que está dando certo nas intervenções do projeto junto aos agricultores e agricultoras, a missão também avaliou o que precisa melhorar para qualificar ainda mais o trabalho que vem sendo realizado.

Alicia Bárcena, secretária-executiva da CEPAL, em aula ministrada na Universidade Nacional Autónoma do México (UNAM). Foto: CEPAL México.

“Não somos a região mais pobre, mas sim a mais desigual”, avalia chefe da CEPAL

A secretária-executiva da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), Alicia Bárcena, concedeu uma aula na Universidade Nacional Autónoma do México (UNAM), instituição onde é doutora honoris causa.

Sua palestra aconteceu em 30 de outubro, na Faculdade de Economia da UNAM, sob o título “Mudança de época e novo modelo de desenvolvimento: uma interpretação estruturalista”. Ela pediu por novos pactos sociais e a revisão das conversações entre Estado, mercado e sociedade.

No evento, Bárcena afirmou que o desencanto e a raiva latente na região representam um ponto de ruptura à continuidade de um modelo que se associa a três décadas de concentração de riqueza e deterioração ambiental, aliadas a um crescimento que avaliou como “insuficiente”.

Acordo foi assinado pelos diretores da Enamat, ministro Luiz Philippe Vieira de Mello Filho; e da ABC, embaixador Ruy Pereira; e pelo representante-residente adjunto do PNUD, Carlos Arboleda. Foto: Vanessa Beltrame/PNUD

PNUD firma cooperação para estudos sobre jurisdição trabalhista

O PNUD firmou um acordo de cooperação técnica com a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho (Enamat) com o objetivo de desenvolver estudos e pesquisas voltados a compreender o modo como diferentes países organizam sua jurisdição trabalhista, por meio de análises comparativas com o Brasil.

O acordo, que conta com a parceria da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), contempla a compreensão dos aspectos que influenciam o desempenho dos magistrados do Trabalho, por meio de avaliação do processo e do modelo formativos adotados pelas escolas judiciais.

Campanha Mares Limpos da ONU premia escola de Cananéia (SP)

A Escola Municipal de Ensino Fundamental Deborah Silva Camargo de Cananéia, litoral paulista, venceu o Desafio Volta às Aulas. A iniciativa é da Campanha Mares Limpos, do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA).

Ao todo, 25 escolas brasileiras participaram da mobilização no primeiro semestre de 2019 para reduzir o uso de plástico descartáveis nas instituições de ensino e no dia a dia das crianças.
O projeto “Plástico, PERIGO, jamais será amigo!”, desenvolvido pelos alunos do 5º ano, envolveu familiares e o governo municipal, além de outras escolas.

A cidade de Cananéia fica no litoral sul de São Paulo e possui em seu entorno a maior porção de Mata Atlântica preservada do país. Ela integra o Complexo Estuarino Lagunar, declarado pela UNESCO como Sítio do Patrimônio Mundial.

Saúde. Foto: Rawpixel/CC.

Consultor do UNFPA visita unidades de saúde da rede pública para conhecer acesso a contraceptivos

Entre 29 de outubro e 1º de novembro, Carlos Anigstein, médico e consultor internacional, visitou unidades de saúde do Distrito Federal (DF) para conhecer mais sobre as rotinas de acesso a contraceptivos na rede pública de saúde, principalmente o Dispositivo Intrauterino (DIU).

A visita aconteceu a convite do escritório regional da América Latina e o Caribe do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA/LACRO) com o objetivo criar um material de boas práticas em saúde a ser compartilhado entre os países da região.

Foto: Ministério da Saúde | Erasmo Salomão.

OPAS e Ministério da Saúde divulgam vencedores do Prêmio APS Forte para o SUS

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e o Ministério da Saúde do Brasil divulgaram nesta terça-feira (29), em Brasília (DF), as três experiências vencedoras do “Prêmio APS Forte para o SUS: Acesso Universal”.

O Prêmio foi lançado no dia 5 de abril pela OPAS e o Ministério da Saúde durante um evento para marcar o Dia Mundial da Saúde, lembrado anualmente em 7 de abril, e recebeu mais de 1,2 mil inscrições de todos os estados brasileiros.

A premiação tem como objetivo identificar, dar visibilidade, reconhecer e promover iniciativas municipais, estaduais ou regionais que tenham como foco a melhoria da atenção primária à saúde (APS). Confira os ganhadores.

Cerimônia de encerramento da cooperação técnica do PNUD com a Secretaria Municipal de Educação de Maceió - Foto: Adalberto Farias/Divulgação

Parceria com PNUD melhora educação básica em Maceió

O município de Maceió conseguiu aumentar a média do Índice de Desenvolvimento De Educação Básica (Ideb) graças à parceria de cinco anos entre a Secretaria Municipal de Educação e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). A cooperação técnica terminou nesta semana, com um evento na capital alagoana.

Ao longo do projeto, foram produzidos livros e relatórios que ajudaram na reorganização da gestão escolar e educacional do município, incluindo novas propostas pedagógicas.

Cidade de Fortaleza, no Ceará, foi escolhida pela categoria Design. Foto: Mtur | Jade Queiroz.

Belo Horizonte e Fortaleza entram na lista da Rede de Cidades Criativas da UNESCO

Belo Horizonte, pela Gastronomia, e Fortaleza, pelo Design, foram as duas cidades brasileiras escolhidas neste ano para integrar a Rede de Cidades Criativas da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO). Elas se juntam à Paraty (RJ), Salvador (BA), Brasília (DF), Belém (PA), Curitiba (PR), Santos (SP), João Pessoa (PB) e Florianópolis (SC), que já fazem parte da Rede.

As 246 cidades que integram o projeto funcionam como um laboratório de ideias e de práticas inovadoras, trazendo contribuições concretas para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 das Nações Unidas.

A divulgação da lista com os 66 municípios escolhidos pela UNESCO aconteceu no Dia Mundial das Cidades, lembrado anualmente em 31 de outubro.

Análise de Laboratório. Foto: Michal Jarmoluk/CC.

Com apoio do UNAIDS, UNFPA promove capacitação em testagem rápida em Porto Alegre

Cidade gaúcha apresenta taxa de detecção de 60,8 casos de AIDS por 100.000 habitantes—o dobro da taxa para o Rio Grande do Sul e 3,3 vezes maior que a taxa do Brasil.

Como uma das ações do projeto #BoraSaber, implementado pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), a oficina “Testagem rápida por amostra de fluido oral no âmbito das ações de prevenção combinada” foi oferecida a jovens da organização local SOMOS – Comunicação, Saúde e Sexualidade.

O encontro contou com a parceria do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS); do Departamento de IST, Aids e Hepatites Virais da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde; da Secretaria Estadual de Saúde; e da Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre.

Programa de Controle de Contêineres do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) celebra 15 anos de comércio global mais seguro. Foto: Alexander Kliem/CC.

ONU comemora comércio global mais seguro nos 15 anos do Programa de Controle de Contêineres

O Programa de Controle de Contêineres (CCP, na sigla em inglês), implementado pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e pela Organização Mundial de Aduanas (OMA), comemora 15 anos de combate ao movimento transfronteiriço de mercadorias ilícitas.

O programa auxilia os governos na construção das capacidades de seus órgãos localizados na fronteira em detectar mercadorias ilícitas; apoia na arrecadação justa de impostos, por meio da detecção de um grande número de bens comerciais não declarados ou declarados falsamente; e assegura a aplicação dos instrumentos da ONU, incluindo as resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Desde sua criação, em 2004, as mais de 100 unidades do CCP em todo o mundo apreenderam uma grande variedade de bens ilegais, incluindo carregamentos relacionados à pesca, à floresta, à vida selvagem e a outros crimes ambientais. Neste ano, o programa foi vencedor do prestigiado prêmio “Prémio Bureau International des Containers (BIC)”.

Evento na Fiocruz em Brasília contou com apoio da OPAS/OMS e reuniu representantes do UNFPA e ACNUR. Foto: UNFPA Brasil | Thais Rodrigues.

ONU participa de debate sobre políticas de saúde em contexto de migração

Organizado pelo Núcleo de Estudos sobre Bioética e Diplomacia em Saúde, da Fiocruz Brasília, com apoio da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS) no Brasil, o 10º Ciclo de Debates sobre Sustentabilidade de Políticas para Migrantes reuniu representantes do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR).

O evento aconteceu na última quinta-feira (24), na Fiocruz em Brasília, e discutiu o quadro das migrações, a resposta brasileira ao fluxo migratório de venezuelanos no norte do país e a importância da atenção à saúde nas fronteiras – em especial da população em situação de maior vulnerabilidade, como mulheres, crianças, idosos, indígenas e pessoas LGBTI+.

O grupo Dá uma moral aí reúne adolescentes de diferentes idades para um acompanhamento psicológico realizado pela Secretaria de Saúde. Foto: Pexels/CC.

No oeste do Paraná, iniciativa da ONU inspira novos projetos de atenção à adolescência

O projeto Dá uma moral aí, desenvolvido pela Secretaria de Saúde de Santa Terezinha de Itaipu, município localizado no oeste do Paraná, reúne adolescentes, pais e profissionais da saúde, educação e assistência social para debater sexualidade e outros temas pertinentes à adolescência.

A iniciativa foi inspirada no projeto Prevenção e Redução da Gravidez Não Intencional na Adolescência nos Municípios do Oeste do Paraná, do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) no Brasil em parceria com a ITAIPU Binacional.

Juntos, os projetos têm possibilitado que adolescentes e jovens ajudem na construção de serviços acolhedores de saúde e tenham também garantidas as condições de ampliar suas habilidades para a vida e suas competências socioemocionais.

Com o objetivo de trabalhar o tema das plantas e pensando no público jovem, engajado em redes sociais, o grupo criou uma rede social para aprender Biologia. Foto: Divulgação Samsung.

Estudantes do Mato Grosso do Sul criam rede social para aprender Biologia

Estudantes do Mato Grosso do Sul criaram o APPlanta, uma rede social para que professores e alunos dos anos iniciais do Ensino Fundamental possam compartilhar conhecimentos sobre Biologia.

O projeto foi desenvolvido por uma das equipes vencedoras da edição 2018 da ‘Maratona UNICEF SAMSUNG’, uma iniciativa que reúne estudantes de escolas públicas, professores, designers e programadores para desenvolver aplicativos voltados para turmas do Ensino Fundamental.

As inscrições para a Edição 2019 Maratona UNICEF SAMSUNG seguem abertas até o dia 27 de outubro de 2018.

Largo dos Açorianos em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Foto: Flickr (CC)/Filipe Castilhos

IPHAN realiza encontro internacional sobre valorização do patrimônio cultural no RS

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) promove até sábado (26) uma série de eventos voltados para a valorização do patrimônio cultural da região Sul do Brasil. As atividades acontecem em Porto Alegre (RS) e terão a participação de autoridades e especialistas nacionais e internacionais, que discutirão o potencial econômico do patrimônio cultural em sua dimensão turística.

Entre as atividades, destaca-se a exposição “Sete Povos – Retratos de um Território”, inaugurada na quinta-feira (24) no Memorial do Rio Grande do Sul. A iniciativa é fruto de uma cooperação técnica entre Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) no Brasil, Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e países-membros do Mercosul.

Durante o evento, a diretora da Anvisa, Alessandra Bastos, celebrou os 20 anos da agência e afirmou que a instituição tem empenhado esforços para compreender como o mundo está regulando medicamentos, vacinas e outros produtos de saúde e tem buscado novas formas de garantir sua segurança, eficácia e qualidade. Foto: Ministério da Saúde/Erasmo Salomão

BRICS assinam acordo para promover soluções em regulação sanitária

Autoridades reguladoras de saúde de países que compõem o grupo dos BRICS — Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul — se reuniram na quarta-feira (23) na sede da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS), em Brasília (DF), para discutir os atuais desafios regulatórios e seus impactos nas populações.

Ao fim do encontro, os representantes assinaram um memorando de entendimento, que já vinha sendo discutido, com o intuito de estreitar as relações entre os países do grupo, promover soluções comuns em regulação sanitária, estabelecer bases para uma articulação mais estruturada e estimular a adoção de boas práticas regulatórias. A quinta edição do encontro foi promovida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

Juntos, os países emergentes do BRICS representam 44% da população mundial, quase um quarto do território terrestre, cerca de 40% da carga mundial de doenças e 23% do PIB global.

Acordo de cooperação técnica pretende dinamizar a integração do biogás à produção agropecuária da região Sul do Brasil. Foto: Agência La Imagem.

UNIDO e BRDE facilitam acesso a linhas de crédito para produção de biogás no Sul do Brasil

A Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO) e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) assinaram nesta quarta-feira (23), na sede do Banco em Curitiba (PR), um acordo de cooperação técnica.

A parceria pretende dinamizar a integração do biogás à produção agropecuária da região Sul do Brasil.

O acordo firmado também prevê financiamento da produção de biogás com fins energéticos e criação de novas ferramentas de avaliação de planos de negócios voltados ao setor.

Elizabeth Saenz, coordenadora de Programas Globais de Tratamento para Dependentes Químicos do UNODC - Foto: Divulgação

UNODC realiza treinamento sobre prevenção e tratamento do uso de drogas

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) realiza nesta semana, em Brasília, uma capacitação sobre natureza, prevenção e tratamento de transtornos relacionados ao uso de drogas. O encontro reúne representantes dos governos federal, estaduais e do Distrito Federal envolvidos na prevenção, tratamento e reinserção social de usuários e no combate ao tráfico.

A capacitação foi organizada em parceria com o Ministério da Cidadania e a Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas (Senapred), com apoio da Embaixada dos Estados Unidos, por meio do Bureau Internacional de Narcóticos e Aplicação da Lei (INL, na sua sigla em inglês).

A premiação é considerada um dos principais eventos do terceiro setor por reconhecer iniciativas transformadoras que promovem a inclusão e o protagonismo social. Foto: Fundação BB.

Com apoio da ONU, Prêmio de Tecnologia Social 2019 homenageia iniciativas que promovem a inclusão

A Fundação Banco do Brasil, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e demais parceiros anunciaram na quarta-feira (16) as iniciativas vencedoras da 10ª edição do Prêmio de Tecnologia Social 2019.

A premiação é considerada um dos principais eventos do terceiro setor por reconhecer iniciativas transformadoras que promovem a inclusão e o protagonismo social, além de melhorias das condições de vida da população.

Na cerimônia de premiação, realizada em Brasília, estiveram presentes mais de 600 convidados de entidades parceiras, representantes do governo federal, de embaixadas, de organismos internacionais, do setor privado e da sociedade civil organizada.

Reunião entre UNFPA, FIOCRUZ e instituições de saúde de países africanos. Foto: FIOCRUZ/Peter Ilicciev

FIOCRUZ e UNFPA reúnem-se para definir prioridades de parceria em direitos da mulher

Representantes da Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e de ministérios e institutos de saúde de países africanos reuniram-se na semana passada na sede da fundação, no Rio de Janeiro (RJ), para definir prioridades de temas e estratégias para os próximos cinco anos da parceria.

Na primeira oficina, realizada em agosto, já havia sido definida como prioridade da parceria a redução das mortes maternas evitáveis a zero até 2030 nos países participantes.

Para isso, a estratégia pretende criar um Centro de Referência em Saúde Materna. O propósito é fazer análises e aumentar a capacidade dos países, através da troca de experiências proporcionada pela cooperação triangular entre FIOCRUZ, países de América Latina e Caribe e africanos e UNFPA.

Foto: Gerd Altman/Pixabay

ONU: 30 líderes empresariais se comprometem a mobilizar recursos para objetivos globais

As Nações Unidas anunciaram nesta quarta-feira (16) que 30 líderes do mundo corporativo trabalharão juntos pelos próximos dois anos numa tentativa de obter trilhões de dólares em recursos do setor privado para financiar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Convocada pelo secretário-geral da ONU, António Guterres, a Aliança dos Investidores para o desenvolvimento Sustentável é co-presidida pelo CEO da Allianz, Oliver Bäte, e a CEO da Bolsa de Valores de Joanesburgo, Leila Fourie, e inclui dirigentes do Bank of America, Citigroup, Investec, Santander, UBS e importantes corporações internacionais, como a brasileira Sul América.

Mercados, empresas, empreendimentos, associações, cooperativas e entidades produtivas são determinantes para a inclusão do enfoque de gênero no desenvolvimento sustentável. Foto: ONU Mulheres

ONU Mulheres e UNOPS assinam acordo para fortalecer atuação conjunta no Brasil

A ONU Mulheres e o Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS) assinaram um acordo para fortalecer a colaboração em suas atividades a favor da igualdade de gênero e do empoderamento das mulheres no Brasil.

Um dos focos de atuação das duas agências será a igualdade e paridade de gênero no setor de infraestrutura.

Segundo a representante do UNOPS no Brasil, Claudia Valenzuela, muitas vezes as necessidades de mulheres e meninas não são incorporadas nos projetos de desenvolvimento e infraestrutura, o que afeta seu pleno exercício de direitos, bem como sua capacidade de contribuir igualmente para a sociedade.

Segundo OPAS/OMS, é essencial evitar alimentos ultraprocessados, que estão fortemente associados a sobrepeso, obesidade e doenças crônicas não transmissíveis. Foto: EBC

UNICEF defende inclusão de alertas em produtos alimentícios ultraprocessados

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC), juntamente com outras organizações, tem liderado a discussão para a inclusão de alertas na parte frontal dos produtos alimentícios ultraprocessados para quando há excesso de nutrientes como açúcar, sódio e gorduras saturadas.

Na sexta-feira (11), Dia Mundial da Prevenção da Obesidade, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), instituição que também defende tal proposta, anunciou o apoio às ações do IDEC para informar a sociedade sobre os benefícios da rotulagem frontal.

A aliança acontece no momento em que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) está recebendo contribuições e opiniões dos consumidores, por meio de uma consulta pública, sobre qual o modelo de rotulagem nutricional deve ser adotado no país. O processo de participação popular termina em 6 de novembro.