Arquivo da tag: Objetivos de Desenvolvimento do Milênio

Arte: ONU

Em setembro de 2000, refletindo e baseando-se na década das grandes conferências e encontros das Nações Unidas, os líderes mundiais se reuniram na sede das Nações Unidas, em Nova York, para adotar a Declaração do Milênio da ONU.

 

Com a Declaração, as Nações se comprometeram a uma nova parceria global para reduzir a pobreza extrema, em uma série de oito objetivos – com um prazo para o seu alcance em 2015 – que se tornaram conhecidos como os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). Confira informações sobre o tema abaixo e em www.pnud.org.br/ODM

Favela na periferia de Salvador, Bahia. Foto: Scott Wallace/Banco Mundial

América Latina precisa voltar a crescer para avançar contra a extrema pobreza, diz Banco Mundial

A meta número 1 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas deve ser uma das mais difíceis de alcançar nos próximos 15 anos: acabar com a pobreza em todas as formas, em todo o mundo. E, para a América Latina, na qual os tempos de bonança da década passada ajudaram milhões de pessoas a chegar à classe média, o desafio é ainda maior, pois a região atravessa o quinto ano de desaceleração econômica, afirmou o Banco Mundial.

Em meio à falta de saneamento, moradores equilibram-se em 'ruas' de madeira para chegar a suas casas em Altamira, no Pará. Foto: Valter Campanato/ABr

Zika: Serviços adequados de água e saneamento são a melhor resposta, afirmam especialistas da ONU

“Há um forte vínculo entre sistemas de saneamento deficientes e o surto atual do vírus zika, bem como a dengue, a febre amarela e o chikungunya, sendo todos eles transmitidos por mosquitos”, afirmou o relator especial sobre água e saneamento, que divulgou comunicado sobre o tema com três outros especialistas independentes. Grupo alertou que 100 milhões de pessoas na América Latina não têm acesso a saneamento básico e outras 70 milhões a água encanada.

O Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), contribui para o crescimento, o desenvolvimento, a aprendizagem, o rendimento escolar dos estudantes e a formação de hábitos alimentares saudáveis, por meio da oferta da alimentação escolar e de ações de educação alimentar e nutricional. Foto: MEC

FAO: Ações do Brasil para sair do mapa da fome devem ser aplicadas a populações mais vulneráveis

A primeira edição do ‘Estado da Segurança Alimentar e Nutricional no Brasil – 2015’ (SOFI Brasil) revelou que o Brasil venceu o problema estrutural da fome e não está mais no Mapa da Fome das Nações Unidas. O novo relatório ressalta que, nas décadas seguintes, o Brasil precisa voltar a atenção para os chamados grupos mais vulneráveis, que abrigam a maior parte das pessoas que ainda sofrem de insegurança alimentar no país.

VÍDEO: A mobilização da juventude pelas pessoas e pelo planeta

Os jovens estiveram no centro das atenções, nas Nações Unidas, em fevereiro deste ano durante o Fórum da Juventude anual do Conselho Econômico e Social da ONU (ECOSOC). No encontro, lideranças jovens de todo o mundo debateram o papel dos jovens na transição dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Conheça neste vídeo algumas de suas posições sobre a agenda pós-2015 da ONU.