Seminário no Chile analisa finanças públicas latino-americanas e caribenhas

O Seminário Regional de Política Fiscal, um dos principais fóruns para a discussão de temas relacionados às finanças públicas dos países da América Latina e do Caribe, ocorre na semana que vem em Santiago, no Chile, com a presença de ministros da Economia da região.

Organizado pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), com o apoio do Fundo Monetário Internacional (FMI), o Banco Mundial e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), o evento ocorrerá na segunda e terça-feira (26 e 27) com transmissão ao vivo pela Internet.

Foto: Agência Brasil

Foto: Agência Brasil

O Seminário Regional de Política Fiscal, um dos principais fóruns para a discussão de temas relacionados às finanças públicas dos países da América Latina e do Caribe, ocorre na semana que vem em Santiago, no Chile, com a presença de ministros da Economia da região.

Organizado pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), com o apoio do Fundo Monetário Internacional (FMI), o Banco Mundial e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), o evento ocorrerá na segunda e terça-feira (26 e 27) com transmissão ao vivo pela Internet.

A reunião, que também conta com o apoio da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento e da Cooperação Alemã, terá a participação de autoridades de vários países e especialistas internacionais, que abordarão as tendências e desafios da política fiscal na região, assim como do gasto, da arrecadação e das finanças públicas regionais, e a mobilização de recursos para o financiamento do desenvolvimento, entre outros temas.

O encontro será aberto na segunda-feira (26) às 9h por Alicia Bárcena, secretária-executiva da CEPAL; Rolf Peter Schulze, embaixador da Alemanha no Chile; e Carlos Robles Fraga, embaixador da Espanha no Chile. O primeiro dia do seminário terá também um painel de altas autoridades do qual participarão Lea Giménez Duarte, ministra da Fazenda do Paraguai; Donald Guerrero Ortiz, ministro da Fazenda da República Dominicana; Danilo Astori, ministro da Economia e das Finanças do Uruguai; Martha Cubillo Jiménez, vice-ministra da Fazenda da Costa Rica; e Ana Paula Vescovi, secretária do Tesouro Nacional brasileiro.

Além disso, na reunião de segunda-feira (26), a secretária-executiva da CEPAL apresentará o Panorama Fiscal da América Latina e do Caribe 2018, documento anual desta comissão regional das Nações Unidas que analisa e entrega os principais resultados da dinâmica fiscal dos países da região durante o último ano e que nesta edição inclui análise da política fiscal regional nas últimas três décadas e os desafios futuros resultantes.

Na sessão de terça-feira (27), será realizada a apresentação do relatório “Estatísticas tributárias na América Latina e no Caribe (2018)”, publicação realizada pela CEPAL em conjunto com a OCDE, o BID e o Centro Interamericano de Administrações Tributárias (CIAT).