Seminário em Teresina visa fortalecer desenvolvimento sustentável no Piauí

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Representantes do Conselho Estadual de Desenvolvimento Sustentável do Piauí, de governos, da sociedade civil e do setor privado se reuniram na quarta-feira (5) em Teresina para o “Seminário sobre o Desenvolvimento Territorial e Agenda 2030 no estado”. O evento teve como foco o fortalecimento da sustentabilidade local, com base nos objetivos globais.

A iniciativa faz parte do projeto “ODS Piauí”, uma parceria entre o governo do estado, a empresa de geração de energia Contour Global, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Sertão do Piauí. Foto: Flickr/Otavio Nogueira

Sertão do Piauí. Foto: Flickr/Otavio Nogueira (cc)

Representantes do Conselho Estadual de Desenvolvimento Sustentável do Piauí, de governos, da sociedade civil e do setor privado se reuniram na quarta-feira (5) em Teresina para o “Seminário sobre o Desenvolvimento Territorial e Agenda 2030 no estado”. O evento teve como foco o fortalecimento da sustentabilidade local, com base nos objetivos globais.

A iniciativa faz parte do projeto “ODS Piauí”, uma parceria entre o governo do estado, a empresa de geração de energia Contour Global, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

De acordo com o secretário de Planejamento do Piauí, Antonio Neto, desde 2007 o estado adotou a política de desenvolvimento territorial como forma de fortalecimento local das diferentes regiões.

“O nosso foco é articular e adequar as políticas com a visão territorial. Essa adequação à Agenda 2030, e juntos com o PNUD no processo, irá aumentar as potencialidades do Piauí para cumprirmos as metas dos ODS com mais eficiência. Somos 12 territórios e trabalhamos de forma integrada para que o desenvolvimento chegue nessas regiões para enfrentarmos os desafios locais”, disse o secretário.

O coordenador do escritório do PNUD em Teresina, Maurilo Oliveira, afirmou que o “Projeto ODS Piauí” fortalece o desenvolvimento territorial, em parceria com o governo do estado e o setor privado, por meio da empresa Contour Global.

“O governo do estado, desde 2007, decidiu que o desenvolvimento territorial seria o modelo sustentável para o Piauí. O PNUD apoia esse modelo de desenvolvimento para fortalecer políticas para a erradicação da pobreza, o crescimento econômico inclusivo e a proteção ambiental, de forma integrada”, disse.

“Trabalhamos em parceria com a Contour Global, o governo do estado e com os conselheiros locais para planejarmos ações prioritárias para os próximos anos, com foco na implementação das metas da Agenda 2030”, declarou Oliveira.

Diagnóstico

Durante o evento, o gerente de estatística do PNUD, Nikolas Pirani, apresentou o “Diagnóstico do Território Vale do Rio Itaim”. O documento destaca as principais metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável em que o território precisa avançar para fortalecer a inclusão social, a economia e a sustentabilidade local.

“É necessário ter um olhar para o desenvolvimento com um viés integrado. Chama a atenção no diagnóstico do Vale do Rio Itaim a necessidade de um olhar para a diminuição da pobreza, acesso à água potável e ao saneamento, redução da mortalidade por acidente de trânsito, crescimento econômico inclusivo e melhoria da capacidade do governo na captação de impostos e receitas”, afirmou Pirani.

Por meio do projeto ODS Piauí, também serão produzidos diagnósticos dos territórios de Cocais e Serra da Capivara, na estratégia de fortalecimento do desenvolvimento territorial no estado.


Mais notícias de:

Comente

comentários