Selos sobre a COVID-19 homenageiam o trabalho de combate à pandemia

Os Correios lançaram nesta quarta-feira (8), em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), um bloco de selos em homenagem aos trabalhos de combate à pandemia da COVID-19. O material traz recomendações sobre como manter-se saudável, ressalta a importância da ciência, o papel fundamental dos profissionais de saúde e de outros serviços essenciais, além de outras informações.

Além disso, os selos chamam a atenção para a necessidade de ser ter consciência, responsabilidade e solidariedade na resposta à COVID-19. A emissão destes selos informativos é também uma importante iniciativa para combater a infodemia – o excesso de circulação de informações erradas ou falsas e boatos.

Foto: OPAS

Os Correios lançaram nesta quarta-feira (8), em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), um bloco de selos em homenagem aos trabalhos de combate à pandemia da COVID-19. A arte, de Alan Magalhães, apresenta o mapa-múndi aplicado em fundo azul e verde.

O material ressalta diversas recomendações para se manter saudável, como: higienizar as mãos e os objetos pessoais (a exemplo do celular), ficar em casa se possível, evitar aglomerações e contato físico, manter os ambientes arejados e não compartilhar objetos pessoais (como pratos e talheres) nem se automedicar.

Os selos também ressaltam a importância da ciência e tecnologia, principalmente neste momento de pandemia. Por ser um vírus novo, os seres humanos não têm imunidade natural para se proteger. Por isso, as pesquisas científicas são essenciais para o desenvolvimento de uma vacina contra COVID-19 e a identificação ou criação de medicamentos eficazes para tratar os pacientes e salvar vidas.

“Ficamos muito felizes e gratos com esta parceria com os Correios, uma instituição que tem servido ao Brasil por mais de três séculos. Esses selos têm muita importância, porque trazem as medidas que nós temos que tomar para nos proteger e proteger nossas famílias contra a infecção pela COVID-19”, afirmou a representante da OPAS e da Organização Mundial da Saúde (OMS) no Brasil, Socorro Gross.

Outro ponto destacado nas imagens é o papel fundamental que os profissionais de saúde e os de outros serviços essenciais têm na manutenção da vida, na limpeza, na segurança, na alimentação e na entrega em tempo oportuno de produtos e alimentos. “São uma forma de reconhecer o trabalho que muitos profissionais fazem diariamente, muitas vezes deixando seus entes queridos para prestar serviços essenciais à nossa sociedade”, ressaltou a representante da OPAS e da OMS.

Além disso, os selos chamam a atenção para a necessidade de ser ter consciência, responsabilidade e solidariedade no combate à COVID-19. Essa é uma mensagem chave, porque ninguém estará seguro desse vírus até que todas as pessoas estejam seguras.

A emissão tem tiragem de 60 mil blocos e pode ser adquirida na loja virtual dos Correios.

Apoio da OPAS ao Brasil

Para responder de maneira eficaz à pandemia da COVID-19, a OPAS e a OMS têm prestado apoio técnico aos países. No Brasil, as ações são feitas para colaborar com os esforços das autoridades nacionais, estaduais e municipais, principalmente do Ministério da Saúde. Entre elas, estão o apoio ao aumento da capacidade de vigilância e diagnóstico, ao fortalecimento do rastreio dos contatos de pessoas infectadas com coronavírus, à tomada de decisão sobre endurecimento ou afrouxamento das medidas de distanciamento social, ao compartilhamento das evidências científicas mais recentes e inovadoras e à promoção da saúde mental durante a pandemia da COVID-19.

Outra medida essencial é o combate à infodemia – ou seja, o excesso de informações (algumas precisas e outras não) sobre um problema, que dificulta a identificação de fontes e orientações confiáveis. Durante uma emergência de saúde pública, as infodemias podem espalhar informações erradas ou falsas e boatos. Também podem prejudicar uma resposta efetiva, bem como criar confusão e desconfiança nas pessoas no que diz respeito às soluções ou orientações para prevenir uma doença.

A emissão pelos Correios de selos informativos sobre a COVID-19, em parceria com a OPAS, é uma importante iniciativa para combater a infodemia.