Secretário-geral da ONU parabeniza acordo sobre o programa nuclear do Irã

“O acordo respeitará as necessidades e os direitos do Irã, fornecendo garantias à comunidade internacional de que suas atividades nucleares permanecerão exclusivamente pacíficas”, afirmou Ban.

A vista da usina nuclear de Busher no Irã. Foto: AIEA/Paolo Contri

A vista da usina nuclear de Busher no Irã. Foto: AIEA/Paolo Contri

“Esse acordo abrangente colocará limites substanciais no programa nuclear do Irã e permitirá a remoção de todas as sanções”, disse o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, nesta quinta-feira (2), após o anúncio de que o Irã e os ministros do chamado “E3+3” (China, França, Alemanha, Rússia, Reino Unido e Estados Unidos) tinham chegado a um acordo.

“O acordo respeitará as necessidades e os direitos do Irã, fornecendo garantias à comunidade internacional de que suas atividades nucleares permanecerão exclusivamente pacíficas”, afirmou Ban.

O secretário-geral disse também estar convencido de que uma solução abrangente e negociada para a questão nuclear iraniana vai contribuir para a paz e a estabilidade na região e permitir que todos os países cooperem com os muitos desafios de segurança que enfrentam.