Secretário-Geral volta a pedir fim da violência na Síria

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, reiterou nesta segunda-feira (09/05) o pedido para o fim imediato da violência na Síria, e para que seja feita uma investigação independente sobre os assassinatos de manifestantes, em meio a relatos de novos confrontos no país

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, reiterou nesta segunda-feira (09/05) o pedido para o fim imediato da violência na Síria, e para que seja feita uma investigação independente sobre os assassinatos de manifestantes, em meio a relatos de novos confrontos no país.Ban pediu também o fim das prisões em massa de manifestantes, e ressaltou a necessidade de proteger os direitos humanos da população.

Ele fez um pedido para que uma equipe da ONU entre no país para lidar com a situação humanitária, especialmente na cidade de Deraa. No mês passado, o Conselho de Direitos Humanos da ONU votou pelo envio de uma missão à Síria, para investigar os relatos de violações aos direitos humanos internacionais e de crimes contra civis.

Os protestos na Síria – que já deixaram centenas de mortos – são parte de um amplo levante que vem ocorrendo este ano no Oriente Médio e Norte da África, que derrubou regimes de longa data no Egito e na Tunísia, e levou ao conflito aberto na Líbia.