Secretário-Geral pede garantia de direitos humanos no Egito

Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, expressou na sexta-feira (25/11) sua preocupação com violência no Egito em protestos contra o governo militar provisório.

O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, expressou na última sexta (25/11) sua preocupação com os últimos incidentes violentos no Egito. Em meio a protestos contra a Junta Militar que governa o país, Ban pediu que governo de transição garanta os direitos humanos básicos de todos os cidadãos egípcios.

Mais de 30 pessoas morreram nos últimos dias por forças de segurança do governo durante manifestações pelo retorno de um governo civil. A primeira fase das eleições foi realizada nesta segunda-feira (28/11).

Além de reiterar o respeito aos direitos humanos, o Secretário-Geral falou com o chefe do Conselho Supremo das Forças Armadas Egípcias, Marechal Marshal Mohamed Hussein Tantawi, sobre a necessidade de garantir uma transição pacífica, inclusiva e transparente que atenda as aspirações do sociedade egípcia.