Secretário-Geral da ONU saúda Moçambique por aniversário de acordos de paz

Ban Ki-moon “felicitou calorosamente” o Governo e o povo de Moçambique, que lembram os 20 anos de paz desde a assinatura dos acordos que encerraram a guerra civil pós-independência.

Em 13 de outubro de 1992, o Conselho de Segurança da ONU adotou a resolução 782 (1992), pelo qual se estabeleceu a Operação das Nações Unidas em Moçambique (ONUMOZ). As quatro principais áreas de responsabilidade da ONUMOZ foram: política, militar, eleitoral e humanitária. Na foto (ONU/G. Neuenburg), de 19 de agosto de 1994, mulheres da RENAMO durante a cerimônia de desmobilização em Maringue, Moçambique.

O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, “felicitou calorosamente” o Governo e o povo de Moçambique, que lembram os 20 anos de paz desde a assinatura dos acordos que encerraram a guerra civil pós-independência do país do sul da África, disse seu porta-voz hoje (4).

Ban Ki-moon reiterou o compromisso da ONU de continuar a trabalhar com Moçambique “no seu processo de consolidação da democracia e nos seus esforços para alcançar a inclusão social, o empoderamento da mulher e o desenvolvimento sustentável”, acrescentou o porta-voz.

O chefe da ONU também lembrou o papel desempenhado pela agora concluída Operação das Nações Unidas em Moçambique – conhecida pela sigla em português ONUMOZ –, completou o porta-voz, observando que a operação de manutenção da paz “ajudou a implementar o Acordo Geral de Paz de 1992 e a estabelecer as bases para uma paz sustentável”.

Alguns anos após se tornar independente de Portugal em 1975, o país africano foi mergulhado em uma longa e debilitante guerra civil entre o Governo, liderado pela Frente de Libertação de Moçambique (FRELIMO), e a Resistência Nacional Moçambicana (RENAMO).

Em 4 de outubro de 1992, após dois anos de negociações em Roma, as duas partes assinaram um Acordo Geral de Paz. Como parte do acordo, o Conselho de Segurança da ONU criou a ONUMOZ para acompanhar e apoiar o cessar-fogo, a desmobilização de forças e a realização de eleições nacionais.

A ONUMOZ foi criada em dezembro de 1992 e seu mandato terminou em dezembro de 1994, pouco antes das primeiras eleições multipartidárias de Moçambique.