Secretário-geral da ONU pede rápida formação de novo governo no Líbano

Dando boas-vindas ao novo presidente do Líbano, Michel Aoun, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, expressou esperança de que todos os atores políticos do país continuem trabalhando em espírito de unidade e de interesse nacional.

“Encorajo a formação, sem demora, de um governo que possa efetivamente atender às necessidades de todos os cidadãos libaneses e resolver os graves desafios que o país enfrenta”, disse Ban em mensagem emitida por seu porta-voz.

Ban Ki-moon (direita) durante reunião com Michel Aoun em Beirute em 2007. Foto: ONU/Evan Schneider (arquivo)

Ban Ki-moon (direita) durante reunião com Michel Aoun em Beirute em 2007. Foto: ONU/Evan Schneider (arquivo)

Dando boas-vindas ao novo presidente do Líbano, Michel Aoun, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, expressou na segunda-feira (31) esperança de que todos os atores políticos do país continuem trabalhando em espírito de unidade e de interesse nacional.

“O povo do Líbano merece ter instituições que funcionem, de acordo com seus direitos constitucionais e democráticos. Encorajo a formação, sem demora, de um governo que possa efetivamente atender às necessidades de todos os cidadãos libaneses e resolver os graves desafios que o país enfrenta”, disse Ban em mensagem emitida por seu porta-voz.

O dirigente máximo da ONU também desejou sucesso ao novo presidente e agradeceu a liderança realizada pelo primeiro-ministro, Tamam Salam, durante o período desafiador que o país viveu. Ele enfatizou ainda a necessidade de realizar eleições parlamentares em tempo hábil.

De acordo com o porta-voz de Ban, a ONU está ansiosa para trabalhar com o presidente Michel Aoun, com o governo libanês e parceiros internacionais, a fim de continuar ajudando o país a preservar a segurança, estabilidade e melhorar suas perspectivas socioeconômicas.