Secretário-geral da ONU pede proteção física e psicológica dos idosos

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Em mensagem sobre o Dia Mundial da Conscientização contra o Abuso de Idosos, Ban Ki-moon destaca importância de uma legislação que proteja os mais velhos.

Entre 4% e 6% dos idosos no mundo todo sofrem algum tipo de violência. Foto: ONU/Grunzweig

Entre 4% e 6% dos idosos no mundo todo sofrem algum tipo de violência. Foto: ONU/Grunzweig

Governos, sociedade civil e diversas comunidades no mundo inteiro devem reexaminar suas atitudes para com os mais velhos e garantir que os idosos sejam protegidos de todas as formas de abuso, ressaltou o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, no sábado (15).

“Em todo o mundo, idosos são tragicamente sujeitos a abuso psicológico, financeiro ou físico”, disse Ban em mensagem que marca o Dia Mundial da Conscientização contra o Abuso de Idosos.

“Infelizmente, muitos idosos podem estar em risco”, afirmou Ban. “Atitudes preconceituosas contribuem para o problema.”

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que entre 4% e 6% dos idosos em todo o mundo sofrem maus-tratos. A pesquisa também sugere que o abuso, negligência e violência contra os mais velhos, tanto em casa como em instituições, ocorrem com muito mais frequência do que se imagina.

Ban enfatizou que os governos, em particular, podem ajudar a aprovar uma legislação que proteja as vítimas e processe os agressores.

“Devemos isso aos idosos e às sociedades em geral para combater a discriminação etária em todas as suas formas e aumentar a dignidade e os direitos humanos das pessoas mais velhas em todos os lugares”, acrescentou.


Comente

comentários