Secretário-geral da ONU parabeniza anúncio de novas medidas para deter violência na Colômbia

Governo colombiano e as FARC seguem conversando para buscar medidas a fim de diminuir os confrontos no país e acelerar as negociações para um acordo de paz.

Crianças deslocadas internamente, vítimas do conflito na Colômbia. Foto: ONU/Mark Garten

Crianças deslocadas internamente, vítimas do conflito na Colômbia. Foto: ONU/Mark Garten

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, celebrou nesta segunda-feira (13) o anúncio de que o governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) planejam instituir novas medidas para diminuir os combates no país e acelerar as negociações para um acordo de paz.

Ban reiterou a disposição das Nações Unidas para prestar o apoio necessário para garantir a conclusão bem-sucedida das negociações e a implementação de um acordo de paz na Colômbia. Os rebeldes das FARC estão em conversações com o governo nos últimos 30 meses, buscando terminar um conflito de 51 anos, que vitimou quase um quarto de milhão de pessoas.

Os dois lados estão trabalhando para acabar com o conflito de longa duração através da plena implementação do Acordo Geral para o Fim do Conflito e Construção de uma Paz Estável e Duradoura, assinado há dois anos. Entretanto, de acordo com relatos da mídia, a tensão aumentou em junho em meio a confrontos entre insurgentes e soldados do governo.