Secretário-Geral da ONU mobiliza países para cumprimento dos Objetivos do Milênio

Faltando mil dias para o prazo limite dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, Ban Ki-moon teve uma semana agitada de encontros para impulsionar a realização das oito metas contra a pobreza.

Um dos cartazes sobre os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Crédito: PNUD Brasil

Um dos cartazes sobre os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Crédito: PNUD Brasil

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, encerrou as atividades da semana, chamando a comunidade das Nações Unidas a impulsionar a realização das oito metas contra a pobreza contidas nos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). Faltam cerca de mil dias para o fim do prazo de 2015.

“Ao longo dos próximos mil dias, vamos dar mil por cento”, disse Ban Ki-moon a delegados e funcionários da ONU que se reuniram na sede da ONU em Nova York na sexta-feira (12).

“Graças ao trabalho duro de governos, sociedade civil e outros parceiros em todo o mundo, os ODM têm mobilizado ações e alcançado resultados”, completou o Secretário-Geral, advertindo que o mundo precisa continuar a lutar contra a pobreza extrema, a desigualdade e acesso insuficiente a condições sanitárias.

Desde a semana passada, a ONU vem trabalhando com parceiros em todo o planeta para conseguir maiores ganhos até a data prevista de 2015.

Mobilização nas redes sociais

Segundo Ban Ki-moon, agências da ONU, parceiros e indivíduos enviaram mais de 40 mil ‘tweets’ em plataformas de mídia social pedindo o uso da hashtag #MDGMomentum (Momento ODM) para mais de 26 milhões de contas. No Brasil, a ONU também se mobilizou por meio da hashtag #pos2015.

O chefe da ONU se reuniu com jovens espanhóis para discutir a necessidade da ação e participou de uma cerimônia realizada durante uma partida de futebol do Real Madrid que deu início à contagem dos mil dias.

Ele também falou via Skype com Malala Yousafzai, estudante paquistanesa que sofreu um atentado por sua defesa do direito das meninas a ir à escola, sobre a importância da educação.

Em seguida, o Secretário-Geral levou a mensagem dos mil dias para o Vaticano, onde se encontrou com o Papa Francisco e, mais recentemente, para a Casa Branca em uma reunião com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

Segundo dados da ONU, uma vez que os ODM foram adotados por todos os Estados-Membros em 2000, a taxa de pobreza extrema global foi cortada pela metade e 2 bilhões de pessoas ganharam acesso a água potável. Além disso, as taxas de mortalidade materna e infantil caíram e um número recorde de crianças estão inscritas em escolas primárias, com o número de meninas igualando o de meninos pela primeira vez.