Secretário-Geral da ONU diz que ataque a comboio não deterá a ONU em sua ajuda ao povo iraquiano

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, prometeu que o ataque de hoje (20) ao comboio das Nações Unidas no Iraque não impedirá Organização de continuar seus esforços para assistir o povo iraquiano no seu caminho para a reconciliação e a osperidade.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, prometeu que o ataque de hoje (20) ao comboio das Nações Unidas no Iraque não impedirá Organização de continuar seus esforços para assistir o povo iraquiano no seu caminho para a reconciliação e a osperidade.

O comboio, que foi atacado ontem (19), transportava o Representante Especial do Secretário-Geral para o Iraque, Ad Melkert, o Vice-Representante-Especial, Jerzy Skuratowicz, e pessoal da Missão de Assistência da ONU no Iraque (UNAMID). Todos os integrantes da ONU escaparam com vida do atentado, que ocorreu em Najaf, mas um membro das Forças de Segurança do Iraque foi assassinado e muitos outros ficaram feridos.

“O Secretário-Geral envia suas condolências à família dos falecidos e deseja uma rápida recuperação dos feridos”, declarou seu porta-voz Bann expressou também sua apreciação a Melkert e todo o pessoal da UNAMI, “que estão trabalhando sob circunstâncias difíceis para implementar o mandato da ONU no país”.