Secretário-geral da ONU destaca importância de serviços públicos para desenvolvimento sustentável

AUMENTAR LETRA DIMINUIR LETRA

Serviços públicos mais adequados, eficientes e colaborativos. Foi o que pediu o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, durante conferência global sobre o tema realizada no Quirguistão. Ele ressaltou a importância de uma governança responsável e inclusiva para alcançar os objetivos da Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável.

Secretário-geral da ONU, António Guterres, discursa na Conferência de Taza Koom sobre serviços públicos, em Bishkek, Quirguistão. Foto: ONU/ Vyacheslav Oseledko

Secretário-geral da ONU, António Guterres, discursa na Conferência de Taza Koom sobre serviços públicos, em Bishkek, Quirguistão. Foto: ONU/ Vyacheslav Oseledko

Serviços públicos mais adequados, eficientes e colaborativos. Foi o que pediu o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, no último domingo (11), durante a Conferência de Taza Koom, em Bishkek, no Quirguistão. Ele ressaltou a importância de uma governança responsável e inclusiva para alcançar os objetivos da Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável.

“O serviço público é um componente crítico para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (…) precisamos explorar novas abordagens, trabalhar de forma diferente, correr riscos e inovar”, afirmou o chefe das Nações Unidas.

O Taza Koom é um projeto que busca transformar tecnologias digitais e governança para melhorar não apenas a forma como o Estado e a administração funcionam, mas também o modo como a população pode se beneficiar com as novas tecnologias e o impacto que elas têm em suas vidas.

Guterres destacou ainda a importância de lutar contra a corrupção para garantir serviços públicos efetivos, além da necessidade de mecanismos que incluam pessoas em situação de pobreza e vulnerabilidade, para que sejam capazes não apenas de definir suas necessidades, mas também de fazer parte dos esforços de maneira a enfrentar os desafios.

“Precisamos de uma governança que seja capaz de entregar resultados e ganhar a confiança do público; uma governança que é inclusiva e que ouça todos os cidadãos do país; uma governança que defenda os direitos humanos e não exclua ninguém”, afirmou o secretário-geral.

Guterres se reuniu também com o presidente do Quirguistão, Almazbek Atambaev. Em comunicado à imprensa, o chefe das Nações Unidas saudou os esforços do país pela democracia, o Estado de Direito e os direitos humanos, além de uma sociedade civil ativa e vibrante.

“Tenho certeza que o Quirguistão terá um papel muito importante no que espero que sejam futuros desenvolvimentos na Ásia Central, obtendo, assim, melhor cooperação e integração entre os diferentes países e povos para garantir sua prosperidade e desenvolvimento”, disse.


Comente

comentários