Secretário-Geral da ONU abre a Rio+20 no Riocentro

“Dou as boas-vindas a todos e espero uma Conferência de sucesso e produtiva. O Brasil é responsável por um evento para mudanças”, disse Ban Ki-moon.

Secretário-Geral da ONU abre Rio+20 no Riocentro ( UNIC Rio / Vitor Brunoro)“Dou as boas-vindas a todos e espero uma Conferência de sucesso e produtiva. O Brasil é responsável por um evento para mudanças”, disse o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, na manhã de hoje (20/06) no Rio de Janeiro para a abertura da Rio+20, a Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável.

Ouça aqui o discurso completo de abertura:

[audio: http://onu.org.br/audio/SG_Official_opening_session_Rio20.mp3%5D

“Temos a segunda chance. As negociações chegaram a uma conclusão satisfatória. Estamos perto de um acordo histórico. É hora de pensarmos globalmente”, disse Ban em seu primeiro discurso no país, que marca a quarta visita ao Brasil.

Ban elegeu a Chefe do Governo brasileiro, Dilma Rousseff, Presidenta da Rio+20.

Leia abaixo o discurso de abertura do Secretário-Geral da ONU:

Sua Excelência Presidenta Dilma Rousseff,
Distintos Chefes de Estado e de Governo,
Excelências, Ministros, Senhoras e Senhores,

Tenho a honra e o privilégio de declarar aberta a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, e convoco sua primeira reunião.

Excelências,

Gostaria de informar à Conferência que, em conformidade com a regra 17 das regras provisórias de procedimento da Conferência, eu serei o Presidente temporário da Conferência até a eleição do Presidente.

Gostaria de saudar a todos vocês e espero ansiosamente que a Conferência seja bem sucedida e muito produtiva.

Excelências,
Senhoras e Senhores,

Estou muito feliz de estar outra vez no Brasil. Mais uma vez, o Brasil é palco de eventos que literalmente mudam a Terra.

Há vinte anos, a Cúpula da Terra nos deu um plano para o desenvolvimento sustentável. Desde então, o progresso tem sido muito lento. Nós não percorremos o suficiente do caminho mapeado em 1992. Agora temos uma segunda chance. Estou satisfeito que as negociações chegaram a uma conclusão bem sucedida, e elogio a Presidência do Brasil por facilitar esse resultado. Estamos agora diante de um acordo histórico. Não desperdicemos esta oportunidade.

O mundo está assistindo para ver se palavras se traduzirão em ação, como sabemos que devem. Rio+20 não é um fim, mas um começo.
É hora de todos nós pensarmos globalmente e a longo prazo. Começando aqui, agora, no Rio. Porque o tempo não está do nosso lado.

Excelências,

Senhoras e Senhores,

Como os representantes estão cientes, a Conferência é realizada em conformidade com as resoluções da Assembleia Geral 64/236 de 24 de dezembro de 2009 e 66/197 de 22 de dezembro de 2011 e serve para garantir a renovação do compromisso político com o desenvolvimento sustentável, avaliar os progressos realizados e as lacunas na implementação dos resultados das maiores cúpulas sobre desenvolvimento sustentável, e resolver desafios novos e emergentes.

Excelências,

Convido agora a Conferência para prosseguir com a eleição do Presidente.

É meu entendimento que há consenso geral entre todas delegações para eleger Sua Excelência Dilma Rousseff, Presidente da República Federativa do Brasil, como Presidente da Conferência.

Em nome de todos os participantes da Conferência, felicito Sua Excelência por sua eleição. Convido agora a Conferência para prosseguir com a eleição do Vice-Presidente ex officio da Conferência.

A este respeito, gostaria de informá-los que o Brasil como país anfitrião realizará esta função.

Posso concluir que a Conferência deseja eleger o Brasil como Vice-Presidente ex officio da Conferência? Não ouço objeção, então assim está decidido.

Declaro que Sua Excelência Antonio de Aguiar Patriota, Ministro de Relações Exteriores do Brasil, em sua função como Vice-Presidente ex officio da Conferência, presidirá esta reunião plenária; ele não está presente no momento.

Convido agora a Presidente Dilma Rousseff, Presidente da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, para fazer observações iniciais.