Secretaria de Promoção da Igualdade Racial da Bahia e UNFPA discutem parceria

O objetivo prioritário é apoiar a regulamentação do Estatuto da Promoção da Igualdade Racial da Bahia, além de ações de Cooperação Sul-Sul, principalmente com países africanos.

Foto: UNFPA

Foto: UNFPA

O secretário de Promoção da Igualdade Racial da Bahia, Raimundo Nascimento, e o representante do Fundo de População da ONU no Brasil (UNFPA), Harold Robinson, reuniram-se no escritório do Fundo em Brasília para discutir a ampliação da parceria entre a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (SEPROMI) e o UNFPA. O objetivo prioritário é o apoio à regulamentação do Estatuto da Promoção da Igualdade Racial da Bahia, além de ações de Cooperação Sul-Sul, principalmente com países africanos.

Ao sancionar o Estatuto da Igualdade Racial, em junho passado, a Bahia se tornou o segundo estado brasileiro a contar com um marco legal próprio para promover políticas públicas de igualdade racial. “Regulamentar o Estatuto é nossa prioridade zero”, afirmou o secretário da SEPROMI, “é uma demanda da sociedade”. Raimundo Nascimento afirmou ainda que a reunião com a equipe do UNFPA “sela a retomada de nossa caminhada conjunta”.

Harold Robinson observou que “UNFPA e SEPROMI têm uma parceria de longa data” e que a Bahia é fundamental para o alcance do mandato do Fundo de População, lembrando que o estado foi visitado pelo diretor executivo do UNFPA, Babatunde Osotimehin, na sua última missão a Brasil em 2013.

Saiba mais em http://bit.ly/WHn35F