Dez anos após queda de Saddam, falta de liberdade de imprensa ainda é problema grave no Iraque

O governo de Saddam Hussein no Iraque foi um período de censura e controle da informação no país. Após a queda do governante em 2003, a esperança de uma verdadeira liberdade de expressão era grande entre os iraquianos e centenas de rádios, canais de televisão e jornais começaram a aparecer. Apesar da diversidade, o acesso à informação, ainda hoje, está longe de ser democrático.